CCB de Verão: o que não pode perder

O menu é variado: há concertos e cinema ao ar livre para todos os gostos. E lá para o final o Verão é clássico
ccb de verao, ccb
Por Francisca Dias Real e Eurico de Barros |
Publicidade

Quando o Verão cai em Belém, é tempo de cair na relva. Está aí mais uma edição do CCB de Verão e aqui está tudo o que pode ver e ouvir por lá já a partir desta sexta-feira, dia 13. Um cartaz de concertos, arte e cinema que ocupa os finais de tarde dos finais de semana até quase aos finais do Verão.

O princípio é quase sempre o mesmo: cultura ao ar livre e de entrada livre. O Jardim das Oliveiras é palco de 16 concertos, a Praça Central exibe 13 filmes divididos em dois ciclos – um de autor, outro temático – e tudo isto é gratuito. Acresce, no final do mês, o Festival Verão Clássico, com um cartaz feito de concertos diários e masterclasses. Mais uma vez, percebemos que a Oeste há sempre algo de novo.

“O CCB tem conseguido – e é esse um dos nossos grandes objectivos, descentralizar a cena cultural do centro de cidade para esta zona ocidental, para onde as pessoas – que não turistas – não viriam normalmente”, gaba-se Elísio Summavielle, presidente do CCB. E com razão.   

Recomendado: Tudo o que não pode perder no Festival Verão Clássico

Verão em Lisboa

CINE SOCIETY
©DR
Filmes

Chegou o Verão e há cinema ao ar livre em Lisboa

Estenda a manta na relva, vista um casaco se a noite ficar fresquinha e olhe para o céu. É Verão e os ciclos de cinema ao ar livre em Lisboa multiplicam-se. De clássicos do cinema a filmes acabadinhos de sair dos Óscares (até pode ver – ou rever – o grande vencedor do ano, A Forma da Água), em bares com vista ou nos melhores parques e jardins da cidade, este ano volta a valer a pena trocar o escurinho do cinema pelo céu estrelado para assistir a grandes filmes ao ar livre. 

Outjazz
©DR
Coisas para fazer

Bons motivos para passar o Verão em Lisboa

Já estávamos para aqui a pensar que íamos passar directamente do Primaverno (estação criada este ano e que funde a Primavera com o Inverno) para o Outono, quando, de repente, o mercúrio começou a trepar termómetro acima. O calor chegou com bastante atraso e, por isso, tanto ele como nós temos que recuperar o tempo perdido. Se não tem planos para sair de Lisboa nos próximos tempos, não desanime porque o Verão na cidade também pode ser bem passado. Há muito que fazer. Pelo menos, não faltam eventos para lhe encher a agenda. 

Publicidade