Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right 11 coisas para fazer na Arrábida: um mergulho no paraíso

11 coisas para fazer na Arrábida: um mergulho no paraíso

A serra, o mar, as paisagens únicas: tudo isso, já sabe, são razões para voltar sempre à Arrábida.

Arrábida
Fotografia: Arlindo Camacho
Por João Pedro Oliveira e Francisca Dias Real |
Publicidade

Depois da serra, há um areal fino com águas límpidas por descobrir. De uma ponta de Sesimbra à outra de Setúbal, é possível mergulhar sem perder o fundo de vista – o paraíso está perto e é na Arrábida. Mas nem tudo aqui se resume a estar de papo para o ar: o móvel está para Paços de Ferreira, como a aventura está para a Arrábida. Costereeing, snorkeling, canoagem, espeleologia, trekking e mais uma série de terminologias estrangeiras que dão nome àquilo que pode fazer por estes lados. Para os menos aventureiros, há passeios e visitas guiadas. Percorra esta lista e saiba como perder o medo com tanta coisa para fazer na Arrábida.

Recomendado: Todas as praias da Arrábida

11 coisas para fazer na Arrábida

1
Coasteering
©DR
Coisas para fazer

Costereeing

icon-location-pin Grande Lisboa

Mete natação, escalada, rapel, saltos para a água, caminhada, e tudo o que vier à rede pelo meio. O coasteering reúne uma série de actividades numa só, o que lhe poupa tempo para se inscrever noutras coisas. O objectivo é andar como os lagartos, colado às rochas e de rocha em rocha, mas nas falésias em cima do mar, daí que seja uma das actividades rainhas da empresa de turismo activo Vertente Natural. Vai conseguir infiltrar-se nos esconderijos da zona e conhecer, por exemplo, a Boca do Tamboril, a Meia Velha, a Enseada da Mula e a Pedra Furada, rochedos que dão nome aos percursos (35€-50€). A Wind - Desporto Natureza e Aventura também o ajuda a perder o medo da aventura num passeio semelhante com uma voltinha de speedboat (35€).

Vertente Natural, Porto de Abrigo de Sesimbra. 21 084 8919. Wind, store.wind-cam.pt ou 93 626 3540.

2
Wind - Desporto Natureza e Aventura
©DR

Parapente

Para dar o salto basta carregar uma mochila grande, o material cabe todo lá dentro. Agora, vem a coragem. A Wind não o ensina a voar mas ajuda nessa tarefa: aqui o baptismo de parapente dura entre 20 a 30 minutos e é sempre feito com a companhia de pilotos experientes. Veja o mundo lá de cima, que nem um passarinho livre – as paisagens, garantem-nos, são dignas do paraíso.

Reservas: geral@wind-cam.pt ou 93 626 3540. 60€.

Publicidade
3
Snorkeling Arrábida
©Arlindo Camacho
Coisas para fazer

Snorkeling

icon-location-pin Grande Lisboa

O snorkeling, o mergulho sem garrafa em que se anda só a chapinhar de barbatanas, óculos e tubo respirador, é o mais indicado para quem quer ter uma primeira experiência de mergulho. O Parque Marinho Professor Luiz Saldanha, com os seus fundos mistos de pedra e areia, é um dos locais mais favoráveis para os baptismos. Há vários operadores turísticos que o fazem, a Vertente Natural é uma delas (50€/ pessoa) e o Anthia Diving Center, também no Porto de Abrigo de Sesimbra, é outra. Aqui o primeiro mergulho, como regra em todas as empresas, é um mergulho de adaptação, e no segundo já pode explorar: o Anthia desafia-o na recolha de plástico e lixo para sensibilização da preservação dos oceanos (90€).

Vertente Natural: actividade@ vertentenatural.com. Anthia Diving Center: info@ anthiadiving.com.

4
Canoagem
©DR
Coisas para fazer

Canoagem

icon-location-pin Grande Lisboa

Nestas águas calmas não há grande possibilidade de remar contra a maré. A proposta é simples: são dois por canoa, cada um com a sua pagaia. Na hora de escolher o percurso, se optar pela Vertente Natural, há um pelo Portinho da Arrábida e as praias a poente e nascente (a partir de 25€); um segundo ainda mais tranquilo pelas águas da Lagoa de Albufeira (25€, mínimo oito pessoas); e outro um nadinha mais bravo, chamado Sesimbra Selvagem, que dura um dia inteiro (40€). Na Ludyesfera – Turismo e Aventura a agenda de eventos é fixa e pode ir consultando as datas que mais lhe agradarem: há canoagem no Portinho da Arrábida (25€) e na praia do Ribeiro Cavalo (24€).

Vertente Natural: actividade@ vertentenatural.com, Ludyesfera: geral@ludyesfera.com ou 91 785 2835

Publicidade
5
Zé da Mota Setúbal
Arlindo Camacho
Coisas para fazer

Zé da Mota

icon-location-pin Grande Lisboa

Na Zé da Mota há um serviço de aluguer de scooters para quem quer conhecer a zona montado em duas rodas. José Maria e Tiago Silveira, os sócios, garantem que o sucesso das motas foi ainda maior agora que os acessos entre a Figueirinha e o Creiro foram condicionados. As motas, e qualquer veículo com dístico de operador turístico, continuam a poder circular livremente, o que faz destes alugueres uma boa aposta para um dia de praia (um dia, mota para dois, 40€). Também há tours de tuk-tuk à descoberta da Arrábida durante duas horas (35€), e passeios de jipe pela serra, com prova de vinhos incluída, parceria com a Quinta de Alcube (55€/pessoa).

Reservas: reservation@zedamota.com ou www.zedamota.com/pt.

6
convento da arrábida
Fotografia: Arlindo Camacho
Coisas para fazer

Convento da Arrábida

icon-location-pin Grande Lisboa

O Convento da Arrábida ocupa uns meros 25 hectares, dividindo-se entre o Convento Velho, na parte mais elevada da serra, e o Convento Novo, localizado a meia encosta. Este último, propriedade da Fundação Oriente, recebe visitas mediante marcação prévia, às quartas-feiras, sábados e domingos. Foi neste edifício de 1542 que Manoel de Oliveira rodou O Convento (1995).

Convento da Arrábida, Azeitão. 212 197 628. 5€.

Publicidade
7
Estação Arqueológica do Creiro
©Manuel Manso

Estação arqueológica do Creiro

Tome nota destas linhas para poder impressionar a companhia quando se deslocar à estação do Creiro. Aqui, naquilo que parece um monte de ruínas claramente protegidas, encontra um complexo de salgas de peixe, da época romana, fundado na segunda metade do século I. Está mesmo ali, à mão de semear e de se fotografar, aquele sítio arqueológico escavado em 1987.

8
Ocean Alive - Guardiãs do Mar
©João Augusto

Experiências marinhas

Educação marinha e envolvimento das comunidades costeiras, dois dos eixos da Ocean Alive, cuja iniciativa Guardiãs do Mar tem como parceiro institucional a UNESCO e venceu o Concurso Ideias de Origem Portuguesa 2016, da Fundação Calouste Gulbenkian. Uma manhã a mariscar, com uma mulher pescadora do Sado, numa praia deserta, em pleno estuário, é uma das tours disponíveis neste projecto liderado por Raquel Gaspar. Fique atento ao site para saber as datas.

www.ocean-alive.org. Famílias: 45€; adulto: 18€; criança (+3anos): 9€.

Publicidade
9
Sesimbra Safari
©Arlindo Camacho

Sesimbra Safari

Num jipe pintado com o padrão de uma zebra (logo aí sabe que a coisa tem tudo para dar certo), vai poder explorar caminhos menos aconselháveis e sinuosos. Fernanda Chagas e Amândio Costa vestem-se a rigor como se de um safari se tratasse e levam os aventureiros em passeios pela Serra da Arrábida, que correm os moinhos e os fortes de Sesimbra ou que chegam até ao Meco e à Lagoa de Albufeira. Pelo caminho, há tempo para informações, curiosidades, um copinho de moscatel e, claro, farinha torrada.

Rota do Cabo Espichel à Lagoa e Rota da Arrábida (30€/pessoa, Julho e Agosto). Reservas: 91 342 6956 sesimbrasafari@gmail.com.

10
Keep It Local Tours
©DR

Keep it Local

Na Arrábida Tour não é difícil adivinhar que o guia Duarte Antão, da Keep It Local Tours, promete ir além daqueles trajectos aborrecidos. Se não se importar de passar nove horas acompanhado, vai dar por si a descobrir sítios e a protagonizar experiências inesperadas. Este périplo envolve passagem por grutas, praias selvagens, saborear peixe, saltar para a água e terminar o dia na vinha de um amigo, de copo na mão, claro.

Ponto de encontro: Praça dos Restauradores. Reservas: keepitlocaltours@gmail.com ou www.keepitlocaltours.com. 09.00-18.00. 45€/pessoa.

Publicidade
11

Photo Experience – Lapso

O Photo Experience, da dupla de fotógrafos Cláudia Freitasa e Paulo Figueiredo, dedica-se à divulgação e comercialização da fotografia, e é na Lapso Galeria que pode encontrar muitas das suas imagens e livros de autor. Mas não se fica por aqui: as forças de ambos unem-se para o levar num passeio fotográfico por mar ou por terra. Se prefere a natureza e o pratrimónio natural, aventure-se num passeio pelo Sado (60€/pessoa, inclui barco), mas se é menino de cidade, vá a penantes e descubra os locais mais emblemáticos de Setúbal (30€/ pessoa).

Ponto de encontro: Lapso Galeria. Rua Arronches Junqueiro, 126. Passeios por marcação. 91 77 67215 ou claudia.freitas@lapso.pt.

Comer aqui ao lado

O Filipe
Arlindo Camacho
Restaurantes

Restaurantes em Sesimbra onde deve reservar mesa

O mote da iniciativa que promove a tradição piscatória e a cultura gastronómica da vila diz quase tudo. Sesimbra é tudo de bom do que vem do mar. E tanto podem ser uns carapaus gordos, como umas sardinhas, robalos ou pregados, salmonetes ou imperadares. Falta dizer que é também a arte que há em terra para cuidar tanto tesouro – não é só na grelha que se esconde o segredo de um bom prato à mesa.

Casa Santiago - Rei do Choco Frito
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Os melhores restaurantes em Setúbal

É verdade que em Setúbal se come bom peixe, mas não pense que se fica por aí. Não, longe disso. Apesar de haver poucos sítios no mundo (sim, no mundo) tão bons para o comer. E é por isso que começamos então por celebrar uma mão cheia de uniões perfeitas entre peixe fresco e grelha quente. Pelo caminho, somamos grandes alternativas (sim, também há choco). 

Publicidade