A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Time Out Market, Chef Vincent Farges, Pratos
©Mariana Valle LimaChef Vincent Farges

Cinco pratos de Vincent Farges que tem mesmo de provar no Time Out Market

Vincent Farges, chef do restaurante Epur, reconhecido com uma estrela Michelin, já está na ala dos chefs no Time Out Market.

Escrito por
Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

Com o novo inquilino da ala dos chefs do mercado veio toda uma carta de pratos que reflecte as suas origens francesas, mas também muito do percurso profissional que há 20 anos faz por terras lusas. Nasceu em França, mas vive em Portugal há quase 20 anos. Durante mais de 10 anos liderou a cozinha do Fortaleza do Guincho, onde manteve a estrela Michelin que o restaurante conquistou em 2001, e em 2018 abriu o Epur no Chiado, que conquistou uma estrela Michelin em apenas um ano. É conhecido por fazer uma cozinha simples, baseada em produtos sazonais de qualidade, onde o sabor é o principal ingrediente. Ficam cinco sugestões, mas há muito mais para vir provar no Time Out Market.

Vincent Farges vezes cinco

Taramá fumado, pickles de beterraba e manjericão
©Mariana Valle Lima

Taramá fumado, pickles de beterraba e manjericão

Para começar a refeição no novo espaço do chef Vincent Farges é obrigatório provar esta entrada que mais parece uma pintura. Além de ser perfeita para dar cor à mesa, é ideal para partilhar.

Preço: 9,50€

Tártaro de peixe, abacate, pepino, citrinos e kefir acidulado
©Mariana Valle Lima

Tártaro de peixe, abacate, pepino, citrinos e kefir acidulado

Tártaros há muitos, mas poucos têm a pinta e a complexidade de sabores deste que se serve no espaço de Vincent Farges no Time Out Market. Aqui, o peixe é um salmão que contrasta com a acidez dos citrinos e do kefir (bebida fermentada).

Preço: 11,50€

Publicidade
Peixe do dia com crosta de beringelas fumadas, feijão verde e molho avinagrado
©Mariana Valle Lima

Peixe do dia com crosta de beringelas fumadas, feijão verde e molho avinagrado

O mar está sempre presente na vida do chef francês, por isso o peixe é um ingrediente fundamental nas suas cartas. Este prato é um belo exemplar da cozinha depurada que pratica.

Preço: 15€

Marmita do pescador com batatas açafroadas e pimentos grelhados
©Mariana Valle Lima

Marmita do pescador com batatas açafroadas e pimentos grelhados

Por mais receitas diferentes que existam com esta designação, há dois ingredientes que nunca podem faltar: o peixe e a batata. Neste caso, às batatas com açafrão juntam-se também pimentos grelhados.

Preço: 14,50€

Publicidade
Babá com rum, abacaxi e chantilly
©Mariana Valle Lima

Babá com rum, abacaxi e chantilly

Uma das sobremesas francesas mais conhecidas – a par da crème brulée, que também consta da carta de Farges – é este babá com rum, recheado com chantilly, acompanhado de fatias finíssimas de abacaxi embebidas em rum. Uma sobremesa que tem um efeito dois em um: é doce e serve de digestivo.

Preço: 5€

Novidades gastronómicas

  • Restaurantes
  • Italiano

Do risotto e das pizzas em forno de lenha à massa fresca, não esquecendo a burrata, o tiramisù e as bebidas típicas, como o limoncello, o aperol ou o negroni. Os portugueses ainda dizem "ciao" e "prego" à gastronomia vinda de Itália, que continua a ser uma das favoritas e indispensáveis na oferta da cidade. Prova disso são os vários restaurantes italianos em Lisboa que apareceram nos últimos tempos e aos quais não faltam clientes, ansiosos por uma boa dose de hidratos de carbono.

  • Restaurantes
  • Japonês

A vida retoma a (quase) normalidade e as novidades gastronómicas sucedem-se em Lisboa. Nos últimos meses, apareceram na cidade e arredores novos restaurantes japoneses que prometem dar que falar – na verdade, alguns já têm dado e a prova disso é a dificuldade em arranjar mesa. Há propostas arrojadas onde reina a fusão e casas onde manda a tradição, sem grandes espalhafatos. Há preços em conta, mas também contas que podem pesar mais porque os restaurantes não são todos iguais – e ainda bem que assim é.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade