Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Com estas plataformas, o comércio local fica mais próximo
Fruta, Desperdício Zero
© DR

Com estas plataformas, o comércio local fica mais próximo

Ajudar o comércio local é uma das missões destes projectos que o ajudam a descobrir o negócio mais perto de sua casa

Por Francisca Dias Real
Publicidade

Vivem-se tempos estranhos, é certo, mas há quem tente ajudar a combater essa estranheza em várias frentes. Há quem tenha negócios fechados e continue a bater à porta de sua casa com aquele prato que adora comer quando vai jantar fora, que lhe leva vinho ou cerveja, ou uma cabazada de produtos frescos, sempre sem ter de sair do conforto do lar. Mas quando a despensa começa a ficar vazia, e antes de pensar em enfrentar filas de espera, as prateleiras vazias ou os prazos de entrega impraticáveis, já pensou em comprar naquela mercearia que tem à porta do prédio? A resposta pode estar nestas plataformas que o ajudam a encontrar o comércio local mais próximo de sua casa, para não ter de ir muito longe e poder apoiar os pequenos comerciantes. É um dois em um agradável. Dos frescos àquele rolo de papel higiénico que não encontra nas grandes superfícies, muitos destes pequenos negócios continuam com prateleiras cheias e a precisar de uma lufada de clientela. 

Recomendado: Três receitas do Time Out Market Lisboa fáceis de fazer em casa

Com estas plataformas, o comércio local fica mais próximo

comida independente
comida independente
Fotografia: Manuel Manso

Go Small or Stay Home

As circunstâncias que agora obrigam grande parte da população a ficar em casa de quarentena voluntária fizeram nascer o projecto Go Small or Stay Home (de que já lhe falámos aqui). É um site comunitário que vai reunindo, bairro a bairro, o comércio local onde se pode abastecer, evitando aglomerados em grandes superfícies e ajudando pequenos negócios. O site é muito simples e serve de directório de comércio local, das mercearias às drogarias, dos talhos às padarias. O directório de serviços vai crescendo, só depende da colaboração de todos, uma vez que é uma plataforma comunitária. Sabe de uma mercearia de bairro perto de si que faz entregas ao domicílio? E aquele talho com umas almôndegas incríveis? A padaria mesmo ao lado de sua casa tem fornadas regulares? Tudo o que souber pode simplesmente adicionar à lista. Basta um pequeno scroll no site para encontrar a zona “Como Contribuir” – é aí que vai poder acrescentar serviços, preenchendo a folha com o nome do estabelecimento, o tipo de estabelecimento (padaria, mercearia, café, talho), a zona, a cidade, a morada, o preço médio, se tem delivery ou não, e ainda uma recomendação de quem conhece.  

 olisipo coffee roasters
 olisipo coffee roasters
Fotografia: Manuel Manso

#compraaospequenos

A Menos Hub, uma comunidade que ajuda pequenos empreendedores a concretizarem as suas ideias de negócio, lançou uma plataforma de apoio ao comércio local, é o movimento #compraaospequenos. A maior parte dos pequenos negócios enfrentam graves dificuldades, e se há altura em que deve apoiar o que é local é agora. Este movimento traduz-se numa plataforma que ajuda não só os pequenos negócios como os clientes, que não sabem onde encontrar a mercearia ou padaria mais próxima. Essa lista de negócios já inscritos pode ser encontrada aqui e pode filtrar a pesquisa entre a zona do país, tipo de produto e forma de compra (take-away, entrega, vouchers). Quanto aos pequenos negócios, esses (ou um apoiante desses estabelecimentos) podem submeter uma candidatura desde que cumpra os dois o local seja um micro ou pequeno negócio e que tenha uma oferta de produtos que, de alguma forma, se adapta à situação actual. 

