A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Os Amigos do Minho saem mesmo até ao final do ano

Por Renata Lima Lobo
Publicidade

É certo que o dia 31 de Dezembro de 2017 ficará marcado pelo desaparecimento de mais uma colectividade histórica. Pelo menos na casa que a viu nascer.

Aproveite este mês para se sentar à sombra da videira morangueira da esplanada do Grupo Excursionista e Recreativo Os Amigos do Minho. Fundada a 8 de dezembro de 1950, a colectividade vai comemorar o seu último aniversário esta sexta-feira, como sempre o faz. Mas desta vez é a última festa no espaço de sempre.

Para já estão à espera de resposta da Câmara Municipal de Lisboa ao pedido de ajuda, um de muitos que têm chegado ao município, o que pode atrasar o processo da busca de um novo espaço para estes Amigos do Minho que, por sua vez, contam também com muitos amigos que têm demonstrado solidariedade com a causa. "Estou contente com o apoio, mas com o resto estou triste", lamentou o Sr. Castro, presidente da mesa da Assembleia desta casa, enquanto falávamos ao telefone.

Sexta-feira é dia de festa dedicada aos sócios, mas embora o almoço já esteja esgotado o Sr. Castro diz que ao jantar senta-se quem quiser, só não garante que haja lugares. Durante o dia haverá os discursos habituais, música popular do Minho, bolo de aniversário para soprar as velas ao final da tarde e, quem sabe, poesia.

Mas até ao final do ano, com ou sem velas, não deixe de, com uma lágrima no canto do olho, despedir-se do terraço considerado pela Time Out Lisboa como uma das melhores esplanadas da cidade.

+ Jorge Palma dá concerto gratuito no Chiado

+ Todos a Marvila que há mercado no feriado

+ A Cruz Vermelha vai ter um mercado de Natal no Pátio da Galé

Últimas notícias

    Publicidade