Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Cinco marcas para conhecer n'A Fábrica Portuguesa

Cinco marcas para conhecer n'A Fábrica Portuguesa

A Fábrica Portuguesa nasceu em tempo de pandemia para dar uma plataforma a marcas made in Portugal. Contamos-lhe tudo sobre o mercado online desta sexta e alguns dos participantes.

Mufana
Mufana A Mufana é uma das marcas d'A Fábrica Portuguesa
Por Margarida Ribeiro |
Publicidade

Comprar local nunca foi tão importante. Além de ser bom para o meio ambiente, é também uma forma de apoiar os pequenos negócios, que estão a sofrer muito com a pandemia. A Fábrica Portuguesa é uma das mais recentes iniciativas que quer ajudar todos os que estão a ser prejudicados. O projecto foi criado por duas mulheres com marcas próprias, Rita de La Blétière, da Le Petit Chiffon, e Inês Gil Forte, da Mada in Lisbon, e a principal missão é promover o comércio nacional. Como? O Instagram foi a plataforma escolhida e é lá que todos os dias são publicadas pequenas apresentações das marcas participantes.

O projecto já está online há umas semanas, mas o lançamento oficial só acontece na próxima sexta-feira, dia 1 de Maio. Entre as 10.00 e as 19.00, a conta d’A Fábrica Portuguesa transforma-se num mercado virtual. Trinta marcas alinharam, como a Violeta Cor de Rosa (que até desenhou o logótipo da iniciativa), a Moleke, a Grace Baby & Child, a Lemon Hair Lovers, a Maria Café, a Pecegueiro & Filhos, a Oh Monday!, a Tema Creations, a The Blond Mustache, a One of Us, a Be Minho ou a Maria Gorda.

O objectivo é fazer com que “as pessoas vão ter com as marcas e criem uma relação”, explica Rita. Isto é, durante o dia, vão ser publicadas várias indicações de onde pode fazer as suas compras e até está a ser preparado uma espécie de guia para que o público perceba como é que tudo vai funcionar. Além disto, as Instagram stories d’A Fábrica Portuguesa, vão receber um convidado de cada marca, para falar sobre os seus produtos e conceito.

Há ainda alguns incentivos extra para fazer compras na sexta-feira: os portes de envio são grátis e parte dos lucros das vendas vão ser doados à Casa de Santo António. Mas há mais: cada marca vai oferecer um vale ou um artigo à escolha, que depois vão ser incluídos em três cabazes diferentes, que mais tarde serão sorteados entre todos os clientes que fizerem compras neste dia.

Depois do mercado, A Fábrica Portuguesa vai continuar com a sua missão de apoiar marcas portuguesas, apostando em diferentes formatos, eventos e iniciativas. O projecto está de braços abertos para receber todo o tipo de marcas – o único critério que exigem para se juntarem à família é que todos os produtos sejam feitos em Portugal, do início ao fim, sem excepção. “O objectivo também é ajudar a economia do nosso país, já que temos várias fábricas e produtoras de qualidade”, esclarece Rita. É esperar para ver.

Recomendado: Com estas plataformas, o comércio local fica mais próximo

Uma foto da Time Out Magazine

A Time In Portugal já está disponível

Pode ler a última edição no conforto do seu sofá

Ler a revista

Cinco marcas para conhecer n'AFábrica Portuguesa

Benedita Formosinho
Benedita Formosinho

Benedita Formosinho

A marca em nome próprio da designer Benedita Formosinho dedica-se à produção de acessórios e roupa para mulher. Uma das peças mais transversais é este blusão oversized, feito de sarja de algodão, que é, nas palavras  da designer, “facilmente conjugável e adapta-se bem a quase todos os tamanhos.”

Blusão - 130€

beneditaformosinho.com

Oficina Monstros
Oficina Monstros

Oficina Monstros

Acontece muita coisa dentro da Oficina Monstros, do restauro e reciclagem de móveis à criação de retratos de família, como este na imagem. Todas as figuras são feitas de material reciclado e pintadas à mão. Cada família é entregue dentro de uma caixa de vinho com uma tampa de acrílico.

Retrato de família- desde 60€

monstros.pt

Publicidade
Joana Mota Capitão
Joana Mota Capitão

Joana Mota Capitão

Luz é o nome da mais recente colecção de jóias de Joana Mota Capitão. A joalheira lisboeta trabalha maioritariamente com prata 925 e é esse o material principal destes brincos, que também têm plaqué de ouro. Joana descreve-os como “o exemplo perfeito de elegância e delicadeza”.

Brincos - 165€

joanamotacapitao.com

Mufana
Mufana

Mufana

“Artigos pequenos, úteis e intemporais, feitos em fio de algodão orgânico e português” é o que vai encontrar nas colecções para bebé da Mufana Kids. O próximo lançamento da marca é esta coelha, desenhada por Lulu Loves the Moon, que estará disponível a partir de 1 de Maio, no mercado d’A Fábrica Portuguesa.

Coelha - 30€  

instagram.com/mufanakids

Publicidade
Dream Pillows
Dream Pillows

Dream Pillows

Só pelo nome é fácil perceber que a Dream Pillows é uma marca especializada em almofadas bordadas à mão. O Arco-Íris, em linho branco, é um modelo que já tinha sido retirado do catálogo, mas foi reposto a pensar nos tempos que vivemos. O objectivo é, segundo Sara Cid, a fundadora, “relembrar que vamos ficar todos bem”.

Almofada - 24,50€

facebook.com/pillowsdream/

O que é nacional, é bom

Cantê 2020
Cantê
Compras

Fique em casa: conheça estas lojas lisboetas para compras online

Comprar online já deixou de ser um drama para muita gente que dantes mantinha a desconfiança neste método – hoje já é quase um instinto avançar para o comércio online sempre que razões de força maior o impedem de ir à loja. As compras online em tempos de Covid-19 têm sido um escape e uma solução para muitas marcas e lojas lisboetas que se viram obrigadas a fechar portas para conter a pandemia. Por outro lado, há marcas que nunca se instalaram num sítio físico e cuja única casa sempre foi a Internet – para essas é mais um dia no campo de batalha. Todas elas são fruto do que de melhor se faz em Portugal e, mais concretamente, em Lisboa. 

Zouri
© DR
Compras

Descubra estas marcas sustentáveis para compras online

Mesmo em tempos pandémicos, não há desculpas para deixar de manter uma relação de amizade estreita com o ambiente, até porque se o mundo pode parar por momentos lá fora, sabemos que o ambiente está lá sempre e a precisar que cuidemos dele. O comércio online, que era já uma realidade para muitas destas marcas, reforçou a sua presença e está mais forte que nunca. Por isso, na hora de comprar olhe para a etiqueta, para a pegada ambiental e para os pequenos negócios que, afinal de contas, parecem estar sempre aqui para nós mesmo nos tempos mais difíceis. 

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade