Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Rehabitar Lisboa: há mais 38 imóveis a concurso e os preços são controlados
Notícias / Vida urbana

Rehabitar Lisboa: há mais 38 imóveis a concurso e os preços são controlados

rehabitar lisboa
©CML

A 20ª edição do programa de renda convencionada da Câmara Municipal de Lisboa está em marcha e as candidaturas podem ser feitas até 15 de Janeiro de 2019.

Está na altura de voltar a tentar a sua sorte em mais um sorteio do programa Rehabitar Lisboa. São 38 os imóveis a serem sorteados pelos concorrentes alfacinhas e há muita variedade..

Ao consultar a lista vai perceber que 14 apartamentos a concurso têm praticamente a mesma morada, distribuídos por vários lotes de edifícios localizados junto à Rua Dr. Manuel Espírito Santo, em Chelas.

O mais barato fica na Ajuda, um T1 de 37m2 que irá custar apenas 126€ mensais, enquanto o maior e também o mais caro está localizado em São Domingos de Benfica. Tem uns saudáveis 85m2 e a renda mensal estará fixada nos 401€.

Se não precisa de muita área, a habitação mais pequena desta edição fica em Santa Maria Maior, em plena Calçada de São Vicente. Tem 23m2 e a renda será de 199€. Se o centro histórico for a sua praia há ainda um T1 de 30m2 num sótão da Rua da Oliveirinha (em São Vicente) que irá custar 227€ por mês.

Destaque ainda para um prédio na Rua das Amoreiras (na imagem de destaque), em Campo de Ourique, onde se poderá candidatar a dois T1 com 59m2 cada. A mensalidade de cada um é de 227€.

+ Obras na Ponte 25 de Abril arrancaram agora e só ficam concluídas em 2020

+ Há 19 novas Lojas com História em Lisboa

Publicidade
Publicidade