Publicidade
horta
horta
Tom Brunberg/Unsplash

Hora de Encomendar

Foi criado por um grupo de cidadãos que arregaçou as mangas e de uma necessidade fez surgir uma oportunidade de ajudar os outros. E os outros são tanto quem vende como quem compra. O site Hora de Encomendar permite encontrar pequenos e médios fornecedores que estão activamente a entregar encomendas, podendo consultar por zona do país. Com os sites das grandes cadeias de supermercados do país completamente entupidos, a ideia foi descentralizar e direccionar quem quer fazer compras para um directório de negócios locais, que continuam a poder operar com o apoio de quem compra. Quando acede ao site, basta consultar a lista de fornecedores activos e será reencaminhado para uma página onde pode consultar o tipo de negócio (peixaria, frutaria, mercearia, florista), a localização, os contactos para encomendas e outras informações que lhe podem ser úteis quando pensar encomendar ou deslocar-se ao local. O site também funciona de forma comunitária, ou seja, também pode editar a lista de fornecedores e acrescentar algum negócio que encaixe nos parâmetros.  

cascais
cascais
www.all-free-photos.com

Compre Agora, Ganhe Depois

A Câmara de Cascais lançou a app Compre Agora, Ganhe Depois. O objectivo é apoiar o comércio local através da promoção da venda e compra de vouchers de serviços e produtos, que podem ser utilizados após o fim das medidas restritivas.  “Hoje compramos, agendamos, marcamos. Amanhã usufruímos dos produtos ou dos serviços dessas empresas”: é esta a proposta da autarquia. As empresas aderentes podem disponibilizar vales de consumo em valor pecuniário, com desconto, para serem utilizados em serviços e produtos quando os estabelecimentos voltarem a reabrir. Os consumidores, por sua vez, só têm de descarregar a aplicação para o seu telemóvel e comprar agora para terem direito a um desconto depois. A Câmara de Cascais anunciou esta quarta-feira o lançamento da app Compre Agora, Ganhe Depois. O objectivo é apoiar o comércio local através da promoção da venda e compra de vouchers de serviços e produtos, que podem ser utilizados após o fim das medidas restritivas impostas pelo combate à Covid-19. A app está disponível para sistemas iOs e Android.

Publicidade
Comerciantes.pt
Comerciantes.pt
Comerciantes.pt

Comerciantes.pt

Os comerciantes locais podem registar-se em comerciantes.pt para vender online num mercado digital sem fins lucrativos, onde uma equipa de voluntários oferece consultoria e apoio técnico sem comissões durante a pandemia. Nesta primeira fase, o projecto arranca com os comerciantes das freguesias do concelho de Lisboa que tenham capacidade de entrega própria ou possibilidade de fazer parcerias com serviços de entrega. Brevemente a plataforma chegará a outros concelhos do país, mas se tiver um negócio em Lisboa o formulário de inscrição já está disponível no site oficial. Os consumidores interessados em encomendar os produtos do comércio da sua área de residência também já se podem registar na plataforma para serem notificados assim que o serviço estiver disponível.

Tito Carnes - Salsichas
Tito Carnes - Salsichas
Fotografia: Arlindo Camacho

Estamos Abertos

A Câmara Municipal de Lisboa lançou a Estamos Abertos (pode ler mais aqui), uma plataforma de restauração e comércio da cidade de Lisboa que estará em permanente actualização. Esta é uma iniciativa que conta com o apoio da AHRESP – Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, da UACS – União de Associações do Comércio e das juntas de freguesia de Lisboa. Esta plataforma oferece um mapa que identifica supermercados, restaurantes, cafés, mercearias, farmácias, padarias, peixarias, talhos, papelarias ou mercados que ainda se encontram em funcionamento durante o estado de emergência. Se não se puder deslocar a estes negócios, a autarquia articulou um serviço de entregas com a Autocoope (táxis) e a Kapten (TVDE) que poderá ser contratado pelos comerciantes a estes operadores. Na plataforma é referido que o valor cobrado pela Autocoope é de 4,5€, enquanto a Kapten cobra 4€.

Publicidade
Therapist
Therapist
DR

Preserve

Muitos dos estabelecimentos que conhece estão a passar por dificuldades nesta altura, e são várias as iniciativas que os reúnem para que possa apoiá-los e contribuir para que eles estejam lá quando sairmos desta. A Preserve é mais uma que dispõem de um directório de restaurantes, cafés, lojas, cabeleireiros ou hotéis que precisam de manter viva a actividade económica. Os vouchers serão usados quando pudermos sair à rua e têm validade de 24 meses, sendo que o negócio recebe logo o dinheiro após o pagamento da clientela.

Too Good To Go
Too Good To Go
Too Good To Go

Too Good To Go

Evitar o desperdício alimentar, através da compra dos excedentes dos restaurantes e cafés, é o objectivo desta app. Para ajudar os estabelecimentos, a To Good To Go adaptou-se temporariamente e lançou a iniciativa #WeCare, com refeições confeccionadas com base no menu original e não com excedente alimentar, como habitual. Além disso, continua a ter as mercearias e talhos que estão abertas disponíveis.

Publicidade
Isco Pão e Vinho
Isco Pão e Vinho
Fotografia: Manuel Manso

Entrega em Casa

Nesta plataforma gratuita pode encontrar quem faz entregas em casa nos dias que correm. Basta procurar pelo nome do estabelecimento, por localidade ou categorias (refeições, talho, padaria e por aí fora). 

Manna Porto
Manna Porto
© João Saramago

We Support Business

A tecnológica portuguesa ColorElephant criou uma plataforma solidária — www.apoiamoscomerciolocal.com — que permite a todos os negócios locais registar-se e vender gratuitamente vouchers que são pagos agora para serem usados mais tarde. Quando sair, finalmente, à rua vai poder aproveitar a cidade e apoiar estes comerciantes que agora lutam pela sobrevivência. Os comerciantes podem registar-se gratuitamente, sendo que depois obtêm um link para poder partilhar nas redes sociais ou com clientes e incentivar à compra dos vouchers. Se estiver no lugar do cliente, pode explorar aqui a lista de negócios aos quais pode comprar vouchers, de restaurantes a padarias, dos cabeleireiros aos mecânicos.

Então e há fila para o supermercado?

App Posso Ir?

Fazer fila à porta de um supermercado tornou-se prática comum desde que o surto chegou a Portugal. Muitos dos estabelecimentos que enchem os directórios de comércio local estão também inscritos nesta app que lhe diz se há fila para ir ao supermercado. A "Posso Ir?" funciona à base de dados fornecidos pelos utilizadores e mesmo pelas superfícies comerciais, e é onde pode saber o estado de afluência em tempo real. Desta forma, é possível decidir qual a melhor altura para sair, contando com informações que abrangem desde mercearias a super e hipermercados. A aplicação, gratuita, está disponível para iOS e Android.

Fique em casa com a Time In

Restaurante, Fogo, Carnes
©Manuel Manso

Vouchers de refeição de restaurantes e cafés em Lisboa

Restaurantes

Com a obrigatoriedade de fecho de portas e regras de higiene apertadas para take-away e entregas, há muitos restaurantes e cafés em Lisboa que estão a lutar para manter as cozinhas abertas e todos os funcionários no lugar. As despesas não abrandaram e o sector da restauração pede agora ajuda para, quando tudo isto passar, poderem reabrir em glória. Adie a ida aos restaurantes, não a esqueça. Aliás, compre já um voucher de refeição – fica com uma luz ao fundo do túnel, um plano para dias melhores, e os restaurantes continuam a ter rendimentos. 

Microgreens, Horta do Amigo
Microgreens/Facebook

Serviços de entrega ao domicílio de produtos frescos

Compras

Para que a quarentena corra bem, não convém que falte nada em casa, mas felizmente têm aparecido várias soluções para nos ajudar nas compras. Foram vários os novos projectos que surgiram e outras tantas entidades que mudaram o seu modus operandi para ajudar a fazer chegar a todas as casas produtos frescos. Para quê? Para que o menor número de pessoas tenha de sair à rua e deslocar-se a superfícies comerciais, sobretudo grupos de risco. Já tínhamos uma lista completa de cabazes de frutas e legumes em Lisboa, mas em alturas críticas como a que vivemos agora são necessárias medidas drásticas, onde a solidariedade parece comandar as frentes.

Publicidade
Crispy Mafya
DR/Crispy Mafya

Coma bem mas em casa: restaurantes com entregas e take-away especiais

Restaurantes

Há restaurantes que nunca pensaram fazer em entregas ao domicílio, mas o novo coronavírus tramou-nos as voltas a todos e o sector da restauração está a reinventar-se. Se ainda não se deu ao trabalho de pôr mãos à obra por si, apoie os restaurantes locais, mantenha os rituais de brunch, coma os tacos especiais do Pistola y Corazón, prove uma boa massa fresca ou hambúrgueres novinhos em folha. Estes restaurantes estão prontos para fazer face à pandemia, seja através das plataformas de entrega (que já tomaram as devidas precauções) ou com entregas próprias.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade