Global icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Pureza Mello Breyner: ateliê de portas abertas e a simplicidade do detalhe
Notícias / Compras e estilo de vida

Pureza Mello Breyner: ateliê de portas abertas e a simplicidade do detalhe

pureza mello breyner

Pureza Mello Breyner já se tornou um nome sonante quando pensamos em vestidos de noiva, daqueles desenhados ao detalhe, com história e primor. Esta sexta e sábado, a designer abre as portas do seu atelier num fim-de-semana dedicado às compras, com vestidos de todas as formas e feitios para a mãe, a madrinha ou a amiga dos noivos.

“Quis abrir o meu ateliê desta forma, sem marcação, para garantir que as pessoas vinham cá e tinham a minha atenção, o que nem sempre é possível durante os outros dias da semana”, explica Pureza relativamente aos open days que está a promover. “No fundo, o que eu queria ter aqui era um dia onde estivesse mais disponível. Fazer de assessora de imagem, e dar um atendimento mais personalizado”.

Há macacões, calças, calções, vestidos curtos e compridos, enfim, são mais de 150 peças (a partir de 80€) e tudo modelos únicos.

pureza mello breyner

A colecção de festa de Pureza Mello Breyner chegou mais recentemente, e para bem de todas aquelas que acompanham a noiva em todo o processo. “Foram muitos anos a ouvir as madrinhas, as amigas, as mães e as futuras sogras a pedir para eu fazer vestidos para elas também”, brinca. “E as pessoas querem algo rápido, giro e ao mesmo tempo único, portanto a solução foi ir buscar vestidos do mundo inteiro, com uma curadoria minha, de colecções que eu escolho. Consigo ter vários tipos de vestidos para qualquer ocasião.” E são esses mesmos vestidos que vão ocupar os charriots esta sexta (15.00-21.00) e sábado (10.00-19.00).

A fada madrinha das noivas

A magia acontece todos os dias no ateliê de Pureza Mello Breyner. À designer juntam-se três costureiras que fazem nascer as obra-primas que assentam que nem uma luva a cada noiva. Cada vestido tem uma história, direcções específicas que correspondem aos seus gostos e desejos. Pureza é quase como uma psicóloga durante todo o processo – desde o primeiro encontro com a noiva até à última prova. O contacto humano é fundamental, é parte do trabalho de personalização e de exclusividade dos vestidos da designer. “No meu primeiro encontro com as noivas tento extrair o máximo de informação sobre elas e o que elas gostam, mas nada parte do zero porque as noivas já vêm com uma ideia, nem que seja uma inspiração”, descreve.

pureza mello breyner

 

A noiva passa por três provas antes do produto final e, por isso, é difícil alguma não gostar do resultado final, confessa-nos Pureza. “As noivas têm toda a liberdade e mais alguma para pedir alterações e mudar de ideias. E isso é a vantagem de poder ter um vestido único, é que nada é estanque como todos aqueles que estão nas lojas, iguais àquele que a colega do escritório comprou para ela”, diz.

A mais recente colecção vai beber inspiração à Ásia e ao culto da beleza oriental, mas sobretudo à simplicidade, que também é uma característica dos vestidos de Pureza Mello Breyner. “É uma simplicidade pormenorizada. Acho importante o amor que pomos nas coisas. Daqui a 20 anos continuo a ver-me a fazer isto, a continuar a lidar com noivas diariamente e a fazê-las felizes”, afirma.

Os projectos especiais não ficam por aqui. Este ano, a designer aventurou-se noutras andanças e fez uma parceria com a marca de swimwear Latitid para lançarem um fato-de-banho para noivas juntamente com um kaftan. “Elas percebem de fatos-de-banho e eu de noivas, é juntar o útil ao agradável.”

 Pureza Mello Breyner Atelier. Av. Guerra Junqueiro 13, 5ºdto. Sex 15.00-21.00 e Sáb 10.00-19.00. 

Mais compras em Lisboa:

+ Os melhores sítios para fazer compras em Lisboa

+ Oito marcas portuguesas para noivas

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments