A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
memmo principe real
Fotografia: Manuel Manso

Memmo Príncipe Real: memmo bom

O Memmo Príncipe Real foi eleito um dos melhores hotéis urbanos do mundo.

Escrito por
Inês Garcia
Publicidade

Ao passar o beco estreito e escuro, é possível que se pergunte se está no sítio certo. Mas siga sem medos, vai valer a pena: o Memmo Príncipe Real, o primeiro boutique hotel de cinco estrelas no bairro, abriu há um ano, foi eleito em Novembro pela revista Monocle como um dos melhores hotéis urbanos do mundo e fica (bem) escondido, mas tem uma vista incrível sobre a cidade de Lisboa, com o Castelo de São Jorge lá no alto da outra colina.

Memmo Príncipe Real

  • 4/5 estrelas
  • Hotéis
  • Hotéis de charme
  • Avenida da Liberdade/Príncipe Real
  • preço 3 de 4

O edifício do hotel do grupo Memmo, que tem outras unidades em Sagres e em Alfama, é novo, mas está perfeitamente enquadrado na arquitectura da cidade e do bairro – esse é, aliás, um dos motivos de destaque da revista britânica. Em tom de contraste, a entrada tem um enorme quadro de D. Pedro V pintado a óleo por Barahona Possolo. Já os 41 quartos e suítes têm uma decoração moderna e com peças de mobiliário desenhadas exclusivamente para o hotel. E alguns são autênticas pequenas casas: as suítes têm 45 metros quadrados, os quartos Premium, no piso -1, têm terraço e vista ampla, e os da categoria Exclusive têm ainda uma varanda com lareira ao ar livre, perfeita para ficar a ver o céu estrelado num miradouro privado nos dias frios de Inverno. Todos equipados com amenities da marca de luxo francesa Hermès. Em cima da cama, todos os dias, uma mensagem a informar a previsão do tempo para o dia seguinte.

Para nos receber, uma série de mimos com atenção ao detalhe: além dos nossos bons pastéis de nata, uma garrafa de vinho do Porto e um kit do it yourself de um cocktail tónico e um convite para passeio pela cidade, com um roteiro organizado pelo hotel  que começa sempre às 17.00 (marque na recepção na véspera).

Mas é preciso ir ao piso zero para provar a boa cozinha do chef Vasco Lello no restaurante Café Príncipe Real (antes Café Colonial), onde fica também o cocktail bar, com bebidas de assinatura, e o terraço com piscina, que no Verão ganha carta de snacks própria. A carta de Inverno continua como ode às raízes lusófonas, com pratos internacionais, da ostra com esferificações de yuzu e puré de cogumelos shitake aos crocantes tacos de atum e de novilho, passando pela salada de lombo de bacalhau fresco e puré de beringela e algas ou o bom caril de garoupa com gambas com paparis e quiabos.

Mas o que não desilude mesmo, e é um dos pontos fulcrais que distingue um bom hotel, é o pequeno-almoço. É servido no restaurante e tem uma mesa com enchidos gulosos, queijos, iogurte e frutas, e à mesa chega um prato de pé com uma variedade de pães e bolos, com possibilidade de escolhas à la carte, dos ovos de todas as maneiras e feitios aos crepes doces. Digno de príncipe.

 

Outros hotéis em Lisboa

  • Hotéis

As más línguas dizem que é fácil adormecer em museus e que as galerias de arte contemporânea dão sono. No Largo Camões, o hotel Le Consulat vai mais longe e dá-lhe sofás e camas onde se pode estirar confortavelmente enquanto olha para obras de arte.

Publicidade
Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade