Notícias

Veja aqui o trailer de ‘Altered Carbon’, uma das grandes apostas da Netflix para 2018

Cláudia Lima Carvalho
Publicidade

Apesar de só chegar à Netflix em Fevereiro, Altered Carbon tem gerado algum burburinho e muita curiosidade. A série baseada na novela negra cyberpunk do britânico Richard K. Morgan, editada em Portugal pela Saída de Emergência, é uma das grandes apostas do serviço de streaming para 2018. Enquanto não chega, há finalmente um trailer para ver.

Um misto de Black Mirror, Blade Runner, The Matrix e até Ghost in the Shell – Agente do Futuro, o último filme de Scarlett Johansson. Altered Carbon acontece no futuro, onde a morte se tornou quase uma coisa do passado. Pelo menos o seu significado, na medida em que deixa de ser algo permanente. É que nesta história, a consciência humana pode ser transferida para outro corpo, como se de um qualquer ficheiro digital se tratasse. Mas, como em tudo na vida, não é algo que esteja acessível a todos. A existência é, na verdade, algo que pode ser comprado e vendido – é para quem tem dinheiro.

Não é de estranhar então que a figura central da série seja um multimilionário, que durante séculos viveu em vários corpos. Laurens Bancroft (James Purefoy) é assassinado e, já renascido, pois claro, contrata alguém do passado para investigar a sua morte. Trata-se de Takeshi Kovacs (Will Yun Lee), um soldado de um grupo de guerreiros de elite interestelar que acabaram derrotados numa revolta contra o novo mundo. A sua mente foi aprisionada “em gelo” durante séculos até esta nova vida em que é interpretado pelo sueco Joel Kinnaman, o actor que vimos recentemente em House of Cards e que foi protagonista de The Killing.

Altered Carbon, Netflix

Netflix

O novo trailer vem aguçar a curiosidade que já era grande desde que a Netflix divulgou as primeiras imagens da série no final do ano passado, primeiro com um teaser e depois com um vídeo em que os actores e a equipa falam de Altered Carbon

Altered Carbon, editado em 2002, é o primeiro livro de uma trilogia de Richard K. Morgan. Seguem-se Broken Angels, de 2003, e Woken Furies, de 2005. Há já rumores de que uma segunda temporada foi assegurada e deverá começar a ser filmada já este ano, mas a Netflix ainda não anunciou nada oficialmente.

Para a revista Forbes, a série é uma das mais esperadas do ano. Até para os fãs de A Guerra dos Tronos pode haver aqui uma boa notícia. Já que este ano não haverá uma nova temporada da mediática série, Altered Carbon pode muito bem ser o próximo vício. Há inclusive um nome em comum: Miguel Sapochnik. O realizador de episódios tão icónicos (e premiados) como Hardhome (5.ª temporada), Batalha dos Bastardos e Os Ventos do Inverno (6.ª temporada), tem em Altered Carbon a realização de, pelo menos, um episódio.

Vale a pena lembrar que Sapochnik foi anunciado recentemente como um dos realizadores da oitava e última temporada de A Guerra dos Tronos, que só chegará à televisão em meados de 2019.

+ Acabou a espera, David Letterman está finalmente de volta

+ As séries mais aguardadas de 2018

Últimas notícias

    Publicidade