Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Conta-me como foi: três projectos que mudaram Lisboa em 2020
Biblioteca de Alcantara, Palácio Burney
©CML Biblioteca de Alcantara

Conta-me como foi: três projectos que mudaram Lisboa em 2020

Uma biblioteca, uma casa-museu ou um teatro que marcou um regresso esperado. Recue a 2020 e recorde o melhor do ano.

Por Renata Lima Lobo
Publicidade

Quando olharmos para trás, para o amaldiçoado ano de 2020, não veremos apenas Covid-19. Veremos como alguns projectos mudaram a cidade para melhor, cada um à sua maneira. Se por um lado Lisboa ganhou uma grande biblioteca num palácio oitocentista em Alcântara, por outro a casa do poeta mais aclamado do país ganhou mais espaço e mais dignidade. Também os palcos da cidade, mesmo a meio gás, se destacaram, entre eles o de uma sala alfacinha com mais de 50 anos que renasceu para uma vida nova a meio de um ano muito ingrato para os artistas e para o público. Graças a todos eles podemos olhar para 2020 e ver um copo meio cheio. De coisas boas.

Recomendado: Projectos que vão mudar a cidade em 2021

Três projectos que mudaram Lisboa em 2020

Biblioteca de Alcantara
Biblioteca de Alcantara
Câmara Municipal de Lisboa

Biblioteca de Alcântara

Atracções Bibliotecas, arquivos e fundações Alcântara

No antigo Palacete dos Condes de Burnay, inaugurou a 5 de Outubro a terceira maior biblioteca municipal de Lisboa. Uma intervenção desenhada pela arquitecta Margarida Grácio Nunes, reconhecida com uma menção honrosa de melhor intervenção de impacto social do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana 2020. Com cinco pisos (o último com vista para o Tejo), a biblioteca tem uma loja, uma sala multiusos, um espaço para famílias, uma galeria e um jardim onde foi mantida uma fonte que continua a beber da Ribeira de Alcântara. As instalações foram modernizadas, mas há uma sala que foi restaurada, mantendo a traça original, com os seus frescos e estuque trabalhado.

Museu, Casa Fernando Pessoa
Museu, Casa Fernando Pessoa
©Gabriell Vieira

Casa Fernando Pessoa

Atracções Campo de Ourique

Nos últimos anos de vida, Fernando Pessoa encontrou morada no bairro de Campo de Ourique, num edifício que desde 1993 acolhe a Casa Fernando Pessoa e que reabriu em Agosto após um ano de profundas obras de remodelação. A Casa Fernando Pessoa, que presta homenagem ao poeta através do seu próprio legado, renasceu de cara lavada, com acessibilidades melhoradas, uma nova exposição permanente e uma biblioteca renovada. A área expositiva é maior e está dividida pelos três pisos, onde encontra a biblioteca pessoal do poeta ou uma recriação do apartamento de Fernando Pessoa, onde estão expostos documentos como o bilhete de identidade, o contrato de arrendamento, objectos pessoais ou a folha onde escreveu a frase "I know not what tomorrow will bring".

Publicidade
Avenida Q no Teatro Maria Matos
Avenida Q no Teatro Maria Matos
©Filipe Ferreira

Teatro Maria Matos

Teatro Campo Grande/Entrecampos/Alvalade

O Maria Matos reabriu em Julho pela mão da empresa Força de Produção, mostrando como um teatro de gestão privada pode ter na mesma uma programação para vários públicos, sem descartar a responsabilidade social e pedagógica. Entre espectáculos de teatro, stand-up comedy, actividades para crianças e concertos que juntam artistas de diferentes flancos (como acontecerá a 18 de Janeiro, na joint-venture entre They’re Heading West, Miramar e Cristina Branco), há também o acolhimento de iniciativas como o III Ciclo de Encontros de Educadores Antirracistas, de entrada livre – o próximo é a 28 de Janeiro.

O melhor de 2020

Discos portugueses 2020
.

Os melhores discos portugueses de 2020

Música Portuguesa

A música foi um dos maiores consolos no absurdo ano de 2020, que vai ficar gravado para a história pelos piores motivos. Um ano de desafios para os músicos que perderam o sustento com o cancelamento dos concertos, mas marcado por muitas provas de talento. Apesar de todas as condicionantes e dificuldades que os músicos atravessaram, 2020 deu-nos grandes discos. Com o regresso de artistas veteranos como os Três Tristes Tigres, Pop Dell’Arte ou Clã, mas também com a confirmação de novos valores como Selma Uamusse, Nídia e Tristany.

Mulherzinhas (2019)
©Wilson Webb/CTMG

Os melhores filmes de 2020

Filmes

Este terá sido, provavelmente, um dos anos mais estranhos da história do cinema, assim como da humanidade, no geral. A pandemia veio baralhar as contas a todos, e a indústria cinematográfica atravessou um ano atípico, com rodagens e estreias canceladas ou adiadas. As salas de cinema permanecem abertas (por agora), apesar do crescimento de novas infecções em todo o mundo. Num ano vivido a meio-gás,  não vimos nenhum filme que merecesse mais de quatro estrelas. Mesmo assim, e tendo em conta que 2021 está aí, elaborámos uma lista com os melhores filmes que se estrearam em Portugal em 2020.

Publicidade
As melhores séries de 2020
Netflix; HBO; TVCine; RTP

As 20 melhores séries de 2020

Filmes

O melhor é nem fazer as contas. Basta olhar para a almofada côncava do sofá para sabermos que em 2020 passámos muito tempo, certamente demasiado, a olhar para a televisão. O streaming foi o nosso melhor amigo neste ano doentio, e isso nota-se nestas escolhas: a Netflix e a HBO disputam ombro a ombro as preferências desta casa. Algumas produções valorosas não constam desta lista porque, apesar da overdose, não houve tempo para tudo. Talvez devêssemos ter passado dos primeiros episódios em The Mandalorian; talvez devêssemos ter perseverado em I May Destroy You; talvez devêssemos ter concluído Normal People a tempo. Águas passadas. Só faz falta quem cá está. Concentremo-nos, então, nas melhores séries de 2020.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Best selling Time Out Offers
        Publicidade