Seis sítios para ver obras de Júlio Pomar em Lisboa

O artista plástico, que morreu esta terça-feira aos 92 anos, deixa um corpo de trabalho único. Eis um roteiro obrigatório na cidade
JÚLIO POMAR Resistência, 1946 no atelier museu julio pomar
©António Jorge Silva Resistência, 1946, Atelier-Museu Júlio Pomar
Por Maria Ramos Silva e Renata Lima Lobo |
Publicidade

Em 2015, a sua célebre obra "O Almoço do Trolha" atingiu o valor de 350 mil euros em leilão, mas livre-se de pensar que o trabalho do artista está apenas ao alcance de um nicho privlegiado. Na realidade, a arte, a de Pomar neste caso, tambem sai à rua em formato gratuito, e justifica um périplo que revisita alguns trabalhos deste nome maior da pintura moderrnista. Mora debaixo de terra e em galerias a céu aberto, e releva-se hoje e sempre na sua casa e atelier. 

Recomendado: Galerias de arte em Lisboa: um roteiro alternativo 

Obras de Júlio Pomar em Lisboa

Chama-Atelier Julio Pomar
©Júlio Pomar
Museus

Em casa, naturalmente

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

Inaugurado a 5 de Abril de 2013, com projecto de Álvaro Siza Vieira, o Atelier-Museu Júlio Pomar surgiu no lugar de um armazém do século XVII, e é uma das paragens obrigatórias neste roteiro, como não podia deixar de ser. Tem um acervo de 400 obras entre pintura, escultura, desenho, cerâmica, tudo pertencente à Fundação Júlio Pomar. É, por isso, um museu que pretende homenagear a importância de Júlio Pomar. E chega.

Restaurantes

Os contos do Museu da Cerveja

icon-location-pin Santa Maria Maior

Foi em 2013 que o artista plástico inaugurou um painel de azulejos no Museu da Cerveja, que na realidade é também uma cervejaria. "Contos Murais", assim decidiu baptizar a peça. 

 

 

Publicidade
Museus

Para rever um presidente

icon-location-pin Belém

Olhando para a actual presidência, museologia é tudo o que talvez não venha à cabeça. Se não andar entretido na rua a tentar tirar uma selfie com o professor Marcelo Rebelo de Sousa, tem sempre razões para visitar o Museu da Presidência. Este vive de uma exposição tradicional de peças de colecção com sistemas interactivos de informação e conhecimento, e claro que não pode perder a ala dos retratos, onde encontra uma das obras mais emblemáticas, com Pomar a retratar Mário Soares. 

 

Coisas para fazer

Debaixo de terra

icon-location-pin Grande Lisboa

A estação de metro do Alto dos Moinhos, (na Linha Azul), foi aberta ao público em 1988, e conta com projecto do arq. Ezequiel Nicolau. Outro dos pontos altos é a intervenção plástica do pintor Júlio Pomar. Utilizando o graffiti como expressão artística, homenageou quatro figuras das letras portuguesas, Camões, Bocage, Almada e Pessoa, cuja imagem foi integrada no Passaporte Português.

Publicidade
Coisas para fazer

Num belo museu à beira da estrada

icon-location-pin Estrela/Lapa/Santos

Aqui está uma verdadeira galeria a céu aberto e totalmente gratuita. Ao longo dos anos, as escadarias da Avenida Infante Santo foram sendo decoradas com painéis de azulejos e por aqui não faltam nomes de peso. Júlio Pomar, que aqui se instalou nos anos 50, faz-se acompanhar por Maria Keil, Carlos Botelho, Alice Jorge, Sá Nogueira e Eduardo Nery. Um dos últimos a chegar, em 2017, foi Diogo Machado, aka add fuel. 

casa portuguesa do pastel de bacalhau
©Ana Luzia
Restaurantes, Pastelarias

Enquanto trinca um pastel

icon-location-pin Baixa Pombalina

E porque não ter a experiência do bacalhau e do queijo da Serra, dois dos melhores produtos portugueses, numa só dentada? Gostos à parte (porque não se discutem), a verdade é que essa aventura gastronómica é possível nesta casa portuguesa. Tudo certo, desde que não se esqueça de complementar o petisco com a apreciação do trabalho de Pomar. O artista junta-se a Paula Rego e Vieira da Silva no elenco que forra a casa. 

Outras paragens em Lisboa

museu dos coches
©Wikipedia
Coisas para fazer

Museus e monumentos a não perder em Belém

De antigos coches a peças modernas, de edifícios que se perdem nos tempos a estruturas que ainda cheiram a fresco em Lisboa. Reserve um tempo na sua agenda para explorar a zona de Belém e arredores. Siga o roteiro de museus e monumentos, e faça o favor de compor a ordem da visita a seu gosto. 

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com