Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os melhores parques de trampolins em Lisboa

Os melhores parques de trampolins em Lisboa

Nestes parques de trampolins há opções para todas as idades. Prepare-se para dar aquele salto de gigante que todos precisamos na vida

Por Francisca Dias Real |
Publicidade
quantum park
Fotografia: Manuel Manso

Tudo a saltar, tudo a saltar – qualquer semelhança com um hino-urbano-clubístico é pura coincidência. Até porque quem passa a ombreira da porta nestes parques de trampolins sabe que é para saltar como se tivesse molas nos pés e quisesse chegar ao infinito e mais além. Instalam-se em grandes armazéns, normalmente na periferia, com um grande pé alto e espaço para receber rampas, camas elásticas e trampolins para os mais pequenos e para os crescidos, que também podem ser crianças quando o espírito interior assim o quiser. Descubra estes parques de trampolins em Lisboa e leve a família atrelada.

Recomendado: Sítios onde um adulto pode ser criança em Lisboa

Os melhores parques de trampolins em Lisboa

UPUP
Manuel Manso
Coisas para fazer

UPUP Park

icon-location-pin Cascais

São mais de 80 trampolins e nove actividades abertas para todas as idades, no UPUP em Rio de Mouro, Sintra. Se pensa que se tratam de meros trampolins, engana-se. Aqui, há um espaço para praticar basquetebol e futebol e ainda um recinto dedicado ao dodgeball (o antigo jogo do mata). Há também uma zona de insufláveis e outra chamada de "Saco no Ar", que conta com quatro pistas de aceleração, com um metro e meio de profundidade, permitindo o aperfeiçoamento da técnica do trampolim. Com uma lotação para 90 pessoas, o UPUP vai ter ainda aulas de fitness e de iniciação aos trampolins. Os miúdos, que são habitualmente quem mais gosta destas coisas, têm também a oportunidade de fazer aqui a sua festa de aniversário. Os preços rondam entre os 12€ (preço para uma sessão de 60 minutos), 39,5€ para famílias de dois adultos e duas crianças e 50€ (preço para cinco sessões individuais de 60 minutos).  

Bounce lisboa
©DR
Coisas para fazer

Bounce

icon-location-pin Grande Lisboa

Inaugurado em 2015, o Bounce 
foi o primeiro trampolinário
da cidade e inaugurou uma tendência. As mais de 100 superfícies antigravidade e o nosso entusiasmo à volta da ideia de conseguir voar, mesmo que por brevíssimos instantes, são a receita do sucesso. Existe ainda a Flight Academy, onde se pode tirar uma espécie de brevet dos trampolins e aprender a dar mortais sem morrer. Ideia: trampolins enquanto meio de transporte. Para quando? Até lá, aproveite as sessões de 60 minutos, que começam nos 12€ (a segunda hora fica a 10€), sendo que para famílias de quatro o valor é 36€.

Publicidade
quantum park
Fotografia: Manuel Manso
Coisas para fazer

Quantum Park

icon-location-pin Sintra

A saltar, a escalar ou a andar de skate no Quatum Park, um dos maiores parques de trampolins da Europa. O parque divide-se em três estações distintas, cada uma delas com níveis de dificuldade adaptados à experiência (ou à falta dela) de cada um. À entrada somos bombardeados com um arco-íris transformado em 20 paredes de escalada com nove metros de altura. A prata da casa são, claro, os trampolins, que ocupam a maior área do parque, contando com um campo de basquetebol e outro de dodge ball, uma torre de saltos, para os mais corajosos, e um percurso ninja, com saltos, equilibrismo, corrida, suspensão, a fazer lembrar os Jogos Sem Fronteiras, que fazem parte da memória coletiva sobre as décadas de 80 e 90. Ao fundo do parque, está a zona mais radical com um half-pipe para quem quiser mostrar os dotes em cima do skate, e ao lado está um air bag gigante em forma de rampa para aterrar depois de uma manobra sobre rodas. Quanto aos preços, as actividades são pagas à hora: os trampolins, a escalada e o skate custam 10€ durante a semana e 12€ ao fim de semana.

Miúdos

Anima Park

icon-location-pin Cascais

Basta calçar as meias antiderrapantes para entrar num mundo de brincadeiras cheio de cores. Arborismo indoor, escalada, slide, escorrega de bóias, trampolins e videojogos são algumas das atracções que os miúdos vão encontrar no novo Anima Park, em Cascais. Acha que já chega para lhes gastar a energia toda? Pois fique a saber que há ainda o Brinquedão, um espaço com 175 metros quadrados cheio de obstáculos, um labirinto e um escorrega; e uma cidade em ponto pequeno, com uma oficina, um supermercado e uma cozinha para os miúdos brincarem aos crescidos. Para os pais, há um lounge bar com vista para o parque infantil – além de mesa de snooker, máquina de flipper e petiscos. Os preços começam nos 6€ à sexta, e sobem para 7€ aos fins-de-semana e feriados. 

Mais em Lisboa

Academia de Golfe Lisboa - Driving Range 2
Fotografia: Arlindo Camacho
Coisas para fazer

Coisas para fazer sozinho em Lisboa

Há muitos motivos para celebrar a cidade de forma ímpar sem nunca se sentir sozinho: vale tudo menos dar de comer aos pombos (a sério, não o faça, é deprimente). Pode antes jogar golfe, pedalar junto ao rio, relaxar num spa, enfardar uma sobremesa inteira, beber uns copos ou ir passear o cão (sim, não estará sozinho, mas também não terá de se preocupar em fazer conversa e, na pior das hipóteses, corre atrás do bicho que entretanto já não quer voltar para casa). 

 rage room, smash it, sala de raiva
Fotografia: Manuel Manso
Coisas para fazer

As melhores coisas radicais para fazer em Lisboa

Aviso prévio: este artigo é impróprio para cardíacos. Os níveis de adrenalina prometem subir só de ler. É que saltar para o Tejo, entrar num quarto escuro para fazer amigos ou numa sala para partir tudo, fazer coastering, ganhar coragem para um corte de cabelo (mesmo) radical, saltar de asa delta ou passear pela serra de Sintra à noite não é para meninos. Não tem medo e gosta de se pôr à prova? Veio ao sítio certo. 

Publicidade