Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os melhores jogos de realidade virtual

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

Entretenimento, Jogos, Jogos de Computador, Half-Life: Alyx
©DR Half-Life: Alyx

Os melhores jogos de realidade virtual

‘Half-Life: Alyx’ é o primeiro jogo de realidade virtual indispensável. Mas há outros jogos do género que valem a pena

Por Luís Filipe Rodrigues
Publicidade

A realidade virtual pode ser boa, mas não é para todos. O preço ainda é um entrave, e há quem se sinta fisicamente indisposto ao fim de poucos minutos e não consiga usufruir destas experiências. Além disso, apesar de haver cada vez mais jogos de realidade virtual, por agora são poucos os títulos que valem mesmo a pena. Entre as excepções, destaca-se Half-Life: Alyx, lançado em Março deste ano. Pode não ser a continuação de Half-Life por que muitos esperavam, mas é um dos melhores videojogos do ano. E o primeiro que justifica por si só o investimento nuns óculos de realidade virtual. 

Recomendado: Os melhores jogos de 2019

A realidade virtual é melhor que a nossa

Half-Life: Alyx

Half-Life 2: Episode Two saiu em Outubro de 2007, e a sua continuação, Half-Life 2: Episode Three, devia ter saído em Dezembro do mesmo ano. Mas nunca viu a luz do dia. Desde então que os fãs de jogos de tiros na primeira pessoa e de ficção científica aguardam por um novo Half-Life. Em Março, depois de mais uma década de espera, chegou finalmente a tão aguardada continuação. E só é possível jogá-la com óculos de realidade virtual.

A acção decorre cinco anos antes de Half-Life 2. Ao invés do habitual protagonista da série, Gordon Freeman, o jogador encarna Alyx Vance, uma das personagens secundárias do segundo capítulo, numa luta contra as forças extraterrestres que escravizaram e controlam a Terra.

A aventura prolonga-se ao longo de mais de dez horas, e durante esse tempo há tiros, quebra-cabeças, suspense, momentos de puro terror, e todas as mecânicas de jogo foram pensadas para aproveitar ao máximo as potencialidades da realidade virtual. Pode não ser o Half-Life 3 que as pessoas queriam, nem tão revolucionário como o que ficou para trás, no entanto é uma experiência única e imersiva. Um jogo de computador essencial.

Disponível para PC.

Astro Bot: Rescue Mission

Este exclusivo da Sony não só é um dos melhores jogos de realidade virtual feitos até agora, é um dos melhores títulos de plataformas dos últimos anos. Combinando saltos e momentos de exploração na terceira pessoa com uma experiência de realidade virtual mais tradicional, cabe-nos salvar dezenas de pequenos robôs espalhados por vários níveis, à medida que são introduzidos novos sistemas e mecânicas de jogo.

Disponível para PlayStation VR.

Publicidade

Blood & Truth

Lançado em Maio de 2019 pelos estúdios londrinos da Sony, Blood & Truth parte de “London Heist”, uma das mais interessantes experiências da compilação PlayStation VR Worlds (2016), e extrapola-a para um jogo de tiros na primeira pessoa, com princípio, meio e fim. O protagonista desta história, inspirada nos policiais britânicos de Guy Ritchie, é um antigo soldado das forças especiais que tem de salvar a família de um mafioso londrino.

Disponível para PlayStation VR.

Fallout 4 VR

O Fallout 4 original é um excelente RPG – apesar de algumas falhas. O jogador encarna um sobrevivente de uma guerra nuclear que acorda num mundo que não conhece, após décadas em animação suspensa. Um mundo pós-apocalíptico, onde há sempre qualquer coisa para fazer e em que cada um decide como usar o tempo e que rumo dar à história, que pode ocupar centenas de horas. Esta versão é exactamente igual, só que pode ser vivida em realidade virtual.

Disponível para PC.

Publicidade

Moss

É um dos melhores (e menos enjoativos) jogos de realidade virtual. Ao invés de assistir a tudo pelos olhos do protagonista, um ratinho que existe num livro de contos de fadas, o jogador observa-o na perspectiva na terceira pessoa, e guia-o por mundos luminosos e coloridos, interagindo com os objectos e as plataformas. Fabuloso.

Disponível para PC e PlayStation VR.

Resident Evil VII: Biohazard

Um bom jogo de terror mete mais medo do que qualquer filme. E mais ainda na realidade virtual. Também disponível para PC, PlayStation 4 e Xbox One, além de vários sistemas de realidade virtual, Resident Evil VII: Biohazard é um regresso às raízes da série. Agora a partir de uma perspectiva na primeira pessoa, o que torna tudo mais imersivo. E assustador.

Disponível para PC e PlayStation VR.

Publicidade

The Elder Scrolls V: Skyrim

À semelhança de Fallout 4, feito pela mesma empresa e com muitas semelhanças, The Elder Scrolls V: Skyrim também pode ser experienciado na realidade virtual ou fora dela. O jogador é transportado para um cenário de fantasia medieval, no meio de uma guerra civil que coincide com o reaparecimento de dragões um pouco por toda a parte. E estas são apenas duas das histórias que se desenrolam ao longo de centenas de horas, numa aventura infinita.

Disponível para PC e PlayStation VR.

Tetris Effect

Não é só mais uma variação do velhinho Tetris. É uma experiência hipnótica e quase psicadélica, que parte das mecânicas e regras traçadas pelo russo Alexey Pajitnov nos anos 80 e as aprimora, aliando-as à estética e sensibilidade do mestre japonês Tetsuya Mizuguchi (Rez, Lumine) e induzindo um estado de transe.

Disponível para PC e PlayStation VR.

Publicidade

Wipeout Omega Collection

Não é preciso usar uns óculos de realidade virtual para desfrutar de Wipeout Omega Collection, que recria Wipeout HD e Wipeout 2048 na PlayStation 4, mas assim as suas corridas futuristas tornam-se ainda mais intensas. E nenhum outro jogo captura a mesma sensação de velocidade e vertigem.

Disponível para PlayStation VR.

Os melhores jogos para...

PlayStation 4

Coisas para fazer Jogos e passatempos

Das pequenas edições independentes às últimas produções multimilionárias, mais uns quantos clássicos à mistura, há títulos para todos os gostos na PlayStation 4.

Switch

Coisas para fazer

É uma consola deste tempo, em que estamos habituados a relacionar-nos com o entretenimento em vários contextos e lugares. E tem vários títulos que não não se encontram em mais lado nenhum.

Publicidade

Xbox One

Coisas para fazer Jogos e passatempos

Há centenas de títulos que vale a pena jogar na consola da Microsoft. Desde produções independentes a grandes blockbusters, estes são os 12 melhores jogos para Xbox One.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade