A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Adventure Park
Adventure Park

Arborismo: nestes sítios pode armar-se em Tarzan à vontade

De Lisboa a outras geografias, há vários parques com percursos de arborismo e outras actividades para aventureiros.

Raquel Dias da Silva
Escrito por
Raquel Dias da Silva
Publicidade

Prepare-se para sair da zona de conforto e desafiar a sua coragem, equilíbrio e coordenação através da transposição de obstáculos. Perfeita para toda a família, esta actividade desportiva tem ainda a vantagem de nos levar, claro está, para o meio da natureza, onde o ar é mais puro e as vistas são largas. Nos arredores de Lisboa, e não só, há vários parques aventura com percursos de arborismo e versões da actividade um bocadinho menos radicais a pensar em aventureiros pouco bravos. Alguns são mesmo a desculpa perfeita para uma escapadinha. Só tem de escolher onde quer ir e divertir-se.

Recomendado: Os melhores parques e jardins em Lisboa

Arme-se em Tarzan nos arredores de Lisboa

  • Coisas para fazer
  • Caminhadas e passeios
  • Grande Lisboa

Se tem espírito aventureiro e não faz ideia do que são vertigens, atire-se à Pequena Floresta (desde 12,50€) ou ao Mega Circuito (desde 16,50€) deste parque aventura. Os níveis de dificuldade e adrenalina diferem, mas ambos os percursos envolvem andar nas copas das árvores, sempre seguro por um arnês, bem como voar num slide sobre uma verde paisagem. A marcação não é obrigatória, mas recomenda-se. Comece já a pensar no seu grito de guerra.

Centro Desportivo Nacional do Jamor (Oeiras). Mais informações e reservas por e-mail (geral@adventurepark.pt) ou telefone (211 519 400).

  • Miúdos
  • Sintra

Na encosta Sul da Serra de Sintra, em pleno Parque Natural Sintra-Cascais, este é o sítio certo para todos os espíritos aventureiros. Além de percursos para fazer BTT e outros desportos radicais ao ar livre, oferece várias actividades de aventura, desde uma pista de arvorismo com um percurso de obstáculos suspensos e um slide de 200 metros até uma torre de escalada com oito metros de altura e vários graus de dificuldade.

Estrada da Serra (Cascais). Mais informações e reservas por e-mail (atividadesnatureza@cascaisambiente.pt) ou telefone (215 811 750).

Publicidade
  • Atracções
  • Cascais

No meio das árvores do Parque de Palmela, existem dois percursos de arborismo interligados por plataformas: o azul (6,50€), para famílias com crianças a partir dos cinco anos, e o vermelho (10€), para famílias crianças a partir dos dez. Além de uma breve formação sobre as regras de segurança, seguida de um exercício prático, a actividade requer marcação prévia e consiste na progressão ao longo de um circuito de pontes suspensas, todas com diferentes graus de dificuldade.

Parque de Palmela (Cascais). Mais informações e reservas por e-mail (reservas@pedacosdeaventura.com) ou telefone (912 426 118).

  • Coisas para fazer
  • Mafra/Ericeira

Neste parque aventura, que inclui zona de esplanada, campos de paintball, piscina e muito mais, os circuitos de arborismo, para famílias com crianças a partir dos seis anos, são verdadeiros testes à concentração, equilíbrio e coragem dos praticantes. Os percursos acrobáticos, criados entre as árvores através de plataformas suspensas, estendem-se por mais de 850 metros e oferecem mais de três horas de emoções, com slides, trapézios, saltos à Tarzan e muitas outras surpresas incluídas a uns muito emocionantes 14 metros de altura.

Barreiralva (Mafra). Mais informações e reservas por e-mail (info@covadabaleia.com) ou telefone (969 008 368).

Fuja da cidade e explore estes parques aventura

  • Coisas para fazer
  • Caminhadas e passeios
  • Grande Porto

Se há sítio onde é possível desfrutar de tudo o que o Gerês tem para oferecer é no Diverlanhoso, um dos maiores parques de aventura da Península Ibérica, na Póvoa de Lanhoso. Entre as actividades disponíveis, o DiverKids (10,50€) é especialmente indicado para os mais novos, a partir dos três anos, e inclui um mini-circuito de pontes suspensas, trampolins, caixas de rede, baloiços e casas nas árvores. Se os miúdos já tiverem pelo menos 1,10 metros de altura, experimentem percorrer entre dez a 38 pontes suspensas (desde 12,20€). A experiência tem tanto de desafiante como de encantadora.

Lugar de Porto de Bois, Oliveira, Póvoa de Lanhoso (Braga). Mais informações e reservas por e-mail (info@diver.com.pt) ou telefone (253 635 763).

  • Coisas para fazer
  • Grande Porto

É preciso juntar um grupo com um mínimo de dez pessoas, mas vale a pena se tiver uma família numerosa ou se os seus amigos também tiverem filhos – assim vai tudo atrelado. O difícil será escolher o que fazer. Além de um percurso de arborismo para crianças a partir dos três anos (6€), que termina num slide de 60 metros (a loucura!), há um outro mais radical para crianças a partir dos dez anos (6€-10€), com diferentes plataformas e uma extensão de aproximadamente um quilómetro, que inclui actividades como escalada, rappel, saltos pendulares, teias e slides.

São Pedro De, TV. da Corga do Frade (Póvoa de Varzim). Mais informações e reservas por e-mail (info@ratespark.pt) ou telefone (936 407 696).

Publicidade
  • Coisas para fazer

O leque de actividades não se fica pelo arvorismo e as torres multi-aventura, mas quer uma quer as outras valem a viagem. A primeira, indicada para miúdos a partir dos 12 anos, é mesmo uma das mais requisitadas do parque. Além de um percurso de sete pontes (9€), o circuito pode também incluir um slide de 300 metros (18€). Já as torres são adequadas a crianças mais pequenas, dos seis aos 11, e combinam pontes suspensas a dois metros de altura com um voo de 30 metros.

Rua das Flores Azurara (Vila do Conde). Mais informações e reservas por e-mail (azuraraparqueaventura@gmail.com) ou telefone (911 735 237).

Na natureza

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade