Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Paço de Arcos vai ter quatro dias de vinho generoso (e petiscos)
Notícias / Vida urbana

Paço de Arcos vai ter quatro dias de vinho generoso (e petiscos)

mostra gastronómica de paço de arcos
Câmara Municipal de Oeiras Vinho de Carcavelos

Prepare-se para quatro dias de comes e bebes em Oeiras. A Mostra Gastronómica de Paço de Arcos está de regresso. Este ano pode contar com a presença de mais de dez restaurantes, uma gelataria e uma padaria. Carcavelos contribui com o “Villa Oeiras”, um dos únicos quatro generosos que se produzem em Portugal.

A 10.ª edição da Mostra Gastronómica de Paço de Arcos decorre de quinta-feira a domingo, em pleno centro histórico, na Rua Costa Pinto, que estará encerrada ao trânsito automóvel. A entrada é livre e o evento começa todos os dias às 12.30, mesmo a tempo de começar a pensar em reconfortar o estômago.

O objectivo é continuar a promover a salvaguarda do património, assim como dinamizar o comércio local através da divulgação da restauração, cujas especialidades e doçaria local se propõe apresentar para degustação.

O vegetariano Govinda ou O Pátio Antico, com cozinha típica do Sul de Itália, que chegou o ano passado ao Saldanha, estão entre os restaurantes que por lá vai encontrar. Se preferir sabores tradicionais, conte também com a familiar Mercearia André e a Taberna 106, perfeita para quem é fã de petiscos. Pode ainda experimentar a Comida com Graça, Os Arcos ou os Momentos no Paço.

Para se refrescar, tem a gelataria artesanal Don Pavili, fruto de um sonho de um português e dois italianos, que ganhou o ano passado o prémio de “O Melhor Gelado de Portugal”, atribuído pela Camera di Commercio Italiana per il Portogallo, graças aos sabores de morango e avelã. Na ementa, há gelados com matérias-primas provenientes dos quatro cantos do mundo, sorvetes sem lactose e com muita fruta, uma versão adaptada da gaufre bruxelloise, uma especialidade da gastronomia belga, e muitas outras iguarias, como frappè e tiramisú trevigiano.

A Confraria do Vinho de Carcavelos fica responsável por lhe encher o copo – com o “Villa Oeiras”, um vinho generoso que remonta ao século XIV e atingiu o seu período áureo pelas mãos laboriosas do Marquês de Pombal e Conde de Oeiras. O branco é produzido a partir de quatro castas: Galego Dourado, Ratinho, Arinto, Rabo-de-Ovelha e Seara-Nova. No tinto, diz-se que a combinação perfeita entre outras três: Castelão, Amostrinha e Trincadeira. É provar.

O evento começa no dia 20, às 12.30, encerrando apenas pelas 22.00. Nos dias seguintes, 21 e 22 de Junho, pode comer, beber e passear até às 23.00. No último dia, 23, a mostra encerra novamente às 22.00.

+ A Madragoa ganhou uma livraria, galeria e café onde o desenho é rei

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments