A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
sítios para adoptar cães em Lisboa
Fotografia: ipet photo/ Unsplash

Sítios para adoptar cães em Lisboa e ganhar um amigo para a vida

Se está à procura de fazer um amigo peludo, esta lista de sítios para adoptar cães em Lisboa é para si.

Raquel Dias da Silva
Escrito por
Raquel Dias da Silva
Publicidade

Diz-se que o cão é o melhor amigo do homem. Se concorda e por acaso anda à procura de um fiel companheiro, espreite esta lista de sítios para adoptar cães em Lisboa. À medida que vai conhecendo os peludos que estão a precisar de um lar, pode começar a imaginar os passeios nas manhãs amenas de Primavera e Outono, as corridas de Verão no jardim mais próximo ou as brincadeiras dentro de casa nos Invernos mais rigorosos. Mas não se esqueça também de que é um compromisso para a vida. Caso não tenha uma casa espaçosa ou tempo suficiente para um animal mais dependente, o melhor é ver antes a nossa lista de sítios para adoptar gatos. O importante é dar e receber amor, sobretudo nestes tempos mais difíceis, em que as associações de animais estão também a passar dificuldades e a precisar de ajuda para alimentar os animais que acolhem.

Recomendado: Caixas de subscrição para animais (e para os seus donos)

Sítios para adoptar cães em Lisboa

  • Coisas para fazer
  • Alcântara

É o centro de recolha oficial de animais errantes na cidade. Promove a sua captura e tratamento, combate o abandono e fomenta a adopção responsável. Se estiver interessado em levar um novo amigo para casa, a Câmara Municipal de Lisboa disponibiliza toda a informação sobre os animais em condições de ser adoptados, que noutras circunstâncias poderia visitar livremente em dias úteis, das 09.00 às 12.00 e das 14.30 às 16.30, e aos fins-de-semana e feriados, das 10.00 às 12.00. Por agora, o melhor é enviar e-mail (casa.dos.animais@cm-lisboa.pt) ou telefonar (218 172 300). Vale a pena saber, contudo, que a todos os canídeos com mais de três meses é feita a identificação electrónica gratuita. A desparasitação interna e a esterilização, também gratuitas, são igualmente efectuadas a todos os animais adoptados, desde que a sua idade e situação de saúde o aconselhem.

  • Coisas para fazer
  • Sintra

A Câmara Municipal de Sintra gosta de relembrar que “ter um cão a seu lado aumenta a sensação de felicidade e segurança, melhora a interacção com outras pessoas e faz bem à saúde”. No Sítio dos Animais, promovido pela autarquia, pode encontrar cães para adopção responsável. Há cachorros, juvenis e adultos, machos ou fémeas, calmos ou mais espevitados, medricas ou corajosos, é para todos os feitios. Só tem de ter paciência para encontrar o companheiro perfeito para si (e, claro, para ser o companheiro perfeito também). Durante o período de combate à Covid-19, as adopções são todas feitas por agendamento telefónico (219 238 816/ 219 238 818).  Os animais adoptados são entregues com identificação electrónica, vacinação, desparasitação interna e externa, boletim sanitário e esterilização (animais com menos de oito meses de idade deve ser feita marcação prévia). Terá ainda direito a acompanhamento veterinário e esclarecimento de dúvidas nos três meses seguintes à adopção.

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Carnide/Colégio Militar

A SOS Animal – Portugal é uma organização não-governamental e associação sem fins lucrativos de protecção animal e ambiental que conta com voluntários e apoiantes em todo o país. A sua missão é – quer seja através de actividades de entretenimento, em casos domésticos de negligência, abandono ou crueldade, ou no elementar reconhecimento legal do seu estatuto enquanto seres de direito – defender, resgatar, tratar e educar para o bem-estar dos animais. Têm gatos para adoptar, mas perceber no site quais é que estão disponíveis não é nada fácil. Nesta página, é possível ver alguns dos residentes à espera de uma nova família, mas o melhor é marcar uma visita por e-mail.

  • Coisas para fazer
  • Sete Rios/Praça de Espanha

A União Zoófila defende e trata animais domésticos em risco, pelo que alberga centenas de cães e gatos, suportando todas as despesas de alimentação, tratamento diário e cuidados veterinários. Antes da pandemia, às quartas e sábados, entre as 14.00 e as 16.30, era possível visitar os cães. Agora, o melhor é dar aqui uma vista de olhos nos patudos à procura de uma nova casa. Se preferir, até dá para filtrar por sexo e cor e as fichas têm tudo o que precisa de saber: quantos anos têm, se são saudáveis e se gostam de pessoas e de outros animais, por exemplo. Para adoptar, basta preencher a ficha de candidatura, disponível online, e enviar por e-mail (uniaozoofila.adopcoes@gmail.com)

Publicidade

A associação Animais de Rua ajuda muitos milhares de animais nas ruas, esterilizando-os para que não se reproduzam, tratando-os quando estão doentes e alimentando-os. Conta com núcleos de actuação espalhados por todo o país, incluindo em Lisboa, Vila Franca de Xira, Seixal, Sintra e Amadora. Além de campanhas informativas sobre posse responsável de animais de companhia, também promove workshops e acções de formação, bem como um programa de adopção, apadrinhamento ou Família de Acolhimento Temporário. Para mais informações, o melhor é enviar e-mail para o núcleo mais perto de si. Pode encontrar os respectivos contactos aqui

Este albergue setubalense foi oficialmente constituído Associação Protectora de Animais, sem fins lucrativos, em 2011. Emília Silva, a fundadora, acolhe actualmente cerca de 700 cães. Se quiser ajudar, pode tornar-se sócio ou voluntário, mas também pode apadrinhar, tornar-se Família de Acolhimento Temporário ou adoptar. Na plataforma digital, é possível ver a lista completa de amigos patudos. Entretanto, aproveite para ver o calendário solidário deste ano, cuja receita reverte para cuidar dos animais.

Publicidade

A União Para a Protecção dos Animais (UPPA) foi fundada em 2007, mas apenas em 2013, após cedência de um terreno, ganhou um espaço físico. No Albergue UPPA, em Sintra, encontram-se todos os animais resgatados à espera de uma família que os adopte. Disponíveis para adopção responsável, são entregues já vacinados, desparasitados, microchipados e esterilizados. No site, é possível consultar os animais que estão para adopção. Se algum despertar a sua atenção, basta enviar e-mail a pedir mais informações (uppa.adoptantes@gmail.com).

A Rafeiros SOS é uma associação zoófila sem fins lucrativos, com sede na Amadora, que resgata animais de rua e promove a sua adopção responsável. Para adoptar, é necessário preencher um formulário online, mas antes pode ver os cães para adopção aqui. Se a sua candidatura for aceite, será contactado de volta. Até lá pense em ajudar através do apadrinhamento ou com compras na Loja Solidária, onde encontra camas para cães, canecas, cinzeiros e conjuntos de viagem.

Publicidade

Criada em 2001 por Jorge Diogo e Susana Crespo e actualmente mantida por um dedicado grupo de voluntários, esta plataforma reúne num só sítio anúncios para adopção de animais que tenham sido encontrados ou que estejam em risco de abandono. Basta usar os filtros para encontrar o que procura, escolher o cão certo para si e preencher a respectiva ficha de candidatura. Se tudo correr bem, estará a preencher o termo de responsabilidade mais depressa do que previa.

Nesta plataforma de adopção e resgate de animais, suportada por uma equipa de voluntários, poderá encontrar o seu animal perdido ou adoptar um animal abandonado. Há uma lista, que beneficia de diferentes filtros (idade, tamanho, sexo, distrito), e todos os animais disponíveis para adopção estão devidamente identificados. Há ainda uma outra lista com associações e respectivos anúncios.

Publicidade

O Intermarché tem uma plataforma de adopção animal, onde não só ficará a saber como ajudar sem ter que levar um animal para casa (através da compra de vales donativos, por exemplo) como poderá encontrar o seu futuro melhor amigo de quatro patas. Basta explorar esta página, para encontrar o patudo ideal para si. Os filtros ajudam-no: pode procurar por distrito, sexo, idade, tamanho e até por cor. Mas não seja picuinhas. Há muitos animais a precisar de um novo lar e são todos maravilhosos.

Esta associação cascalense presta cuidados a cerca de 600 animais residentes e ainda a todos os animais perdidos, errantes ou vítimas de acidentes ou maus tratos, que precisam de ajuda. De momento, as adopções são feitas apenas por marcação prévia, de segunda a sexta-feira, das 14.30 às 16.30, por telefone (214 870 095) ou e-mail (geral@sfcascais.pt). Se quiser mais informações, basta consultar a página relativa a adopções.

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Grande Lisboa

A Bianca – Associação de Protecção aos Animais sem Lar do Concelho de Sesimbra foi fundada a 17 de julho de 2002, mas só em 2006 foi criado o abrigo com capacidade para 50 animais. Ao longo dos anos, este abrigo foi sofrendo melhorias e actualmente alberga 400 cães e 100 gatos, em residência permanente. Os cães para adopção estão todos listados nesta página. Se algum lhe despertar a atenção, basta enviar e-mail a mostrar interesse.

Promovida pela Purina, a PetSharing é uma comunidade para donos e amantes de animais, bem como para associações de protecção animal. Além de servir como uma rede de partilha e entreajuda, onde é possível pedir e dar apoio a terceiros nos cuidados animais, esta plataforma também disponibiliza informações acerca de apadrinhamentos e adopções responsáveis. Nesta página, encontra todos os animais à procura de uma família temporária ou permanente. Só tem de explorar os filtros disponíveis para encontrar o cão perfeito para si.

Guia para cães e para os seus donos

Estas creches são para miúdos de quatro patas
  • Coisas para fazer

Há cada vez mais espaços que aceitam a entrada dos nossos amigos peludos, mas nem sempre podemos andar com eles atrelados. A boa notícia é que já existem algumas creches para cães em Lisboa e arredores.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade