Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right You and the Sea: mar e mais mar à vista na Ericeira

You and the Sea: mar e mais mar à vista na Ericeira

O You and the Sea chegou em Julho à Ericeira para aliar conforto à boa comida. E está no bom caminho.

A vista do You and the Sea
NUNO ANDRE SANTOS A vista do You and the Sea
Por Ágata Xavier |
Publicidade

Grizzly Bear, Atlas Sound, Sufjan Stevens, Future Islands… e outros tantos que podiam estar num bom cartaz de um festival de música em 2010 fazem-se ouvir durante a refeição. Estamos no Jangada, um restaurante de comida tradicional portuguesa com pinta que fica dentro do You and the Sea, hotel e aparthotel que abriu em Julho na Ericeira, onde melhor se podia esperar: mesmo de frente para o mar.

You and the Sea

Nascer do sol, pôr-do-sol, vento a bater forte nas janelas ou chuvadas sem anúncio prévio, tudo se pode contemplar nas janelas destas casas que vão de estúdios a T5, todos com cozinha equipada e resguardados da confusão. As casas são enormes, com divisões generosas, ao ponto de poder optar entre uma corridinha na passadeira do ginásio ou umas voltas à mesa da sala de jantar. Têm quartos luminosos, em tons claros, todos pontuados com elementos marítimos e frases que podiam estar em t-shirts de pescadores do mar do Norte: “Don’t be shelfish” ou “Be shore of yourself” são algumas delas.

You and the Sea

Mas voltemos ao Jangada, o restaurante irmão do Infame (que fica no 1908 Lisboa Hotel, no Intendente) somente parece à deriva por estar colado à piscina – factor sobretudo importante para quem gosta de almoçar ou jantar sossegado enquanto os filhos dão umas braçadas. De resto, a solidez é atestada pela casa quase cheia, tanto ao almoço como ao jantar, e pelo menu criado por Nuno Bandeira de Lima, chef deste Jangada e do Infame – e que será alterado em breve. Até lá, serve pratos como espetada de polvo, cebola roxa, pimentos padrón com salteado de pancetta, batata e ervilha torta (o nosso favorito); arroz com camarão tigre, vieiras e ouriço; secretos de porco com arroz negro de berbigão (uma colher de tinta de choco deu para colorir um quilo de arroz, conforme nos confidenciou o chef residente André Rebelo) e pipoca de porco ou bacalhau frito com xerém das suas ovas, salada de rúcula, coentros e cebola roxa.

Também fazem parte pratos do mundo (“Será que isso existe?”, diria David Chang, conhecido chef que desconstrói a noção de comida-lugar a cada episódio de Ugly Delicious), como pizzas cuja massa é de fermentação lenta, pokés ou um delicioso “seaviche” do peixe do dia (provou-se o de corvina), leite tigre, cebola roxa, abacate e um crocante de arroz (cujo misticismo assenta numa folha de massa de arroz frita). No final, peça a pavlova com mascarpone e fruta da época para rematar a refeição, e aproveite para mexer o café embalado por Devendra Banhart.

Publicidade
You and the Sea

Além da dormida e comida, o You and the Sea garante que se pode exercitar no já mencionado ginásio ou relaxar no spa equipado com banho turco, sauna e balde de água fria (encoste-se à porta para apanhar com ela em cheio se, como nós, tem um mindinho de masoquista).


Depois aproveite para se deitar numa das duas salas de tratamentos e deixar que a simpática Guida lhe faça uma massagem. E são várias à disposição, sempre com a utilização de produtos da irlandesa (e biológica) Voya: de relaxamento, revigorante, para quem tenha sido mãe há pouco tempo, por exemplo, e tratamentos de rosto.

Mesmo à entrada do spa encontra uma mergulhadora pintada por Mariana, a Miserável, que divide o espaço com outras obras, como o chamativo caranguejo de Bordalo II. A temática, como não poderia deixar de ser, é a sustentabilidade dos oceanos, a sua protecção e preservação, para que sempre que abrir a janela deste hotel (mas não só), continue a ver o azul do mar.

You and the Sea

Para Comer
Havendo um restaurante no hotel, e bom, a nossa primeira recomendação começa por ser essa. Com vista para a Praia dos Pescadores está uma das primeiras marisqueiras da Ericeira, a Mar à Vista (Rua de Santo António, 16. 261 862 928), que enche a mesa de massadas, arroz, feijoada, açorda e cataplana. Na Esplanada das Furnas (Rua das Furnas, 2. 261 864 870) pode comer peixe fresco enquanto na Marisqueira das Furnas (Rua das Furnas, 3. 261 867 914) são as travessas de mariscada que enchem o olho e o estômago.

Para Fazer
Ir à praia é obrigatório, mesmo no Inverno, até porque pouca diferença fará do Verão — por vezes até é melhor. Dona de um microclima peculiar, a zona Oeste costuma acordar de capacete posto e tirá-lo por volta das cinco da tarde. Assim, aproveite para passear em Ribeira D’Ilhas, Praia de São Lourenço, Praia da Calada e na Praia da Foz do Lisandro e, quem sabe, aventurar-se numa aula de surf (o You & the Sea pode arranjar-lhe isso, tal como umas horas de pescaria no mar da Ericeira, pergunte na recepção pelas condições). Para todos os que vinham lançados para a praia e se depararam com o mau tempo do microclima da Praia de São Julião, o Bar Gota d’Álcool (Rua da Praia de São Julião Ericeira. 261 862 422), no cimo da falésia, apara os golpes da meteorologia. Afastado do centro da vila, este bar de praia serve sandes e hambúrgueres, mas as estrelas são os salgados.

Publicidade
You and the Sea
NUNO ANDRE SANTOS
Hotéis

You and the Sea

icon-location-pin Mafra/Ericeira

Como chegar
Apanhe a A8 e saia para Mafra/Malveira. Siga depois pela N116

Preços
Quartos a partir dos 155€/noite (estúdios)

Outras escapadinhas

Hotéis

A Place at Evoramonte

Muito alto, muito louro, muito pouco preocupado com o facto de estar a vestir um kilt escocês no calor do Alentejo. “Roubei-o à família da minha mulher, esta é a cor e o padrão do apelido da família dela e eles não se importam que o use”, diz Mitch Webber, uma das metades do A Place at Evoramonte, um novo alojamento local que surgiu na planície alentejana em Novembro de 2017.

Viagens

The Pr1me Energize: um hotel com boa energia

Corre-se tanto no dia a dia e ainda há quem queira que se corra nas férias? À partida não parece o programa ideal para aqueles dias longe do trabalho, mas o que dizer quando se chega ao The Pr1me Energize, em Monte Gordo, no Algarve, que equipou o ginásio com as melhores máquinas do mercado e programou corridas e caminhadas por trilhos que se estendem paralelamente ao mar? Não há volta a dar: calçam-se as sapatilhas, veste-se a melhor roupa antitranspirante e ouve-se o “Eye of the Tiger” em repeat nos headphones.

Publicidade
Hotéis

Escapadinhas: na Herdade do Vau, rir é o melhor remédio

Herdade do Vau – assim se deveria chamar o vinho que Miguel de Sousa Otto começou a produzir em 2007. Mas na hora de o registar, já havia outro Vau e foi preciso pensar num nome diferente. Juntaram-se os amigos à volta de uma mesa e o que era suposto ser um brainstorming, transformou-se num jantar divertido, com muitos brindes e gargalhadas à mistura. Perante o cenário, Miguel sugeriu: “Porque não RISO?” Todos riram, todos assentiram, RISO ficou.

Publicidade