Três novos pratos para o calor no Café Príncipe Real

A viagem às cozinhas com influência portuguesa continua no Café Príncipe Real com refeições à beira da piscina e jantares leves
Fotografia: Manuel Manso Café Príncipe Real
Publicidade

A viagem pela lusofonia e pelos países em que os portugueses deixaram a sua influência continua a ser o foco na carta de jantar para o Verão no Café Príncipe Real. O restaurante do hotel Memmo Príncipe Real acrescentou alguns novos pratos de influência sul-americana, africana e asiática à sua carta, mantendo best sellers como o escabeche de perdiz ou o tártaro de salmão.

Para além da renovada carta de jantar, o espaço do terraço tem agora carta própria, para poder sentar ao final da tarte, assistir a um jogo do Mundial e ir pedindo salgados como os que estão na carta do restaurante – há croquetes de pato, camarão ou chamuças , hambúrgueres ou tábuas de queijos e enchidos. À noite, dentro do restaurante com vista sobre a casaria lisboeta pode pedir estes três novos pratos.

Recomendado: Onde comer bem no Príncipe Real

Três novos pratos para o calor no Café Príncipe Real

pastéis de massa tenra
Manuel Manso

Pastéis de massa tenra de rabo de boi

Uma das novas entradas da carta de jantar são os tradicionais pastéis de massa tenra, numa versão mais pequena, recheados com um estufado de rabo de boi desfiado. A acompanhar, vem uma salada de tomate e um puré de abacaxi.

Preço: 2,50€.

Caranguejo de casca mole
Manuel Manso

Caranguejo de casca mole

Este caranguejo de casca mole é realmente para comer de uma ponta à outra, já que a casca é bastante fina. É servido envolto numa tempura, sobre um molho de moqueca feito com o tradicional óleo de dendê e com cubinhos de mandioca. Ao lado, uma salada com abacate e vários tipos de alface.

Preço: 19,50€

Publicidade
Bolo de arroz e miso
Manuel Manso

Bolo de arroz e miso

Esta sobremesa traz inspiração completamente oriental sem que os sabores seja muito doces. Há um sponge cake de arroz e miso muito leve, acompanhado de creme de abacate e gelado de algas a dar um travo ligeiramente amargo.

Preço: 7€

O melhor do Príncipe Real

Jamie's Italian Lisboa
Fotografia: Manuel Manso
Coisas para fazer

Paragens obrigatórias na Rua Dom Pedro V

É no Príncipe Real que os valores das casas chegam a somas astronómicas: 5254 o metro quadrado, segundo os dados publicados o ano passado, a zona mais cara de todo o país. E também a melhor. A Rua da Escola Politécnica e a Rua Dom Pedro V, separadas pelo Jardim do Príncipe Real, transformam-se numa só rua, onde todas as semanas há uma nova razão para voltar. Para que não se perca, nós dizemos-lhe o que é que não pode mesmo perder aqui na zona. Estas são as paragens obrigatórias na Rua Dom Pedro V e na Rua da Escola Politécnica. 

Cerveteca
Fotografia: Arlindo Camacho
Bares

Três sítios para beber um copo no Príncipe Real

É como que uma agregração de classe média-alta, engravatados, gente da cena, restaurantes caros, jardins para praticar o social dos cães ou os pequeniques quando os brunches têm fila à porta. O Príncipe Real é uma mistura e tanto. E é inevitável que por lá se situam alguns dos lugares mais interessantes da cidade ao nível da restauração e do comércio, com concept stores à fartazana e mercados ao ar-livre. Por outro lado, no campo nocturno, não há assim tantas pistas de dança – o que não faltam são bares com bons copos, preparados com carinho. Estes são os três sítios para beber um copo no Príncipe Real.

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com