Cinco pratos novos para provar no SushiCafé Amoreiras

O SushiCafé Amoreiras não tem uma carta sazonal mas volta e meia tem novidades. Estes são os cinco pratos novos que tem de provar
Sushi Cafe Amoreiras
Agencia Zero
Por Inês Garcia |
Publicidade

Não são precisas apresentações quando falamos do SushiCafé Amoreiras – foi o primeiro do grupo a nascer, em 2005, e tornou-se um clássico no campeonato do sushi de qualidade a preços democráticos. Os novos pratos da carta fazem parte do “refresh anual”, explica o chef executivo Daniel Rente (responsável pelas cozinhas de todos os conceitos do grupo). Trabalham novos ingredientes ou pratos incontornáveis da cozinha japonesa –  como o ramen, o primeiro do SushiCafé Amoreiras, aqui na versão buta ramen com noodles japoneses em caldo aromatizado com barriga de porco e cebola – e seguem uma tendência que o SushiCafé tem vindo a preferir: a dos pratos partilháveis, para uma experiência mais enriquecida da gastronomia japonesa. Neste update notam-se, também, “pequenos cruzamentos com outras culturas gastronómicas”, diz o chef, falando de alguns dos novos rolos de sushi, que vão além dos mais tradicionais (que continuam, porém, na carta).

Cinco pratos novos para provar no SushiCafé Amoreiras

Sushi Cafe Amoreiras,
Agencia Zero

Shiro Usuzukuri

De há uns tempos para cá, o SushiCafé quis alargar o espectro de peixes que utiliza nos seus restaurantes e deixou de trabalhar o peixe-manteiga (um peixe mais doce e mais fácil de gostar mas menos nobre). Substituíram-no por outros peixes brancos como o panko, o lírio ou a corvina, aqui finamente fatiada com azeite, pó de azeitona e flor de sal. Para comer é mais fácil e saboroso se fizer um rolinho. 7,25€

 

Sushi Cafe Amoreiras
Agencia Zero

Pesto Won Ton

Este won ton (a massa crocante) é frito e acompanha camarões salteados e uma brunesa de cogumelos shitake com um vinagrete de pesto. É um dos pratos em que se nota uma fusão de sabores – este pesto segue, de uma maneira geral, a receita de um pesto normal mas leva hortelã japonesa e vinagre japonês. “É um prato muito simples. É assim que eu gosto de trabalhar os pratos”, diz Daniel. 9,75€

Publicidade
Sushi Cafe Amoreiras
Agencia Zero

Rocky Roads

Este é um dos novos rolos de sushi, com camarão crocante envolto na massa dos spring rolls, abacate, salmão, tobiko preto e molho teriyaki. Chama-se Rocky Roads por causa das “pedrinhas” no topo do salmão, às quais os japoneses chamam “ovas para vegetarianos” por serem feitos com fécula de cereais. 8 peças, 13,50€/ 4 peças, 7€

Sushi Cafe Amoreiras
Agencia Zero

Apple Gunkan

Esta dupla de gunkans funciona como uma pré-sobremesa: tem doce de maçã, camarão em tempura, canela e ikura. Uma das junções de sabores mais inovadores do lote de novos pratos do SushiCafé Amoreiras. 6,50€

Publicidade
Sushi Cafe Amoreiras
Agencia Zero

Cheesecake de yuzu

No campeonato das sobremesas propriamente ditas, o chef Daniel Rente fez uma nova versão do cheesecake (no Avenida SushiCafé há de doce de abóbora com pevides crocantes) com geleia de yuzu e pevides caramelizadas. 4,75€

Cozinha japonesa em Lisboa

Mille-feuilles tuna tartar
© Agência Zero
Restaurantes, Japonês

Os melhores restaurantes japoneses em Lisboa

A oferta de restaurantes japoneses em Lisboa cresceu em larga escala nos últimos anos. Nem tudo o que abriu, porém, tem a qualidade de matéria-prima desejada ou mãos que a saibam tratar como merece. Bem espremidos, são poucos aqueles servem bom sushi, seja ele mais ou menos tradicional, mas confeccionado com talento. São poucos, mas já fazem um conjunto agradável. Ei-lo. 

Muito Bey - Tapas
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

Os melhores restaurantes do Médio Oriente em Lisboa

Esqueça as mil e uma noites e coloque o mindset mais nos mil e um pratos. Temos Turquia, Líbano, Síria e o estilo do Médio Oriente inteiro: muitos pratos para partilhar e o pão como estrela da mesa. Nem precisa de pegar na bússola para rumar a Oriente, basta pegar nesta lista e orientar-se por estes restaurantes do Médio Oriente em Lisboa.

Publicidade