Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Coisas para fazer no Carnaval em Lisboa

Coisas para fazer no Carnaval em Lisboa

Não falta o que fazer na cidade no Carnaval – para quem gosta de máscaras e para quem prefere gozar o dia à civil

Colombina Clandestina
©Colombina Clandestina
Por Francisca Dias Real e Vera Moura |
Publicidade

O Carnaval são três dias. E o resto da vida, já se sabe, são apenas dois. De máscara ou de cara lavada, vá como quiser, porque sendo Carnaval ninguém leva a mal. Corremos a cidade à procura dos melhores programas da quadra, sejam farras nocturnas ou desfiles de palhaçada. Pode fingir que vai direitinho ao sambódromo e encher-se de brilhos e plumas, ou então manter-se bem discreto e fingir que o Carnaval pode ser celebrado à civil. De uma forma ou de outra, aproveite estes dias de festa com esta lista de coisas para fazer no Carnaval em Lisboa. 

Recomendado: Descubra estas festas de Carnaval no mundo

Coisas para fazer no Carnaval em Lisboa

1
Lu.ca
José Frade
Coisas para fazer

Baile de Carnaval no LU.CA

LU.CA - Teatro Luís de Camões, Belém

O Carnaval também é dos mais pequenos, ainda que haja a ressalva de que os mais crescidos tenham uma criança dentro deles e que aqui podem recuperá-la. O LU.CA celebra o entrudo com um baile de Carnaval com a música da dupla Bandido$ e as projecções ilustradas da VJ Severa a acompanhar. Recuperando os antigos bailes que aconteciam nos teatros de Lisboa, a plateia transforma-se numa pista de dança – este ano há dois dias de festa. 

2
Lisbloco
Lisbloco/Facebook
Coisas para fazer

Carnaval Lisbloco

Jardim Roque Gameiro, Cais do Sodré

O bloco carnavalesco Lisbloco prepara-se para o seu primeiro desfile no Carnaval de Lisboa, mas nada sem que antes não haja ensaios -- que são abertos a todos os que queiram abanar os ossos e treinar para o grande dia. Os ensaios acontecem no Titanic Sur Mer para aquecer os tambores e animar os foliões neste pré-carnaval. O Lisbloco é um bloco carnavalesco formado por músicos e dançarinos residentes em Lisboa que nasceu da vontade de se fazer um carnaval autêntico aos moldes brasileiro na cidade. O tema do desfile este ano será a sustentabilidade e as questões ambientais que culminará no dia 25 de Fevereiro num desfile que parte do Jardim de Roque Gameiro no Cais do Sodré. 

Publicidade
3
BAILE BARROCO NO PALÁCIO
©José Frade/EGEAC
Coisas para fazer

Baile Barroco no Palácio

Museu de Lisboa - Palácio Pimenta, Campo Grande/Entrecampos/Alvalade

Aposte todas as fichas nos seus conhecimentos sobre a época barroca, porque ela está de volta ao Palácio Pimenta para uma farra carnavalesca. A música vem do ensemble de câmara Opus 28 e mais tarde há um DJ set, tudo num cenário de palácio do século XVIII, com as portas dos salões e o Pátio das Tílias abertos para esta festa de todas as idades. Leve a máscara e vá dançar este sábado, 22. 

4
Carnaval em queluz
©PSML | Susana Morais
Coisas para fazer

Carnaval no Palácio de Queluz

Palácio Nacional de Queluz, Grande Lisboa

Num ambiente festivo, vista-se a rigor porque aqui passar a ombreira da porta implica que entre directamente para o século XVIII. Celebrar o Carnaval no Palácio Nacional de Queluz implica que participe num ateliê de máscaras, após o qual os participantes, acompanhados por personagens de época, serão envolvidos num momento de música e dança setecentista, num dos antigos salões de festas do palácio. Pode ir em família ou sozinho em busca de um par. 

Publicidade
5
Musa
©Ana Viotti
Coisas para fazer

Carnaval na Musa

Musa, Marvila

De sexta, 21, a segunda, 24, Marvila ganha tom carnavalesco na Musa que se enche de rodas de samba, blocos e batucadas. Logo na sexta (22.30) há Samba do Barril, um festim à volta de um barril (é para beber) com Diogo Xocó (voz, guitarra e percussão), Márcio Lima (voz, guitarra e flauta), Zezinho Gotalipe (bateria e percussão) e todos os que se quiserem juntar com os seus instrumentos. No sábado, Rafael Henrique Victório -- aka Farofa -- salta para trás da mesa de mistura e dá bailinho com música brasileira (22.30).  Segunda é dia do bloco Baque do Tejo (20.30) invandir a Musa com ritmos brasileiros, para depois dar lugar a Sheila Piranha e às sonoridades africanas para abanar tudo o que tem. Para encher o bandulho, o chef Pedro Monteiro faz-lhe caldo de abóbora, bolinhos de bacalhau, coxinhas e escondidinho de carne ou veggie. 

6
Palácio Marquês de Pombal
Manuel Manso
Coisas para fazer

Carnaval no Palácio de Oeiras

Palácio do Marquês de Pombal, Oeiras

Para assinalar o entrudo, Oeiras organiza uma festa de dois dias no Palácio e jardins do Marquês de Pombal, bem ao estilo dos antigos bailes de carnaval do século XVIII. Ao longo de sábado e domingo há uma série de iniciativas programadas: concertos, oficinas, teatro com personagens da commedia dell’arte, fantoches, workshop de dança barroca e um Baile de Máscaras, numa tenda no jardim da Cascata dos Poetas. Caso lhe dê a fome, há um Salão de Chão, na sala de jantar do Palácio dinamizado por pastelarias locais. 

Publicidade
7
Coisas para fazer

Carnaval de Loures

Loures, Grande Lisboa

O Carnaval de Loures é um dos maiores carnavais da região de Lisboa, que remonta ainda aos primeiros anos do século XX. A festa do Carnaval de Loures começa logo dia 8 com um baile no Pavilhão Antonio Feliciano Bastos, com a actuação dos DJs Tiago Mateus e Marco Luís (22.00). A 22 de Fevereiro, no Largo 4 de Outubro, há uma recepção aos reis do Carnaval e um baile de apresentação no Pavilhão Paz e Amizade (22.00). A festa propriamente dita acontece no dia 23 com um desfile carnavalesco com 15 carros alegóricos, um corso com dois mil figurantes e uma banda que dita o ritmo da coisa (14.30). À noite o Pavilhão Paz e Amizade volta a receber uma noite foliona e no dia seguinte festa rija (22.00). No dia 25 repete-se o desfile (14.30) e no último dia do Carnaval de Loures, a 26, os foliões despedem-se num cortejo fúnebre do enterro do entrudo ao longo de várias ruas do centro histórico de Loures.

8
Misturado
Duarte Drago
Coisas para fazer

Baile de Carnaval com Forró, Samba e Musicas Brasileiras

Misturado, Grande Lisboa

É um baile, mas bem à maneira brasileira. No sábado, o Misturado apanha balanço carnavalesco com um workshop de samba no pé (18.00). Depois de aprendida a lição é pô-la em prática num baile de samba e forró. Vá mascarado.  

Publicidade
9
Bué Tolo
Bué Tolo/Facebook
Coisas para fazer

Carnaval Fabão & Bué Tolo

Ribeira das Naus, Cais do Sodré

Pelo segundo ano consecutivo a parceria entre o cantor Fábio Allman com o bloco Bué Tolo ganha vida nas ruas lisboetas em mais um Carnaval barulhento e colorido, no dia 23 de Fevereiro. A bateria vai concentrar-se por volta das 12.00 no quiosque da Ribeira das Naus. O desfile segue em direcção ao beco onde fica o Boteco da Dri, no Cais do Sodré. Chegados ao restaurante, os foliões fazem a festa de encerramento com uma batucada e um DJ para animar a malta, sempre com pestiscos para afagar o estômago. 

10
central gerador
Fotografia: Manuel Manso
Coisas para fazer

Feira Gerador com cheiro a carnaval

Central Gerador, Lumiar

Esta edição da Feira do Gerador tem um cheirinho a Carnaval e será um domingo dedicado às mais diversas formas de arte, desde ilustração a cerâmica, passando pelo artesanato, acompanhado de música. No que toca a esta vertente, Le Cirque du freak a dar música durante a tarde para poder bailar aos ritmos carnavalescos.

Publicidade
11
Baque do Tejo
Baque do Tejo/Facebook
Coisas para fazer

Cortejo de Carnaval Baque do Tejo

Vários locais

Tem maracatu de baque virado em Lisboa com o bloco Baque do Tejo que festeja a efeméride com mais um desfile. Arranca do Largo da Rosa e por aí vai Lisboa fora, sempre em festa e com os instrumentos a tremer – pode juntar-se à festa a partir das 15.00. No fim do festejo, que vai até à porta do BUS - Paragem Cultural, a festa continua aí com quatro DJ sets da festa The Rolê. 

12
Colombina Clandestina
©Colombina Clandestina/Facebook
Coisas para fazer, Caminhadas e passeios

Colombina Clandestina

Panteão Nacional, São Vicente 

O Colombina Clandestina é um bloco de carnaval empenhado em levar para a rua a música e a dança – são arruadas à maneira. Este será mais um ano em que o grupo leva o Carnaval para as ruelas lisboetas, mais concretamente para Alfama. A concentração está marcada para as 14.00 junto ao Panteão Nacional, sendo que qualquer pessoa se pode juntar – o cortejo começa às 15.00. 

Publicidade
13
Coolture Tours - A Rainha Mostra o Palácio
Isabel Saldanha
Miúdos

A rainha mostra o Palácio da Ajuda - Especial Carnaval

Palácio Nacional da Ajuda, Ajuda

Sua Majestade a Rainha D. Maria Pia de Saboia convida para um baile de Carnaval, como o que ofereceu em 1865 (vestiu quatro fatos diferentes: Maria Tudor, varina de Ovar, Dominó e Escocesa). No final desta visita encenada da Coolture Tours, haverá adereços para emprestar, uma lição de valsa e uma moeda de ouro de chocolate.

14
museu do dinheiro
Fotografia: Arlindo Camacho
Miúdos

Carnaval Medieval

Museu do Dinheiro, Baixa Pombalina

Viagem à Idade Média e ao Carnaval do tempo de D. Dinis, que vão servir de inspiração à construção de máscaras com as técnicas de recorte, de colagem e de desenho.

Publicidade
15
Carnaval
Fotografia: Monique Carrati/ Unsplash
Miúdos, Workshops e aulas

Oficina de Carnaval

Biblioteca dos Olivais, Encarnação

No sábado, 22 de Fevereiro, a Biblioteca dos Olivais promove uma Oficina de Carnaval, em parceria com a Junta de Freguesia. Com entrada gratuita, este programa é adequado a crianças dos três aos 12 anos. A inscrição prévia através de e-mail (bib.olivais.infantil@jf-olivais.pt) é, contudo, obrigatória.

Mostrar mais

Mais Carnaval

Coisas para fazer, Caminhadas e passeios

Siga estes desfiles de Carnaval em Lisboa

Podemos estar um pouco aquém das celebrações históricas que assinalam as pujantes festas carnavalescas de Ovar, da Madeira ou de Torres Vedras (nossos ricos vizinhos). Mas em Lisboa, embora algumas tradições tenham ficado pelo caminho, ainda há foliões suficientes, e de todas as idades, que vão sair à rua para celebrar o entrudo. 

roupas da Miss Suzie
©Miss Suzie
Compras, Trajes de fantasia

As melhores lojas de disfarces em Lisboa

Há sempre razões para nos fantasiarmos e andarmos a espalhar magia pela cidade, sozinhos ou acompanhados. Antigamente, o Carnaval alfacinha, por exemplo, incluía cegadas, desfile de carros alegóricos na Avenida da Liberdade e o infame Xé-Xé, e agora faz-se de festas a durar uma semana inteira, tal como acontece no Halloween, essa importação americana que nos faz percorrer todas as lojas à procura do melhor disfarce de Freddy Krueger ou Samara Morgan. Sabemos que é uma busca difícil, por isso damos uma ajuda, para garantir que faz um brilharete, seja em que efeméride for. Só tem de escolher o modelo e os acessórios. Se comprar não for uma opção, tem sempre os dois guarda-roupas obrigatórios para quem quer alugar uma fatiota. Estas são as melhores lojas de disfarces em Lisboa. 

Publicidade