Viver em Lisboa: 10 dicas para sobreviver na cidade

Viver em Lisboa não é pêra doce, mas temos duas mãos cheias de truques para sobreviver na cidade. Siga as nossas dicas em Lisboa e tudo vai parecer mais fácil (e barato)

Fotografia: Manuel Manso

Lisboa é menina e moça, sim senhor, mas também pode ser uma cidade madrasta – madrasta tipo filme da Disney, não tipo a mulher do pai. Mas o problema maior é que em Lisboa não há animais falantes para nos ajudar a superar as vilanias da vida urbana. Mas nada tema. A Time Out está aqui, qual fada madrinha, para o ajudar a viver em Lisboa e a conquistar o coração desta princesa. 

Viver em Lisboa: 10 dicas para sobreviver na cidade

1
Decore este número: 12

Decore este número: 12

Se quer ir ao Castelo de eléctrico esqueça o 28. Se apanhar o 12 na Praça da Figueira chega lá num instante, com menos turistas e, quem sabe, com a carteira ainda no bolso.

2
Mande uma carta fora de horas

Mande uma carta fora de horas

Precisa de enviar uma encomenda e já passa das 21.00? Não desespere. A loja dos CTT de Cabo Ruivo fecha às 23.00 todos os dias úteis; e a do El Corte Inglés às 22.00. O posto dos correios do Aeroporto está aberto ao domingo.

Publicidade
3
Poupe para as pipocas

Poupe para as pipocas

Memorize de uma vez as noites de cinema mais baratas em Lisboa: nos cinemas UCI (El Corte Inglés) um bilhete custa 3€ às terças, mas só para utilizadores da rede Yorn; no Cinema Ideal é às quintas que se paga menos, 5€ por filme; nos cinemas NOS (Amoreiras), à segunda-feira um bilhete custa 6,05€ e no Monumental e Nimas ver um filme no primeiro dia da semana custa 5€. Há ainda o Cinepop, com filmes de culto a 4€ aos domingos no Fórum Lisboa e a imbatível Cinemateca onde o bilhete mais caro é 3,20€.

4

Veja se está compostinho

Precisa de parar um momento para reflectir? Há um espelho público no Rossio, perto do número 115 que diz, “Componha o nó da sua gravata”.

Publicidade
5
Use e abuse do Viva

Use e abuse do Viva

O seu passe, o Cartão Lisboa Viva, também serve como cartão de descontos em museus, lojas, teatros e monumentos. Pode consultar as vantagens aqui.

6
Leve os miúdos para a noite durante a semana

Leve os miúdos para a noite durante a semana

Os espectáculos para crianças no CCB custam metade do preço nos dias úteis.

Publicidade
7
Arme-se em turista sem gastar o que poupou para as férias

Arme-se em turista sem gastar o que poupou para as férias

Apetece-lhe ver as vistas do topo do elevador de Santa Justa? Evite a fila, vá a pé até ao Largo do Carmo e siga pela rua ao lado do quartel, a Travessa Dom Pedro de Menezes.

8

Arranje o microondas

Tem um electrodoméstico que precisa de ser reparado? Esteja atento às datas do próximo Repair Café, evento em que voluntários se juntam para reparar gratuitamente objectos avariados. Repete-se todos os meses no Mercado do Forno do Tijolo e é um projecto do Fablab Lisboa.

Publicidade
9
Contorne as greves

Contorne as greves

Nunca mais fique parado tipo homem-estátua numa paragem da Carris. Descarregue a aplicação “Hoje Há Greve?” (iOS e Android) para o telemóvel e fique a par de todas as paralisações. Em alternativa pode consultar o site.

10
Vá a um museu à pelintra

Vá a um museu à pelintra

Memorize esta lista de museus gratuitos em Lisboa. Vamos lá: Museu do Dinheiro, Casa dos Gessos, Núcleo Museológico da Casa dos Bicos, Núcleo Arqueológico dos Correeiros, Atelier-Museu Júlio Pomar.

Já agora, o museu mais barato de Lisboa é a Casa Fernando Maurício, na Mouraria. A entrada custa 1€. O Museu do Aljube também é à prova de pelintras: 1,50€ o bilhete.

Publicidade

Acha que conhece bem a cidade?

10 curiosidades sobre Lisboa que sempre quis saber mas teve vergonha de perguntar

Aqui na Time Out gostamos de sugerir pratos e restaurantes mas não somos os melhores do mundo a alimentar as dúvidas. Aliás, se dependesse de nós andava toda a gente com a curiosidade saciada. Há, no entanto, aquelas questões que nos assombram quando vamos no trânsito, aquele ponto de interrogação que paira sobre nós à saída do duche. Se anda com uma pulga atrás da orelha com alguma questão sobre Lisboa, talvez a consiga catar por aqui. Ora vejamos.

Ler mais
Por Luís Leal Miranda
Publicidade

50 atracções em Lisboa

Nota prévia: esta é uma lista que tem tudo para crescer em tamanho, não fosse Lisboa uma das melhores cidades do mundo e arredores. Não encare portanto estas paragens como um guia definitivo mas antes como um aperitivo para todas aquelas propostas que ficaram de fora (por agora) deste nosso menu. Opte por calçado confortável e venha daí.  

Ler mais
Por Maria Ramos Silva

Comentários

0 comments