Os melhores sítios para praticar yoga em Lisboa

Exercitar corpo e mente. É nesta premissa que assenta a prática de yoga, que tem vindo a crescer exponencialmente pela cidade.
 Pause and Flow, yoga
Por Francisca Dias Real |
Publicidade

Ao ar livre ou dentro de portas, o yoga é uma modalidade em crescendo. Cada vez mais pessoas começam a preocupar-se em ter um estilo de vida saudável.

Lugares clean e tapetes de borracha alinhados simetricamente pelo chão: tudo pronto para entrar em modo zen. Pode desistir já da desculpa de que o yoga é para gente muito flexível. O objectivo da prática de yoga é só um: fortalecê-lo da cabeça aos pés, por dentro e por fora – coisa que apenas se alcança com suor, aumento da frequência cardíaca e controlo da mente.

"A prática de yoga brinda-nos com a oportunidade de desenvolver o nosso potencial humano e, gradualmente, a aprender a olhar de outra maneira para a vida e a ultrapassar os obstáculos", diz Ceci Graterol, instrutora de yoga no Yoga To Go. "É outra forma de consciência em que descobrimos a nossa própria maneira de viver com o mundo."

Nos centros de yoga, os programas de ensino respeitam as particularidades de cada pessoa e o seu ritmo natural de progressão. "O yoga evita o desgaste e o stress do corpo, respeitando sempre o ritmo de aprendizagem de cada praticante", explica Ceci. 

Não se preocupe que não precisa de ser mestre, basta ter vontade. E se nunca experimentou, então melhor. Pode ser que se renda.

Recomendado: Os melhores parques e jardins de Lisboa

Os melhores sítios para praticar yoga em Lisboa

CPYOGA
©DR
Coisas para fazer, Aulas e workshops

Centro Português de Yoga

icon-location-pin Avenidas Novas

O Centro Português de Yoga é uma das escolas mais antigas de Lisboa, criada pelo professor Carlos Rui em 1986, e tem como objectivo transmitir e divulgar a prática do mesmo enquanto estilo de vida, tanto em termos técnicos como filosóficos.

Os programas de ensino respeitam as particularidades de cada pessoa e o seu ritmo natural de progressão. Defendem que o yoga, “como técnica psico-física, é de aplicabilidade universal”. Trocado por miúdos, é para qualquer um, ao contrário do que muita gente pensa.

As aulas são de segunda a sábado e dividem-se entre iniciantes, intermédios e avançados. 

Atracções

Pause and Flow

icon-location-pin Estrela/Lapa/Santos

Parar. É esta a palavra de ordem do Pause and Flow, onde as aulas de yoga são apenas um ponto de partida para a construção de uma comunidade de pessoas que se ressentem da correria dos dias. E com isso poder fluir – “um conceito que vem da flow theory”, explica Sara Vale, a criadora do projecto, isto é, envolvimento total numa determinada actividade. As aulas acontecem aos domingos de manhã no Jardim da Estrela, dadas pela própria, que ao longo do ano tem vindo a organizar outros programas ligados à modalidade. Dia 20 de Maio há um Urban Yoga Retreat com aula de yoga, um vegan brunch e conversas à volta do tema (30€); dia 27 há Healing Mornings, numa manhã regada a yoga, comidas e conversas sobre Ayurveda e saúde (35€).

www.pauseandflow.com; yogacomasara@ gmail.com. Aulas: 6€.

A Time Out diz
Publicidade
Yoga To Go
©DR
Coisas para fazer

Yoga To Go

icon-location-pin Avenidas Novas

Está a ver aqueles serviços take away de restaurante? É semelhante mas em versão aula de yoga. O Yoga To Go dinamiza aulas a preços low-cost. 

Nos dias em que o calor pede rua e a fotossíntese chama por nós, as aulas são ao ar livre num local que muda todas as semanas, mas, normalmente, é sempre num jardim público da cidade (pode dar uma espreitadela no vídeo que temos sobre yoga aqui para poder perceber do que falamos).

Além destas, há um regime fixo de aulas abertas a toda a comunidade que decorre em três universidades de Lisboa com os seguintes horários:

- Instituto Superior Técnico (Alameda) - Terças e Quintas às 18.15 e às 19.45. Sábados às 10.30

- ISCTE-IUL (Entrecampos) - Segundas e Quartas às 18.00

- ISEL (Chelas) - Quartas às 16.00

Quanto às despesas, as mensalidades variam: uma vez por semana paga 15€, duas vezes paga 20 € e três aulas semanais ascende aos 25€ mensais. 

Casa Vinyasa
©DR
Coisas para fazer, Aulas e workshops

Casa Vinyasa

icon-location-pin São Sebastião

Devem a sua sabedoria e gratidão ao Guru Shri K. Pattabhi Jois (Guruji, 1915-2009), e depois ao seu filho, Manju Jois, à sua filha, R. Saraswathi, e ao seu neto, R. Sharath Jois, que herdaram a responsabilidade de transmitir os seus ensinamentos.

Dão aulas em grupo e privadas, se segunda a sexta, que seguem o método Ashtanga, originalmente ensinado por Shri K. Pattabhi Jois em Mysore, na Índia. Oferecem ainda a oportunidade a quem nunca experimentou, de o fazer pela primeira vez numa aula experimental.

Publicidade
Coisas para fazer

Dhara Yoga & Mind Center

icon-location-pin Avenidas Novas

No Centro Dhara há propostas e soluções que vão permitir a prática do yoga sempre de forma holística: corpo, mente e espírito. “Dhara significa fluir com os movimentos certos para corpo, mente e espírito, e em complementariedade com uma alimentação saudável e a inspiração, informação e ensinamentos correctos para a mente e o intelecto”, diz o centro no seu site. A magia acontece num 7.º andar, no coração de Lisboa e com vista para a cidade. Há aulas para adultos e para crianças. Do yoga integral ao hatha yoga dinâmico, as aulas são distribuídas de segunda a sábado. O centro não se fica pelas sessões em estúdio — de quando a quando há masterclasses de yoga e meditação e retiros fora de portas.

hot pod yoga
©Ed Reeve
Coisas para fazer

Hotpod Yoga

icon-location-pin Areeiro/Alameda

A máxima "amor e uma cabana" transforma-se em "yoga e uma tenda" num piscar de olhos. Lisboa já tem um estúdio Hotpod Yoga, trazido por Lucy Crook, uma escola onde a modalidade se pratica dentro de uma espécie de tenda aquecida e com aromas. É como entrar num casulo.

As sequências são uma mistura de posturas activas e passivas que asseguram um treino físico equilibrado e simultaneamente permitem relaxar e acalmar a mente. A temperatura chega aos 37º e a atmosfera facilita a prática através do aquecimento dos músculos que ajudam a uma maior flexibilidade.

Os valores começam nos 14€, que equivale a uma só aula no pod, sendo uqe a mensalidade ronda os 80€. 

Publicidade
Lisboa Yoga Loft
©Rafael Dias
Coisas para fazer, Aulas e workshops

Lisboa Yoga Loft

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

O espaço, situado no Rato, em nada difere da maioria dos centros de yoga. Um lugar clean, com tapetes de borracha e cordas grossas penduradas nas paredes. Sim, para as pessoas se pendurarem de cabeça para baixo, estimulando a circulação sanguínea e aliviando a pressão dos órgãos internos que, por forças maiores (como a gravidade ou a rotina sedentária), passam a vida empilhados uns em cima dos outros.

Conta com quatro professores – Clara Rolim, Billy Konrad, Carina Ricardo e Cristina Maldonado – e horários de segunda a sexta para todo o tipo de biorritmo.

A escola tem também workshops regulares (150€) com Billy Konrad, instrutor sénior certificado pelo conceituado Instituto Iyengar Yoga, que segue o método que lhe deu nome e que, por sua vez, era parte do nome de Bellur Krishnamachar Sundararaja Iyengar, um famoso mestre de yoga indiano.

Flow Studio Pilates & Wellness
©DR
Coisas para fazer

Flow Studio Pilates & Wellness

icon-location-pin Lisboa

Praticar yoga também significa fugir do stress diário que a cidade impõe e a correria constante. Mas há práticas de yoga que podem ser perfeitas para esse refúgio da realidade, quase como se estivessemos a flutuar — e na verdade estamos, mas presos a um pano. É o air yoga, ou yoga suspenso, que se pratica no Flow Studio Pilates & Wellness, em Moscavide.

São aulas em que se trabalha com um pano, que mais parece um pequeno baloiço, as posturas vão variando consoante a flexibilidade e a necessidade.

Há posturas em que se sentam nele, outras em que enrola o pano e se fica suspenso pela zona da anca, dos omoplatas ou dos braços. Se não se quiser atirar logo de cabeça para esta prática pode experimentar gratuitamente uma aula destas. As sessões duram 50 minutos (45€ mensais- uma vez por semana) e, ainda que pareça fácil e incrível baloiçar num pano, no dia seguinte é provável que fique com uma ressaca muscular.

Publicidade
Rooftop Yoga
©DR

Rooftop Yoga

O conceito destas aulas é exatamente como o nome diz: aulas de yoga em terraços da cidade, sendo que cada dia da semana corresponde a um local diferente.

Às segundas (19.30) e sextas-feiras (09.30), os tapetes de borracha estendem-se no hostel This Is Lisbon (10€). Às terças, aterra-se no Parque Eduardo VII (8€), às 09.00. 

Às quartas-feiras o dia é livre e a aula é aberta a todos, por isso pode aproveitar para experimentar sem ter de pagar e se comprometer a gostar. Onde? Na praça central do Martim Moniz.

Aos sábados, ruma-se ao Imperium Lisbon Village (15€)para dar tudo no tapete deborracha junto à pisicna do terraço, a partir das 10.00. 

Yoga Live Academy
©DR
Coisas para fazer

Yoga Live Academy

icon-location-pin Lisboa

São pioneiros no hot yoga em Lisboa, ou seja, trouxeram para cá a vertente desta modalidade que se pratica numa sala aquecida entre os 38º e os 40º, com um nível de humidade a bater nos 40%. O hot yoga é uma prática mais intensa e mais física que o yoga tradicional, pois requer que os praticantes já tenham alguma estaleca para se desdobrarem em posições e alinhamentos mais complexos.

As aulas de hot yoga também duram mais que as normais, ou sejam, guarde 90 minutos para esta prática, em vez dos habituais 60. A aula é estruturada e reparte-se entre posturas sentadas, de pé e invertidas, técnicas de respiração e termina com um período de relaxamento.

E mais, o ambiente quente e húmido ajuda a prevenir lesões osteomusculares e na própria recuperação quando já existem essas lesões.

Há aulas à segunda às 19.30-21.00 e aos sábados 11.30-13.00.

Publicidade
Prema yoga
©DR
Coisas para fazer, Aulas e workshops

Prema Yoga

icon-location-pin Oeiras

Neste estúdio pode encontrar aulas para miúdos e graúdos. E quando falamos em miúdos é mesmo bebés. O Prema Yoga tem aulas especializadas para grávidas e, depois de o bebé nascer, há também acompanhamento de pós-parto.

Entre âsanas (posturas), bandhas (contracções musculares) e mudrás (gestos), o yoga praticado nesta escola é específico e adequado a cada uma das etapas da vida, pelo que ajuda a criar um autoconhecimento de cada um, quer físico quer mental.

Escola Sunshine Yoga
©DR
Coisas para fazer

Escola Sunshine Yoga

icon-location-pin Lumiar

É pró menino e prá menina e para toda a família. A Escola Sunshine Yoga é dedicada ao estudo e prática do yoga, com aulas de yoga para grávidas e outras para bebés e crianças.

Este estúdio é o primeira especializada na aplicação do yoga a bebés, crianças e adolescentes com necessidades especiais, com técnicas adaptativas desde asanas, pranayamas, mantras, meditações e relaxamento para cada necessidade especial e idade. Através do yoga aprendem novas formas de desenvolver a atenção, a memória, a motricidade fina e grossa, e até mesmo a área da fala.

As aulas Escola Sunshine Yoga decorrem de segunda a sábado com cada bloco horários dedicado a uma idade. Pode consultar os horários aqui.

Mais sítios para relaxar em Lisboa

Magic Spa
©Pedro SamPayo Ribeiro
Coisas para fazer

Os melhores spas de Lisboa

Meia horinha depois do trabalho ou um dia inteiro de lazer, passado sem culpas, de roupão. Você decide o tratamento relaxante que melhor se ajusta a esses níveis de stress. A oferta é variada. Corremos alguns dos melhores spas em Lisboa que prometem dar tudo pelo seu bem-estar. 

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com