Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Seis coisas a não perder em Santorini

Seis coisas a não perder em Santorini

Das praias de areia vermelha às casas brancas que contrastam com as águas azuis, esta ilha vulcânica é uma overdose para os sentidos

Por Marissa Tajada |
Publicidade

Não há nada como estar no topo de um dos penhascos coloridos de Santorini, na Grécia. Esta ilha é um dos destinos mais incríveis do mundo, e não o é apenas por ser uma enorme cratera de um vulcão. O cenário parece ter sido criado pelos deuses gregos: aldeias caiadas de branco coroam a ilha, todas com uma vista privilegiada a partir dos penhascos que mergulham no mar, campos de vinhas que desenham riscas ao longo da terra e praias de areia preta e vermelha que parecem de outro planeta. Há muito para exploradores, foodies e malta da cultura descobrir, desde sítios arqueológicos a locais para nadar e, claro, beber vinho maravilhoso e experimentar comida mediterrânica. 

Seis coisas a não perder em Santorini

1

Akrotiri

Conhecida por "Pompeia grega", Akrotiri é um sítio arqueológico maravilhosamente preservado, onde os visitantes podem vislumbrar como era a vida na ilha por volta de 1450 a.C. Tal como em Pompeia, houve um vulcão que entrou em erupção, tendo as camadas de cinza ajudado a preservar o local. Hoje, há caminhos que o levam por entre as pequenas casas, dando a conhecer construções de barro e artefactos que indicam como teria sido o auge da antiga civilização minoica.

2

Baía Ammoudi

Enfiada na parte baixa de Oia, a Baía Ammoudi é uma pequena vila piscatória com um porto charmoso. A água pode ser de um azul escuro borbulhante ou de um turquesa claro o que resulta numa brochura de férias perfeita. As enseadas escarpadas são ideais para um mergulho; e este é um dos melhores lugares para encontrar tabernas típicas gregas, incluindo a tradicional Taberna de Katina, onde as mesas estão a poucos centímetros do mar.

 

Publicidade
3

Praia Vermelha

Esta é uma das praias mais exclusivas do mundo e deve o nome à cor única da sua areia. Para surpresa de muitos visitantes, as praias de Santorini não são cercadas por palmeiras tropicais ou carregadas de areia dourada. Esta ilha vulcânica deu origem a paisagens de tons únicos e a Praia Vermelha é uma delas, com a sua areia em tons de vermelho enferrujado e os dramáticos penhascos âmbar que mergulham no mar. A ilha também tem praias de areia preta e cinzenta na costa leste, como Perissa, Perivolos e Kamari.

4

Adega Sigalas

Santorini é uma das regiões produtoras de vinho mais antigas do mundo. A Adega Sigalas é uma das várias que existem na ilha e produz alguns dos melhores vinhos da Grécia. Aqui pode provar o impacto que o cultivo de uvas em solo vulcânico pode ter na produção de vinho ou fazer uma excursão privada com um sommelier pelas vinhas. Em Sigalas continuam a colher as uvas segundo a antiga técnica koulara, com videiras entrelaçadas em forma de cesta.

Publicidade
5

Caldeiras

As cidades caiadas de branco que coroam os íngremes penhascos de Santorini (as caldeiras) são uma das características mais distintiva desta ilha vulcânica. Parecem gelo branco a derreter pelos penhascos e vale a pena explorá-las a pé. Oia, Imerovigli, Firostefani e Fira têm casas e igrejas caiadas que formam uma faixa branca nos topos das encostas de Santorini, criando um ambiente quase surreal.

6

Caminhada de Fira para Oia

Esta caminhada é, possivelmente, uma das mais belas do Mediterrâneo. Para uma das experiências de trekking mais originais das ilhas gregas, siga o caminho esculpido entre as cidades de Fira e Oia. Conhecida como a Caminhada Fira-Oia, atravessa as falésias e as aldeias de Fira, Firostefani e Imerovigli. A pista de caminhada tem menos de 10,5 km e, ao longo do caminho, encontrará lugares dignos de figurar na sua conta de Instagram. Por ter boa subidas, pode ser um desafio acrescido, especialmente sob o sol de verão.

Porta de Embarque Time Out

Viagens

Dez monumentos em Paris que tem mesmo de ver

A Torre Eiffel, o Arco do Triunfo, a catedral de Notre-Dame, o Louvre... Estamos de acordo, mas os monumentos obrigatórios em Paris não se ficam por aí. Dizemos-lhe dez monumentos que devia conhecer na capital francesa e que provavelmente, até agora, não estavam na sua lista de prioridades. E não somos nós que dizemos, é a Time Out Paris.

Viagens

Seis novos bares para visitar em Singapura

Inspire, expire: um voo com quatro dígitos não se marca de um dia para o outro, nós sabemos, mas Singapura vale mesmo a pena, por combinar o rebuliço cosmopolita com tradições ancestrais. Os bares, com as suas combinações inesperadas, figuram já na lista de melhores do mundo, e nós sugerimos seis pelos quais deve passar. Aproveite que o subsídio de férias está mesmo aí para apostar numa viagem de sonho e siga as dicas que estão aqui. 

Publicidade
Viagens

Os cinco melhores mercados de Londres

Já existem mercados em Londres desde pelo menos a Idade Média - e felizmente para nós, com o tempo inconstante desta cidade, alguns deles são cobertos. Os gostos mudaram-se ao longo dos tempos e agora os mercados de Londres têm de tudo um pouco, desde agricultores e mercados de moda a uma série de mercados dedicados à comida de rua. Os mercados locais também são de se visitar, mas vamos dedicar-nos aos maiores e mais famosos mercados de Londres, por agora. De flores no Columbia Road Flower Market a comida gourmet em Borough, estes são os mercados a visitar em Londres.  

Publicidade