Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Coma bem mas em casa: restaurantes com entregas e take-away especiais
Lupita
©Manuel Manso

Coma bem mas em casa: restaurantes com entregas e take-away especiais

Restaurantes que nunca pensaram fazer entregas de comida reinventaram-se face à pandemia. Encomende.

Por Inês Garcia
Publicidade

Já há restaurantes reabertos a pedir a sua visita. Empregados servem-no de máscara (clientes têm de as usar quando se movimentam dentro do restaurante, seja para espreitar o aquário do marisco ou ir à casa de banho), há desinfectantes em todo o lado e as mesas estão afastadas uma das outras. É a nova realidade da restauração no pós-confinamento mas, mesmo aqueles restaurantes que nunca pensaram fazer entregas ao domicílio e começaram durante este período, vão manter entregas e take-aways. Porque há receios e, acima de tudo, porque este é um modelo de negócio a manter. Mantenha o seu apoio aos restaurantes locais, mantenha os rituais de brunch, coma os tacos especiais do Pistola y Corazón, prove uma boa massa fresca, hambúrgueres nascidos na quarentena ou ainda comida de autor e experiências gastronómicas preparadas para o conforto do lar.

Estes restaurantes são lutadores e sobreviventes. E continuam a entregar-lhe comida, seja através das plataformas de entrega (que já tomaram as devidas precauções) ou pelos próprios meios. 

Recomendado: Saiba como é que os serviços de entrega de comida estão a responder à pandemia

Restaurantes com entregas e take-away especiais

Aura Dim Sum
Aura Dim Sum
DR/Aura Dim Sum

1. Aura Dim Sum

Enquanto não voltam aos pop-ups em restaurantes, Catarina Goya e Jose Luis Suarez estão a levar até sua casa os seus dumplings ou baos, em caixas de 8 a 12 unidades, com instruções para os cozinhar em casa. Todos os sábados, enviam o menu da semana por WhatsApp (+34 690 732 391) ou Instagram (@catauradimsum) e as encomendas devem ser feitas até à segunda seguinte – há sempre sete opções de escolha e já tiveram por lá os char siu bao, com porco caramelizado e molho artesanal, as sticky rice pearls, recheadas com carne de porco, gengibre e cogumelo shiitake ou os dumplings de abóbora, castanha de água e cebolinha. Assim que estiver confirmada, recebe a informação do dia e hora de entrega. O pagamento deve ser feito por MBWay. O pedido mínimo é de duas caixas e a taxa de entrega 2,50€.

2. Manjerica

Restaurantes Vegetariano Santa Maria Maior

O restaurante carregadinho de opções saudáveis regressou ao activo através de take-away e entregas, entre as 10.00 e as 16.00. Através do novo site dá para encomendar qualquer item do menu, como os hambúrgueres de grão, feijão, beterraba ou cogumelos (9,50€-10,50€), tostas de abacate (a partir de 5€), panquecas ou dónutes. Há também um menu de brunch completo (16€). No separador “loja” encontrará também produtos da casa, como granola, cookies, tomatada, hambúrgueres congelados. 

Publicidade

3. Tratto by La Trattoria

Restaurantes Italiano Avenida da Liberdade/Príncipe Real

O restaurante italiano La Trattoria simplificou a operação com o seu novo Tratto by La Trattoria, pensado exclusivamente para entregas ao domicílio e take-away. A carta vai directa ao assunto, com dez pratos – há mini calzones, massas frescas, lasanha ou hambúrguer – e uma sobremesa, a pana cotta (oferta quando optar pela recolha no restaurante). Os preços são mais acessíveis e as quantidades podem ser individuais ou familiares.

Panda Cantina
Panda Cantina
©Duarte Drago

4. Panda Cantina

Restaurantes Chinês Baixa Pombalina

Enquanto não há maneira de nos voltarmos a sentar na mesa corrida ou ao balcão deste pequeno restaurante na Baixa que serve três ramens chineses (vaca, porco ou tofu) a menos de 10€, pode espreitar as suas novidades. Fecharam dois meses e agora deixam a porta entreaberta para take-away (e em breve entregas através da Uber Eats) de um único e novo prato: dandan mian, um ramen sem caldo, típico da região de Sichuan, com carne de porco ou vegan (7,90€). Também pode pedir à parte o tofu frito da casa, aquela espécie de nuggets vegetarianos que se tornou bestseller (quatro unidades 3€, seis unidades 4,50€). Os ramens com caldo fumegante voltam lá mais para a frente: “Voltaremos a servir o ramen da casa quando nos for possível ter o espaço aberto, pois acreditamos que servi-lo na hora é melhor”, escrevem no Facebook. Fica a promessa.

Publicidade
Cervejeira Musa
Cervejeira Musa
©Inês Félix

5. Fábrica da Musa

Bares Cervejaria artesanal Marvila

A cerveja artesanal e os petiscos de Pedro Monteiro na Fábrica da Musa, em Marvila, estão disponíveis entre as 13.00 e as 21.00 através da Glovo. Além de toda a variedade de cerveja, pode pedir pastéis de vento de berbigão, brioche com língua de boi, entre outros petiscos. Aos fins-de-semana há assados com o menu especial Roast, com doses para duas pessoas: conte com frango assado com alecrim e limão, entrecosto com barbecue de marmelo ou brisket com chimichurri e farofa. Tudo vendido em menus que levam duas cervejas da casa (entre os 14,50€ e os 19,50€) e com possibilidade de acrescentar extras como as batatas à padeiro (4€) ou a salada de batata fria (7€).

Restaurante, Cozinha Chinesa, The Old House
Restaurante, Cozinha Chinesa, The Old House
©The Old House

6. The Old House

Restaurantes Chinês Parque das Nações

O The Old House, especializado na comida da região de Sichuan, conhecida por ser a mais gourmet do país e também a que mais uso faz de pimentas, chilis e malaguetas, ainda não têm uma data de abertura fixada. Mas no início de Maio decidiram voltar à cozinha e apresentar um menu de take-away e entregas pela primeira vez, com pratos em promoção, e opções à carta ou combinados para duas pessoas (29,90€).

Publicidade
tacos do soi
tacos do soi
Fotografia: Manuel Manso

7. SOI

Restaurantes Asiático contemporâneo Cais do Sodré

O restaurante de street food asiática do Cais do Sodré fez uma selecção dos seus pratos para take-away e entregas via plataformas. Têm petiscos e entradas como as asinhas de frango coreanas (7,50€), spring rolls (5€), baos de pato, camarão ou barriga de porco (7,50-8€), salada de noodles vietnamita (8€), as mais famosas sopas tom yum (12€) ou a laksa (14€), pratos de caril e na wok. Não se esqueça de pedir o intenso matcha brownie para rematar a viagem (5,50€). Se não quiser fazer escolhas, espreite os combos street food e thai food, para duas ou quatro pessoas.

brunch eleven
brunch eleven
©DR

8. Eleven

Restaurantes São Sebastião

Pode transformar a sua sala de jantar num restaurante com estrela. O Michelin de Joachim Koerper está a fazer take-away e delivery de um menu com escolha à carta. Há a famosa sopa da pedra do Eleven, bacalhau confitado, leitão laqueado com arroz frito, paellas de massa, sobremesas e carta de vinho à altura. Além deste novo serviço, o Eleven tem também cestos de piquenique para levar para o jardim em frente ao restaurante e aproveitar aquela que é uma das melhores vistas da cidade. 

+ Cinco sítios para ir buscar a papinha toda feita para o piquenique

Publicidade
aruki sushi
aruki sushi
©DR

9. Aruki

Restaurantes Japonês Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Mestres em entrega ao domicílio de sushi e com os packagings mais instagramáveis, os responsáveis do Aruki dinamizaram o negócio com o menu Friends&Family, pensado para juntar quatro pessoas à volta da mesma mesa. Virtual. O menu tem à escolha dois menus (fusão ou salmão), escolha de quatro entradas (sopa misoshiro, guiosas, hot philadelphia, crispy roll ou edamame são algumas das opções), quatro bebidas e gelados Haagen-Dazs (79€). A entrega deve ser agendada através da aplicação Aruki, site ou telefone.

Restaurante RUA
Restaurante RUA
Fotografia: Manuel Manso

10. Restaurante RUA

Restaurantes Português Chiado/Cais do Sodré

Além de terem a carta disponível com várias opções de street food na Uber Eats, o restaurante RUA, no Príncipe Real, criou dois menus para take-away ou entrega, de terça a sábado: pode escolher os tacos de ceviche de polvo e camarão, pico de gallo e maionese de chipotle e o caril verde de frango ou, no segundo menu, o tamiya, falafel sudanês com chutney e caril verde de tofu (25€).

Publicidade
templo hindu
templo hindu
Fotografia: Arlindo Camacho

11. Templo Hindu Radha Krishna

Restaurantes Indiano Lumiar

A cantina do Templo Hindu é, há muitos anos, a escolha certa para quem quer comer bem por pouco. Não sabemos quando voltará o regime buffet habitual, mas por agora, os pratos da gastronomia indiana estão disponíveis através da Uber Eats.  Nesta cozinha, onde não entra carne, peixe nem ovos – alegria para os vegetarianos – há sempre sopa, arroz branco e leguminosas, que acompanham os pratos principais, normalmente um dhal e dois guisados. Também há take-away.

Choco Frrito
Choco Frrito
Fotografia: Manuel Manso

12. Choco Frrito

Restaurantes Grande Lisboa

A casa dedicada ao petisco setubalense na Penha de França está a fazer entregas ao domicílio (a taxa varia entre os 2 e os 3€). No menu há a versão mais tradicional das tiras de choco com limão (8€) mas têm também choqrrettes, uns croquetes de choco picado com tinta (uma unidade, 1,50€; três, 4€) ou sanduíches (3,20€), tudo sempre a acompanhar com batatas fritas (2€). Aos sábados é dia de feijoada de choco com arroz (7,50€).

Publicidade
Acarajé da Carol
Acarajé da Carol
©Inês Félix

13. Acarajé da Carol

Restaurantes Brasileiro Bairro Alto

O receituário baiano de Carol está todo disponível para entrega e recolha no restaurante, do acarajé, um pastel feito de pasta de feijão fradinho frito em óleo de dendê, aberto ao meio e recheado de vatapá e camarão seco, ao bobó ou moqueca de camarão. Para a sobremesa há bolinho de estudante ou manjar de coco. As entregas são feitas de sexta a domingo e as encomendas devem ser por telefone (21 342 1073).

Café Tehran
Café Tehran
Fotografia: Manuel Manso

14. Cafeh Tehran

Restaurantes Iraniano Chiado/Cais do Sodré

O café-restaurante iraniano de Pooneh Niakian reabriu com um menu curto e simples, com algumas das especialidades. Todos os dias há um prato do dia novo (8,50€), há focaccia com especiarias (2,20€) asheh gojeh, uma sopa de tomate iraniana com ou sem mini almôndegas (3,20€/4,10€), hummus de beterraba com creme de feta, aneto e tostas de focaccia (6,90€) e kashkeh bademjan, beringela assada com molho de leite fermentado e cebola e menta caramelizadas (7,90€). Para terminar, o doce ex-líbris da casa, o bolo do amor persa (3,90€). Há take-away na Praça das Flores e entregas feitas numa mota própria por 2€ extra.

Publicidade
The Couch
The Couch
Fotografia: Francisco Santos

15. The Couch

Bares Bares para ver desporto Cais do Sodré

O bar fechou e tiveram de pensar como manter a actividade. A resposta chegou em formato de sanduíches, grandes e bem recheadas, mantendo as referências desportivas nos nomes. Há a Home Run Pastrami, com pastrami fatiado em pão dourado, com mostarda dijon, coleslaw e manteiga de alho (10,50) ou a Spalding Meat Balls, uma sanduíche com almôndegas frescas de vaca e porco, queijo cheddar, tomate e pesto verde (9€). Calamares, nuggets de frango, asinhas de frango ou batatas fritas continuam no menu como petiscos para partilhar.

Cacué
Cacué
©Manuel Manso

16. Cacué

Restaurantes Português São Sebastião

O nome exótico esconde um restaurante de cozinha tradicional portuguesa. Tem regime de take-away, de segunda a sexta aos almoços. Há sopas caseiras, pastéis de massa tenra (1,50€) ou croquetes de rabo de boi (2,50€), pratos de peixe como o bacalhau à Brás (8,50€) ou as lulinhas à algarvia com batata assada (9,50€) ou de carne, do coelho à caçador com pão frito e batata torneada (9,50€) ao clássico bife à marrare (19,50€). Por encomenda (com 48 horas de antecedência), têm favas com entrecosto, feijoada, dobrada e ervilhas com ovos escalfados e todos os dias há um prato do dia diferente (7€). Na hora do pedido, não se esqueça da mousse de chocolate, bem intensa, densa e cremosa (2,50€).

Publicidade
Restaurante, Luminosa By Furnas, Mariscos
Restaurante, Luminosa By Furnas, Mariscos
©Manuel Manso

17. Luminosa By Furnas

Restaurantes Lisboa

Pode começar por pedir um cesto de tostinhas (2€), umas azeitonas temperadas (2€) e um casco de sapateira (9€) e aproveitar os raios de sol na varanda. O restaurante já reabriu e até tem um novo menu de petiscos mas mantém o regime de take-away com petiscos e pratos de cozinha portuguesa. Entre as opções há amêijoas à Bulhão Pato (14€), lagartos de porco preto (9€), bacalhau à minhota (13,50€) ou polvo à lagareiro (15€). Nos pratos do dia há arroz de polvo ou de pato, filetes de pescada com arroz de tomate ou carne de porco à alentejana – é só conferir o dia certo no Facebook.

Tasquinha do Lagarto - Filetes de Polvo
Tasquinha do Lagarto - Filetes de Polvo
Fotografia: Arlindo Camacho

18. Tasquinha do Lagarto

Restaurantes Português Campolide

“Como nos últimos 40 anos, desde carvoaria a restaurante, chegou a hora de nos voltarmos a reinventar”. A Tasquinha do Lagarto tem take-away e entregas, com os menus diários publicados no Facebook, sempre com o vinho da casa (a partir de 7€), o bolo de bolacha (2,50€) e a mousse de chocolate (2,50€) que fazem parte da tradição para acrescentar à encomenda. Conte com clássicos como o bacalhau cozido com grão (9€), as lulas recheadas (8,50€), cabrito à tasquinha (10€) ou naco de vitela mirandesa no tacho (8€). As entregas são feitas num raio de 5km do restaurante, com um extra de 2€.

Publicidade
Epur
Epur
©Manuel Manso

19. Epur

Restaurantes Chiado

Vincent Farges adaptou a experiência de fine dining Michelin do Epur ao conforto do seu lar. Tal como no restaurante, o menu é dinâmico e muda todas as semanas, consoante a disponibilidade dos produtos. Tem sempre pão e cestos de pequeno almoço (15€) com pão de trigo, brioche, viennoiserie e manteiga Rainha do Pico. No menu, há depois quatro opções de entradas, outras quatro de pratos principais e três sobremesas à escolha. As encomendas podem ser feitas de segunda a sexta, entre as 09.00 e as 14.00, por telefone (92 443 7471) e as entregas são de terça a sábado, das 15.00 às 19.00. Para Lisboa o valor mínimo do pedido deve ser 50€; para Cascais, Estoril e Oeiras deve ser 75€.

Arkhe
Arkhe
©Manuel Manso

20. Arkhe

Restaurantes Vegetariano Grande Lisboa

A cozinha vegetariana de autor de João Alves está de volta ao activo, com produtos frescos de época e um menu diferente todas as semanas, para take-away ou entregas às quintas, sextas e sábados. É sempre para duas pessoas e inclui couvert, duas entradas, prato principal e sobremesa, anunciados no Facebook (48€). Pode também transformá-lo 100% plantbased com um acréscimo do valor de 10% e a encomenda pelo menos com um dia de antecedência. As encomendas podem ser feitas de segunda a sexta, por e-mail (reservas@arkhe.pt) ou telefone (21 1395 258).

Publicidade
Tantura
Tantura
Fotografia: Arlindo Camacho

21. Tantura

Restaurantes Mediterrâneo Bairro Alto

Elad e Itamar, os donos deste restaurante israelita, criaram menus com os clássicos do restaurante para encomenda através das plataformas habituais ou recolha no Bairro Alto. O menu basic tem hummus, quatro mezzes (petiscos de partilha) e um cesto de pão e pão pita (20€), o delight tem hummus, cinco mezzes, shakshuka, pão e pita (25€) e o terceiro menu, o bountiful, é completo, com hummus, mezzes, prato principal e acompanhamento à escolha e duas sobremesas (30€). À carta tem a shakshuka (10€), prato estrela da casa, hummus (9€) e o prato schnitzel&chips, com frango e batatas fritas (11,50€).

terraço 23
terraço 23
Fotografia: Francisco Santos

22. Cave e Terraço 23

Restaurantes Petiscos Lisboa

Os dois restaurantes do hotel Torel Palace juntaram os esforços para um menu único e exclusivo da época extraordinária que vivemos, com petiscos, pratos principais e sobremesas, disponível das 8.30 às 22.30. Nos snacks há croquetes de rabo de boi com maionese de coentros (quatro unidades, 6,50€) ou hummus de batata doce com pão pita grelhado (5€); nos principais, onde vão tendo novidades, há desfeita de bacalhau com puré de batata doce e ovo a baixa temperatura (10,50€), um bowl com noodles de arroz e camarão salteado (9,50€) ou umas almôndegas com fusilli (10,50€). Nos “delights”, propõem scones com manteiga de morango (seis unidades, 5€), cookies de chocolate (4,50€) ou uma mousse de chocolate com creme de manga e malagueta (4,50€). As encomendas são feitas por telefone e WhatsApp (93 404 0246).

Publicidade
Faz Figura
Faz Figura
©DR

23. Faz Figura

Restaurantes Português São Vicente 

O Faz Figura está com entregas ao domicílio e take-away do menu completo e uma grande selecção de vinhos a preço de garrafeira. Aos domingos têm cozido à portuguesa, entre as 12.00 e as 15.00, e também o entregam em casa.

Boa Bao
Boa Bao
Fotografia: Manuel Manso

24. Boa Bao

Restaurantes Asiático contemporâneo Chiado

O pan-asiático mais famoso do Chiado reabriu e agora até já faz reservas (esqueça aquelas filas sem fim à porta). Mas está também na Uber Eats, com entregas nas zonas da Baixa/Chiado até Saldanha, Arroios, Alcântara e Xabregas, de forma a garantir a qualidade das encomendas e take-away. A carta continua a dividir-se em entradas, gua baos, sopas grandes, pratos na wok, pratos de caril, acompanhamentos, saladas e sobremesas.

Publicidade
Maria Azeitona
Maria Azeitona
Fotografia: Manuel Manso

25. Maria Azeitona

Restaurantes Português Grande Lisboa

Este restaurante na Venteira é fortíssimo nos pratos portugueses, nos petiscos, muitas vezes reinvenções de clássicos tradicionais caso dos mexilhões com queijo da Ilha ou os ovos rotos com linguiça. Estão com serviço de take-away (se pedir antes, pode pedir recolha express, avisar quando chegar e receber a encomenda sem sair do carro) e entregas ao domicílio. Pode tratar tudo online, no site do restaurante ou através da Uber Eats.

Muito Bey
Muito Bey
©Arlindo Camacho

26. Muito Bey

Restaurantes Libanês Cais do Sodré

O restaurante libanês de Ezzat Ellaz, além da escolha à carta habitual (com mezze quentes e frios, e grelhados) para entrega ao domicílio, criou uns combos especiais para fazer uma degustação em casa: o vegetariano tem tabulé, hummus, mutabal e falafel (16€) e o combo frango, que em vez do falafel tem chich taùk, um frango marinado (19,50€). Está disponível apenas através da Uber Eats.

Publicidade
Espada - Taco de Lavagante
Espada - Taco de Lavagante
©Duarte Drago

27. Espada

Restaurantes Petiscos Cais do Sodré

O Espada é um restaurante de petiscos de mar inspirados nas cozinhas do mundo e mantém a ideologia da partilha no menu de take-away e delivery, onde há salada de choco (11€), tatakis (a partir de 11€), carpaccio de peixe branco com lima e trufa (14€), baos (a partir de 10€) e tacos de peixe (a partir de 9€). Para pratos mais substanciais, sugerem o linguini trufado (15€), o caril de gambas e caranguejo com arroz thai (22€) ou os rib-eye (a partir de 26€). À parte há acompanhamentos, sobremesas e bebidas. O menu está disponível na Uber Eats mas também através de um serviço de entregas próprias mais alargado, que cobre a Grande Lisboa (até Cascais).

restaurante optimista
restaurante optimista
Fotografia: Manuel Manso

28. Optimista

Restaurantes Português Chiado/Cais do Sodré

Se há altura em que é preciso optimismo, é agora. O restaurante Optimista está a funcionar em regime de take-away e com entregas através da Uber Eats e Takeaway. O menu foi feito especialmente para este período e tem sanduíche de porco panado ao estilo japonês (10€), baos de camarão (12€), chamuças de lentilhas com chutney (6€) ou, para rematar em bom, um bolo de chocolate com mousse de amendoim e toffee (6€). As encomendas podem ser feitas através do site (onde há também opções congeladas) ou por telefone.

Publicidade

29. Estrela da Bica

Restaurantes Chiado/Cais do Sodré

Marta Figueiredo e Rita Borges andavam a resistir à ideia do take-away e entregas por acreditarem que o que se passa no Estrela na Bica é uma experiência gastronómica difícil de reproduzir em casa. Mas estão a testar as suas opções com dois menus, disponíveis apenas às sextas e sábados, e que variam todas as semanas (os preços andam na cada dos 30-45€, para duas pessoas). Esteja atento às redes sociais, onde anunciam o menu seguinte. A cada encomenda, que deve ser feita até às 22.00 do dia anterior, pode também acrescentar pão artesanal da padaria Terra Pão. As entregas são feitas pelas próprias, entre as 16.00 e 19.00 do dia escolhido.

Essencial, Restaurante, Cozinha Francesa, Bairro Alto
Essencial, Restaurante, Cozinha Francesa, Bairro Alto
©Duarte Drago

30. Essencial

Restaurantes Grande Lisboa

André Lança Cordeiro experimentou o mundo do take-away com uns pratos especiais de Páscoa. Correu bem e decidiu voltar a fazê-lo todos os sábados, com um menu sempre diferente, publicado no Instagram. O restaurante já reabriu mas mantém-se as opções para encomenda para fora, onde encontrar pratos clássicos do restaurante, das entradas como o foie-gras (10€) às sobremesas como a tarte tatin (6€), ou novas invenções com produtos de época. As encomendas devem ser feitas por e-mail até às 15.00 da quinta-feira anterior.

Publicidade
Brunch do Graça 77
Brunch do Graça 77
Fotografia: Arlindo Camacho

31. Graça 77

Restaurantes São Vicente 

O restaurante do Largo da Graça tem comida saudável e saborosa, com muitas opções vegetarianas e vegan. Está com a carta habitual num regime de take-away e preços “adequados à situação actual”. Nas opções de pequeno-almoço tem bolos caseiros sempre a rodar e para almoço e jantar há gaspacho (2€), risotto de cogumelos (10€) ou lasanhas de legumes (8€) e bacalhau (9€).

Crispy Mafya
Crispy Mafya
©DR

32. Lil'Crispy Mafya

Restaurantes Princípe Real

O restaurante que homenageia o frango frito agora está numa versão “lil”, com um menu reduzido para levantamento na loja ou pedido de entrega ao domicílio através da Uber Eats. “O nosso objectivo sempre foi fazer o melhor frango frito de Lisboa e não vamos deixar que nada se meta no caminho disso. Com o Lil Crispy Mafya mantemos o sonho vivo”, explica Hugo Delrieu, um dos donos. Na lista mais curta têm asas de frango frito com um molho à escolha (4,80€), três hambúrgueres novos com frango frito (um mais clássico, um picante ao estilo Nashville, e outro com queijo americano, todos a 8,95€). Há batatas fritas caseiras (2,50€) para acompanhar e lil donuts ao estilo New Orleans com topping de açúcar e canela e recheio de Nutella (3,95€).

Publicidade
tiramissu do bella ciao
tiramissu do bella ciao
Fotografia: Arlindo Camacho

33. Bella Ciao

Restaurantes Italiano Chiado

A cantina italiana de Marcello di Salvatore, na Baixa, continua a produzir  massas al dente frescas e caseiras, como spaghetti carbonara (12,50€), bucatini all’amatriciana (11€), gnocchi alla sorrentina (13€) ou a lasanha (11,50€), sempre em doses generosas. Está disponível através da Uber Eats (esteja atento às promoções) ou Glovo ou em regime de take-away. Dão prioridade aos profissionais de saúde, segurança e protecção civil nos levantamentos no restaurante.

The Sandwich Project
The Sandwich Project
DR/The Sandwich Project

34. The Sandwich Project

André Coelho e Marta Caldeirão, um casal de jovens chefs que passou pelas cozinhas do restaurante do Altis Belém, Feitoria, Epur ou Pesca, têm o The Sandwich Project, com entrega ao domicílio de sandes, preparadas com técnicas de cozinha de autor, em pão de mistura com massa-mãe, e inspiradas nas suas músicas e sabores favoritos. Há quatro: a Pork Floyd, com cachaço de porco, picle de pepino e molho asian BBQ, a Red Hot Chilli Chicken, com peito de frango, ananás grelhado e maionese de chipotle, a Veal Division, com novilho dos Açores, maçã e maionese de coentros e a vegetariana Florence&The Mushrooms, com cogumelos pleurotus salteados (8,75€ cada). Têm também uma sobremesa, um tiramisú de cerveja chamado Tiramiswho. Fazem entregas gratuitas no concelho de Lisboa para um pedido mínimo de duas sandes, aos almoços e jantares. 91 9336548 (SMS ou WhatsApp).

Publicidade
Frankie Hot Dogs
Frankie Hot Dogs
© João Saramago

35. Frankie Hot Dogs

Restaurantes Cachorros quentes Campo Grande/Entrecampos/Alvalade

O Frankie é, desde 2015, porto seguro para refeições rápidas e baratas no centro da cidade e está agora na Uber Eats todos os dias da semana. Há nove cachorros à solta (a partir de 4,10€, feitos com salsicha Frankfurt, de frango ou vegetariana, e dois “wrap dogs”, onde o pão é substituído por wrap. Seja a escolha mais simples ou gulosa (os toppings vão da cebola crocante aos nachos e até ovos estrelados inteiros), peça as batatas Frankie, com queijo cheddar, bacon e cebolinho (2,10€) como acompanhamento.

36. Atira-te ó Bife

Restaurantes Português Chiado/Cais do Sodré

Já dá para se atirar ao bife na esplanada do restaurante de São Bento (e há happy hour de cerveja entre as 18.00 e as 21.00, com a bebida a 0,60€), mas os responsáveis mantêm a alternativa simples que criaram quando estavam de portas fechadas: sanduíches. Têm nove opções de sandes bem recheadas (a partir de 7€, com batatas fritas), utilizando a matéria-prima habitual, da alcatra ao cachaço de porco, frango, rosbife ou torresmo frito. Há também entradinhas para aconchegar, como o caldo verde (3€), os croquetes de bovino (2€) ou as trouxas de queijo de cabra (2€). Disponível na Uber Eats.

Publicidade
Pizza Primavera, Casanova
Pizza Primavera, Casanova
Fotografia: Ana Luzia

37. Casanova

Restaurantes São Vicente 

Por enquanto ainda não pode voltar a sentar-se nas mesas corridas e acender a lâmpada vermelha para pedir as pizzas de massa fina e estaladiça, feitas em forno de lenha. Mas a pizzeria Casanova reabriu para levantamentos das pizzas no restaurante (mediante encomenda prévia através de telefone) e entregas ao domicílio através da Uber Eats e noMenu.

38. Grupo Fullest

Restaurantes Steakhouse Lisboa

Os restaurantes Bellalisa Valmor, Byf Steakhouse e Tapas’n’friends são agora um só restaurante, graças ao novo serviço de take-away e delivery que junta os três menus. Pode por isso pedir uns ovos rotos com presunto e azeite de trufa (5€) do Tapas para entrada e de seguida atirar-se ao T-Bone maturado (48€ com dois acompanhamentos). À sobremesa pode experimentar o tiramisù cremoso (3€) do Bellalisa. “Para todos os que só agora terão a oportunidade de nos conhecer, poderão ter uma experiência tripla numa única refeição, o que, em tempos normais, se reverteria na necessidade de visitação dos três restaurantes”, diz Gonçalo Fernandes, director do grupo. Os pedidos para entrega ao domicílio podem ser feitos, na região de Lisboa, por telefone (21 797 9026) e entregues através do serviço próprio do grupo ou mediante as plataformas Uber Eats e Glovo.

Publicidade
yakuza
yakuza
©DR

39. Yakuza

Restaurantes Japonês Princípe Real

Yakuza&Go é o nome temporário do restaurante japonês de Olivier da Costa, que mantém o sushi de fusão feito a partir do 231 da Rua da Escola Politécnica, no Princípe Real. Tem disponível, para take-away ou entrega, as entradas como o tako sacana (14€), tártaro de toro (55€) e tataki de atum (38€). Nos pratos principais, o sushi e sashimi tradicional, makizushi e especiais yakuza. Para quem não quiser peixe cru, há opções como a massa yaki udon, servida com legumes e lulas ou vaca. Se preferir provar de tudo, existem quatro menus, incluindo um para crianças (25€), que permitem conjugar sopa miso, peças de sushi e sashimi, gyozas, nigiris e sobremesa. Os pedidos superiores a 100€ têm oferta de bebida (vinho, cerveja ou saké).

Oak Berry
Oak Berry
©Duarte Drago

40. Oak Berry

Restaurantes Brasileiro Grande Lisboa

O açaí 100% natural, sem corantes nem conservantes, da Oak Berry, está disponível para encomenda através de telefone (21 347 1247). Tem de escolher apenas se o quer provar em bowl ou smoothie e qual o tamanho (350ml, 500ml ou 720ml). Depois dessa escolha, há uma data de toppings que pode acrescentar, como as granolas (clássica crocante, com cacau ou com maçã e canela), a amêndoa laminada, a aveia sem glúten, as sementes de abóbora, de chia ou de girassol, bagas goji, banana, morango, mel orgânico, manteiga de amendoim, leite condensado magro, proteína whey (por mais 2€) ou paçoca (por mais 0,50€). Pode levantá-lo na loja ou pedir a entrega pelo serviço próprio da Oak Berry, pela Uber Eats ou pela Takeaway.

Publicidade
Lupita
Lupita
©Manuel Manso

41. Lupita

Restaurantes Pizza Cais do Sodré

Amantes da pizza de fermentação natural de Duda Ferreira podem agora encomendá-la através da aplicação Uber Eats ou ir até à pizzaria do Cais do Sodré levantá-la e seguir caminho para casa. Há sempre oito pizzas à escolha, das mais clássicas marinara (9€) ou pepperoni (13€) à de pastrami, uma colaboração com a mercearia Comida Independente (14€). Nas últimas semanas entrou uma novidade fresca no menu, uma pizza com creme grana padano, mozzarella, ricotta com raspas de limão, espargos, cebola roxa, hortelã, manjericão e gema de ovo curada. Esta está disponível apenas para take-away e há poucas por dia, mais vale ligar a reservar.

Carangueijo de Casca mole da Marisqueira Azul
Carangueijo de Casca mole da Marisqueira Azul
Fotografia: Ana Luzia

42. Marisqueira Azul

Restaurantes Cais do Sodré

A casa dedicada ao marisco do Time Out Market está com entregas ao domicílio através da Uber Eats e Glovo, para garantir petiscos para dias de festa ou só para se valorizar nestes tempos em casa. Há gambas à guilho (12€), salada de polvo (5,50€), carabineiro com arroz de coentros (32€), arroz de marisco (39€) ou feijoada de choco (32€), estes dois últimos em doses para duas pessoas. Não se esqueça da sobremesa, que neste caso é o preguinho do lombo (9€).

Publicidade
Fauna e Flora
Fauna e Flora
Manuel Manso

43. Fauna&Flora LACS

Restaurantes Lisboa

Já pode ir fotografar a vegetação natural do Fauna&Flora, com uma decoração carregadinha de mini palmeiras, suculentas, cactos e outras plantas bem verdinhas penduradas em floreiras, outras mais coloridas, mesas em madeira antiga e um balcão feito com portas em tons pastel. Mas se se habituou ao bem bom de lhe chegar tudo a casa, pode encomendar e ter um bom pequeno-almoço com uma taça de açaí (7,50€), granola com iogurte e fruta (5,50€), smoothie bowls com cacau, banana e abacate (7,50€) ou torres de panquecas, com bastante escolha, das mais saudáveis, com aveia, iogurte natural e compota de maçã (7€) às guilty, com manteiga de amendoim e chocolate quente (7,50€). Não falham também as tostas (a partir de 6,50€) e opções mais a puxar para o almoço, como é o caso dos mini burgers.

+ Pequenos-almoços para encomendar

44. IBO Restaurante

Restaurantes Global Cais do Sodré

O IBO, restaurante de raízes moçambicanas com vista para o Tejo, começou o seu serviço de take-away e entregas próprias durante a pandemia. Encontra no menu o clássico caril de caranguejo desfiado (30€ para uma pessoa, 55€ para duas), os lombinhos de peixe em molho de coco com puré de mandioca (22-40€) o chacuti de cabrito (22€-40€) ou o cabrito assado com grelos salteados e batatas à padeiro (22-40€). Têm sobremesas para reproduzir a refeição completa do restaurante em casa.

Publicidade
mezze, restaurante sírio, arroios
mezze, restaurante sírio, arroios
©Francisco Santos

45. Mezze

Restaurantes Sírio Lisboa

Esta casa do Médio Oriente em Arroios, feita pelas mãos de refugiados sírios, mantém a produção de mezzes. Há três conjuntos diferentes com clássicos do restaurante, das espetadas de frango ao babaganoush, tabouleh ou hummus, mas tudo se vende em doses individuais, para quatro pessoas ou seis. As encomendas devem ser feitas por telefone e o levantamento é na loja do Mercado de Arroios (onde também pode levantar os pedidos do Mão-Cheia, o outro restaurante de comida caseira da Associação Pão-a-Pão).

guilty
guilty
©DR

46. Guilty

Restaurantes Avenida da Liberdade/Príncipe Real

O restaurante de Olivier da Costa reinventou-se e agora é Guilty Drive Through, com as mesmas opções de pizzas, massas e hambúrgueres pelos quais se tornou conhecido. No menu de take-away ou entrega estão todos os clássicos da casa, como a pizza Audacious (15€), a pasta Stunning (21€) ou o hambúrguer Never gets Old (14€).

Publicidade
Arroz cremoso à Bulhão Pato com espadarte rosa – Marlene Vieira
Arroz cremoso à Bulhão Pato com espadarte rosa – Marlene Vieira
Fotografia: Arlindo Camacho

47. Chef Marlene Vieira Food Corner

Restaurantes Português Grande Lisboa

Marlene Vieira levou o melhor do receituário nacional para a ala dos chefs do mercado. E agora leva-o até sua casa, todos os dias, entre as 12.00 e as 22.00, com um serviço de entregas próprias (grátis para pedidos superiores a 30€, com uma taxa de 3,50€ para os restantes) ou com levantamento no restaurante SÁLA, do marido e chef João Sá, no Campo das Cebolas, com desconto de 15% sobre o valor total. À escolha há o polvo à lagareiro, o rosbife de novilho à mirandesa, bacalhau no forno com broa de milho e mousse de grão, a francesinha clássica ou um dos pratos de arroz. Além destes bestsellers, de segunda a sábado há um prato do dia diferente com menu especial (prato, sobremesa e bebida a 13,50€), sopas e saladas e sobremesas. Para ocasiões especiais, há pratos maiores, como a caldeirada do mar (polvo, bivalves e camarão) para duas ou quatro pessoas (32€-60€), pato assado com molho de laranja (para quatro pessoas, 26€) ou o robalo ao sal (30-58€). Estes têm de ser pedidos com 24 horas de antecedência. Pode também optar pela compra dos pratos embalados em vácuo.

Croqueteria - Croquetes
Croqueteria - Croquetes
Fotografia: Ana Luzia

48. Croqueteria

Restaurantes Cais do Sodré

A única casa dedicada ao croquete em Lisboa fica no Time Out Market, encerrado por tempo indeterminado. Mas agora pode pedir os salgados através de uma parceria com o kitchen hub Cookoo, sem taxas de entrega em Lisboa. Para petisco ou refeição à séria, tem quatro variedades à escolha: o croquete de carne, o de alheira de caça e grelos, de atum com tomate seco e oregãos ou de queijo de cabra e cebola roxa caramelizada. O pedido pode ser feito no site ou na app.

Publicidade
Restaurante, Taberna do Calhau, Alentejaninha
Restaurante, Taberna do Calhau, Alentejaninha
©Duarte Drago

49. Taberna do Calhau

Restaurantes Português Grande Lisboa

Leopoldo Garcia Calhau reabriu a sua Taberna no coração da Mouraria e diz ser uma versão 2.0. Mas mantém o serviço de entregas e take-away, mas apenas às sextas e sábados.As reservas podem ser feitas durante a semana através de telefone (21 585 1937) ou e-mail (tabernadocalhau@gmail.com). Quando for levantar a sua encomenda, também poderá comprar vinho, azeite, queijos e enchidos.

