A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Manhã na pista de dança
Nash Does WorkManhã na pista de dança

Pequeno-almoço na pista de dança

A pandemia trocou-nos os horários e agora sair à noite ao fim-de-semana implica tomar o pequeno-almoço na pista de dança. O Lux abre às 10 da manhã e o Núcleo A70 serve uma breakfast disco a partir das 08.00.

Por Clara Silva
Publicidade

Tudo começou com os planos da festa de aniversário dos Funkamente alterados com as novas regras de confinamento ao fim-de-semana. Uma da tarde, hora a que muita gente em circunstâncias normais acordaria ao sábado, passou a ser em Novembro a hora de recolhimento em Lisboa – e isso alterou o fuso horário de muitos espaços, que novamente tiveram de se reinventar.

Com a festa em risco no Núcleo A70 (antigo Anjos70), a dupla de DJs Funkamente (André Granada e Tiago Pinto) lembrou-se de ressuscitar “uma ideia antiga que tinha ficado na gaveta”, contam por e-mail. Foi assim que no sábado, 14 de Novembro, aconteceu a primeira Breakfast Disco. “O Núcleo A70 – como sempre – recebeu-nos lindamente para levar a cabo esta doideira”, continuam.

Uma doideira com um menu a rigor: “Desde panquecas a waffles, scones, ovos e tostas, bem regados com mimosas e café.” E mais: “Brownies, bloody mary, sumos naturais de Fruta Feia, etc.”

A primeira edição da Breakfast Disco, um pequeno-almoço com banda sonora soul, funk e disco dos Funkamente, foi um sucesso, de tal maneira que a semana passada estavam de volta, já a partilhar a cabine com outra dupla de amigos, The Quiet Times. No próximo sábado, e depois do prolongamento das medidas de confinamento, estão de volta – e “enquanto for possível, a partir das 8.00 de sábado, o ponto de encontro é no Regueirão dos Anjos”, garantem.

A “Breakfast disco with Funkamente” surgiu “numa tentativa de aproximar o que é possível do desejável”, explicam. “Cada manhã tem sido uma surpresa agradável e o pequeno-almoço é um óptimo pretexto para voltar a unir as pessoas pela música.” Este sábado, entre as 08.00 e as 13.00, e com entrada a 5€, o pequeno-almoço repete-se com os O/B DJs como convidados.

Na cidade, parece que as mimosas nunca estiveram tão na moda. Com as novas medidas, também o Lux Frágil abriu no sábado passado às 10.00 da manhã para “quebrar o jejum”, escrevem. “Sem ainda matar a fome”, acrescentam. No terraço houve “café, bolinhos e discos da colecção de Rui Vargas”. Pelos vistos, vai ser para continuar a acordar cedo.

Sábado, 08.00-13.00, no Núcleo A70, Regueirão dos Anjos, 70 (Lisboa) 5€; e no terraço do Lux Frágil, 10.00-13.00, Santa Apolónia (Lisboa) entrada livre sujeita à lotação

+ Na Esquina: um centro cultural efémero em pleno Príncipe Real

+ A nova carta de cocktails do Monkey Mash sabe a Portugal

Últimas notícias

    Publicidade