Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Rejjie Snow e Ezra Collective confirmados para a segunda edição do ID No Limits
Notícias / Música

Rejjie Snow e Ezra Collective confirmados para a segunda edição do ID No Limits

Id no limits
DR

Nos dias 3 e 4 de Abril do próximo ano o Centro de Congressos do Estoril volta a servir de casa ao ID NO LIMITS. Rejjie Snow, Ezra Collective, Moses Boyd ou Kindness estão entre as primeiras confirmações.

Depois de uma primeira edição que trouxe a Portugal figuras como Madlib, IAMDDB, Kamaal Williams ou Arca, o ID NO LIMITS regressa para uma segunda vaga em 2020. Nos dias 3 e 4 de Abril, o Centro de Congressos do Estoril será novamente o palco onde a música electrónica urbana cruza destinos com sonoridades mais jazzísticas e com hip-hop.

Rejjie Snow está entre os primeiros nomes avançados no cartaz. O irlandês apresentou-se à indústria em 2013 com o EP Rejovich e desde então tem consolidado o trabalho com sonoridades que cabem dentro do rap melódico, ou do disco. O americano Adam Bainbridge, ou Kindness, traz para a pista a energia de vários estilos musicais, como o queer, o house music vocal e o funk. Vindos de Londres, os Ezra Collective trazem ao ID NO LIMITS o jazz clássico, focando-se nos delicados aspectos técnicos da música jazz com afrobeat e hip-hop, criando um som inconfundivelmente londrino.

O galardoado baterista, compositor e produtor Moses Boyd, que se fundiu nas sonoridades de nomes como Lonnie Liston Smith, Ed Motta, Little Simz, Four Tet, Floating Points ou Sampha também vai ocupar o palco. Por último, a dj, produtora e vocalista francesa Coucou Chloe promete cruzar batidas sensuais e lentas com beats de hip-hop, trazendo às pistas de dança uma seleção musical extasiante.

Os bilhetes estão à venda nos locais habituais e até ao final do ano custam 35€. Depois disso, o preço sobe para 40€ até ao final de Janeiro. Com a aproximação do festival, os bilhetes vão ficando mais caros (45€ até 3 de Abril e 55€ nos dias do evento). O bilhete diário tem o custo de 40€.

+ 12 anos depois, Sam The Kid tem um holofote só dele

Publicidade
Publicidade