Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right The Rain chega à Netflix: quando a chuva traz o apocalipse

The Rain chega à Netflix: quando a chuva traz o apocalipse

Publicidade

The Rain é o primeiro original dinamarquês da Netflix. Dizemos-lhe o que esperar desta série que em nada foge ao estilo nórdico que tantos adeptos tem conquistado.

Eles vivem no país do hygge, um dos mais felizes e seguros do mundo, mas quando o apocalipse chega não há estudos que os salvem. Pelo contrário: “Quando tudo se desmoronou, éramos os menos preparados”, diz às tantas Simone, a protagonista de The Rain, a primeira série dinamarquesa da Netflix com estreia marcada para sexta-feira.

Tudo começa com reacções alérgicas e problemas respiratórios. Um vírus brutal que vem com a chuva. O fim do mundo é sempre assustador, não interessa como acontece, mas o que fazer quando a morte aparece vindo de algo tão simples como as gotas da chuva? “Nunca se sabe quando é que o mundo vai mudar, mas quando muda é preciso ter um plano”, continua a miúda, que durante cinco anos viveu num bunker com o seu irmão Rasmus (Lucas Lynggaard Tønnesen). O plano não era deles, mas do pai, cientista e que de alguma forma está ligado ao vírus que acabou por dizimar a maioria da população. Tudo acontece quando ao fim de meia década, um problema na ventilação no bunker obriga os irmãos a sair da sua zona de conforto. Os dois descobrem uma Dinamarca destruída e vazia. Sozinhos vão em busca de uma civilização desaparecida e rapidamente encontram um grupo de jovens sobreviventes a quem se decidem juntar.

Libertos das regras de uma sociedade civilizada, cada um dos membros do grupo tem a liberdade de ser e fazer o quiser – o que nem sempre corre bem, afinal mesmo num mundo pósapocalíptico, todos os problemas que pensavam ter desaparecido continuam a existir.

The Rain não vai fugir ao estilo das séries nórdicas, que nos últimos anos têm conquistado adeptos. E não é por acaso: este primeiro original dinamarquês para a Netflix é assinado por Jannik Tai Mosholt, argumentista de quatro episódios da aclamada série política Borgen, Esben Toft Jacobsen (The GreatBear, BeyondBeyond), e Christian Potalivo (Dicte, The New Tenants, Long Story Short). 

+ 'Grace Jones: Bloodlight and Bami' chega ao Arte

+ "Happy": a série do unicórnio animado para ver na Netflix

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade