A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
  1. Manouche de espinafres
    Mariana Valle LimaManouche de espinafres
  2. Manouche de za'atar
    Mariana Valle LimaManouche de za'atar (mistura de tomilho fresco, sumac, sementes de sésamo e azeite)
  3. Manouche Taouk
    Mariana Valle LimaManouche Taouk: peito de frango marinado, tomate cherry e queijo
  4. Pães variados
    Mariana Valle LimaPães variados
  5. Labneh
    Mariana Valle LimaLabneh: iogurte libanês caseiro coado, salpicado com hortelã seca, azeite e azeitonas
  6. Mutabal
    Mariana Valle LimaMutabal: pasta de beringela grelhada, tahini (pasta de sementes de sésamo), sumo de limão, sal e azeite
  7. Muhamara
    Mariana Valle LimaMuhamara: mistura de nozes e pimentos com melaço, cominhos e azeite
  8. Hummus
    Mariana Valle LimaHummus: pasta de grão e fava, tahini (pasta de sésamo), sumo de limão, sal e azeite
  9. Pão doce com ovos e manteiga, recheado com tâmaras e alfarroba
    Mariana Valle LimaPão doce com ovos e manteiga, recheado com tâmaras e alfarroba
  10. Simit
    Mariana Valle LimaSimit: pão circular coberto com xarope de tâmara e sementes de sésamo
  11. Baklava
    Mariana Valle LimaBaklava
  12. Padarias, A Padaria Libanesa
    Mariana Valle LimaA Padaria Libanesa

A Padaria Libanesa – a comida de rua de Beirute chegou a Lisboa

É o primeiro estabelecimento do género com proprietários efectivamente libaneses. Não espere menos do que autenticidade.

Escrito por
Helena Galvão Soares
Publicidade

Em 2018, Jad e a família vieram pela primeira vez a Lisboa. “Gostámos do ambiente da cidade, as pessoas são simpáticas. E é uma cidade segura.” Gostaram tanto que voltaram no ano seguinte e em 2020 mudaram-se definitivamente para cá. Em Junho de 2021 abriam A Padaria Libanesa, um “negócio familiar” de que Jad é o jovem gestor.

"Temos sempre as manouches mais tradicionais: a de za'atar e a de queijo", diz Jad. E o que vem a ser isso? As manouches são habitualmente apelidadas de "pizzas libanesas". Aqui a bola de massa de fermentação lenta é esticada à frente do cliente até se obter uma rodela de massa fina que é coberta com um recheio e vai brevemente ao forno, ali mesmo, na sala. O za'atar é uma popular mistura de tomilho, sementes de sésamo e azeite. 

Esticar a massa
Mariana Valle Lima

No menu fixo, às manouches de za'atar (5€) e queijo (mozzarela e manteiga, salpicada com sementes de sésamo, 6€), juntam-se a taouk (de peito de frango marinado, 7€), a lahme bajeen, de carne picada, cebola, pimentas, alho, tomate, malagueta e especiarias (7€), a de espinafres (6€) e a harra, a picante, com malagueta, tomate, cebola, pimentos, queijo e hortelã seca (6€). Se tiver vontade de provar tudo e estiver com amigos, uma belíssima notícia: fazem manouches com metade de um recheio e a outra metade de outro.

Esticar a massa
Mariana Valle Lima

Como entrada, ou como petisco a meio da tarde (ou ao pequeno-almoço, se quiser uma experiência libanesa a rigor), pode pedir pães e acompanhamentos.

Nos pães encontra pitas simples (1,20€) ou cobertas com sementes de papoila, ou sementes de sésamo (1,50€). Mas também kaak, um pão ázimo libanês, de massa fina e com um buraco, coberto com sementes de sésamo ou za'atar (1,35€). Há ainda pão de sumac (1,5€), igualmente de massa fina – o sumac é uma especiaria que é adicionada à massa e lhe dá um tom avermelhado) – e simit, um pão em argola, fermentado em água de tâmara e envolto em sementes de sésamo (1,85€).

Pode acompanhar estes pães com labneh (3,5€), hummus (3,5€), mutabal (que tem como principais ingredientes pasta de beterraba grelhada e tahini, 3,5€) ou muhamara (mistura de nozes e pimentos com melaço, cominhos e azeite, 4€).

Pincelar antes de ir ao forno
Mariana Valle Lima

E não saia daqui sem um docinho, que também os há e muito originais. Além da incontornável baklava (rolinhos de massa filo com recheio de pistáchio e noz, regados com xarope, 1,50€), tem ainda namoura, uma tarte de semolina, regada com xarope de água de rosas e de flor de laranjeira (4€), tahinov (pão de origem arménia, fino e crocante com tahini e açúcar, salpicado com sementes de sésamo, 2,5€), argolas de pão doce recheadas com tâmara e alfarroba (2€) e os bolinhos maamoul (recheados com nozes ou tâmaras, 0,75€).

Rua do Sacramento a Alcântara, 58 (Alcantâra). Ter-Dom 10.00-22.00. Instagram

Novidades gastronómicas

Publicidade
Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade