A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Disponivel para amar
Filmin'Disponível para Amar', lançado em 2000

Obra de Wong Kar-Wai está a chegar ao Filmin

Plataforma de streaming disponibiliza cinco cópias restauradas em 4K pelo próprio cineasta a partir de 16 de Março.

https://d32dbz94xv1iru.cloudfront.net/customer_photos/14d3bbef-59cc-4753-a960-2f64c64804b1.jpg
Escrito por
Sebastião Almeida
Publicidade

Wong Kar-Wai, um dos mais respeitados cineastas da actualidade, está a chegar ao Filmin. A partir de 16 de Março, a plataforma de streaming disponibiliza no seu catálogo cinco cópias restauradas em 4K pelo próprio realizador, que antes passaram pelo cinema.

A colecção In The Mood for Filmin, composta por algumas das obras incontornáveis da filmografia do realizador chinês baseado em Hong Kong, faz um trocadilho com o título inglês de um dos seus filmes mais conhecidos, Disponível para Amar (In the Mood for Love), que em 2020 completou 20 anos desde o seu lançamento.

Disponível para Amar, Chungking Express, Anjos Caídos, Felizes Juntos e 2046 são as obras que ficarão assim disponíveis na plataforma de streaming a partir da próxima semana. O primeiro filme, que no ano passado completou duas décadas desde a sua estreia, é uma história de amor entre vizinhos que acreditam que os seus respectivos companheiros estão envolvidos romanticamente.

Chungking Express (1994), por sua vez, foi o primeiro sucesso internacional de Kar Wai, que através dos neons das paisagens de Hong Kong, se debruça sobre a melancolia do amor, recorrendo às histórias de dois agentes da polícia e às suas respectivas aventuras românticas. Anjos Caídos (1995) transporta-nos para a relação de um assassino a soldo que luta para sair da profissão com a sua parceira e uma prostituta que conhece. Felizes Juntos (1997), vencedor do prémio de Melhor Realização em Cannes, conta como dois amantes irreconciliados partem para Buenos Aires, numa tentativa de reatar a relação.

Por fim, 2046 (2004) fecha o ciclo dedicado ao cineasta. O filme, que pode ser considerado uma sequela de Disponível para Amar (o título é o número do quarto de hotel onde os amantes se encontravam), acompanha Chow (Tony Leung) a tentar recompor-se do desgosto amoroso causado pelo abandono de Su Li (Maggie Cheung), ao mesmo tempo que escreve um livro de ficção-científica sobre um comboio que transporta os passageiros para o ano de 2046 e no qual é possível recuperar memórias perdidas.

+ Os melhores filmes clássicos

+ Os melhores filmes de 2020

Últimas notícias

    Publicidade