Restaurante, Boi Cavalo, Cozinha de Autor
Restaurante, Boi Cavalo, Cozinha de Autor
©Arlindo Camacho

50. Phoi-Cavalo

Restaurantes Português Alfama

Hugo Brito retomou o pop-up que em 2016 levou até à Trienal de Arquitectura de Lisboa: Phoi-Cavalo – agora com o acrescento “&chicken”. A cozinha de produção é no seu Boi-Cavalo, em Alfama, onde poderá levantar a encomenda. Há três tipos de phos – o clássico, o vegetariano e o de bacalhau (todos a 9€) –, dumplings de entrecosto de leitão ou de beringela assada (5,50€, cinco unidades) e uma parte dedicada então ao frango, com frango inteiro frito em polme fermentado (10€), uma versão para crianças (5€) e uma sanduíche deste frango em brioche da Terrapão (8€). A sobremesa também não falha, e Hugo pensou num gelado de café e cardamomo, com tamarindo e arroz tufado (3,50€). Ao fim-de-semana tem disponível um menu de brunch.

Publicidade
Misc By Tartar-ia
Misc By Tartar-ia
©Manuel Manso

51. Misc By Tartar-ia

Restaurantes Cozinha contemporânea Cais do Sodré

O irmão mais nova da Tartar-ia do Time Out Market tem a partir de 30 de Março o Misc@Home, um serviço com uma carta reduzida, que oferece sobretudo tártaros – de salmão (€10),  atum (€12) ou bife asiático (€11). Nas sobremesas a sugestão é a famosa tarte de queijo (€5). As encomendas podem ser feitas por telefone (21 805 1457) ou através de WhatsApp (91 659 6872) e as entregas são feitas pelos próprios na zona do Cais do Sodré, Santos, Lapa, Amoreiras e Alcântara. Para outras zonas, vão estar disponíveis no Glovo. Também poder recolher o pedido no restaurante.

Osteria - Pasta Al Pesto di Rapa Rossa
Osteria - Pasta Al Pesto di Rapa Rossa
©Manuel Manso

52. Osteria

Restaurantes Italiano Estrela/Lapa/Santos

Chiara Ferro acrescentou novos pratos italianos de conforto ao menu da sua Osteria na Uber Eats, que vão variando consoante o dia da semana, ao almoço e jantar. Além da já clássica massa fresca com pesto de beterraba (10,90€), aposta sempre segura, tem raviolis com ricotta e espinafres (11,90€), dois cremosos risotos, um de gambas, outro de espinafres com tomate semi-seco (11,90€) ou umas bolas de pizzas fritas acompanhadas com burrata fresca, ricota salgada e molho fresco de tomate (11,90€). Tudo bom para brindar com lambrusco, também disponível para encomenda, e esperar por tempos melhores.

Publicidade
nobre
nobre
Fotografia: Manuel Manso

53. O Nobre

Restaurantes Areeiro/Alameda

Na casa que tem junto ao Campo Pequeno há uns bons anos, Justa Nobre mostra os melhor da sua cozinha de inspiração transmontana, mas sempre a cruzar outras regiões do país. E agora isso chega-lhe até casa, com um serviço de delivery e take-away que deve pedir por telefone (96 982 5279). Está lá a mais famosa sopa de santola (25€/litro), a açorda de camarão (20€ a dose) ou o bacalhau confitado com esmagado de grão e couve (18€ a dose), as bochechas de porco bísaro com puré de castanhas (18€ a dose) ou a o rosbife de vitela (23€ a dose). Também sobremesas tradicionais, como as farófias (6€ a dose) ou o arroz doce (6€ a dose).

54. Café Boavida

Restaurantes Chiado/Cais do Sodré

O Café regressou à Boavida com um menu simples, com produtos frescos, para encomendas em regime take-away (entre as 09.00 e as 12.00) e entregas (das 12.30 às 15.00) sem custos extra. Há sopa (2€), dois pratos à escolha, um de lentilhas e legumes do Oeste em caril e coco, arroz negro, sementes torradas e raspa de limão (9€), outro de feijão com legumes, arroz integral com hortelã (8,50€), um pastel de cogumelos shiitake (2€) e dois doces, o pão de banana (3€) e nozes e o brownie com avelãs torradas (3,30€). 

Publicidade
Ajitama Ramen Bistro
Ajitama Ramen Bistro
©Manuel Manso

55. Ajitama Ramen Bistro

Restaurantes Asiático contemporâneo Grande Lisboa

Os reis do ramen António e João adaptaram-se rapidamente à nova realidade e, pela primeira vez num ano de abertura, começaram a fazer entregas ao domicílio. Primeiro andaram os próprios a entregar, até para garantir toda a higienização e cuidados, agora conseguiram fazer uma parceria com a plataforma Uber Eats. Têm todos os ramens da lista disponíveis para entrega e também em versão take-away. Prove o spicy miso, uma das últimas entradas na carta, que combina o miso e o la yu, um óleo picante. Já reabriram e têm uma esplanada nova, se preferir ir lá laurear a pevide e ter a experiência in loco.

Novidades para provar no Ajitama Ramen Bistro

Chilly Cheese do Ground Burger
Chilly Cheese do Ground Burger
©Inês Félix

56. Ground Burger

Restaurantes Hambúrgueres São Sebastião

A meca dos hambúrgueres nunca se rendeu às plataformas de entrega mas, face à situação actual, juntou-se à Uber Eats e por lá se mantém, ainda que já esteja de portas abertas. São os melhores da cidade e não temos pudor de o dizer: o brioche é caseiro, as batatas fritas estaladiças e os 150 gramas de carne Black Angus compõem o cenário para uma refeição irrepreensível, seja qual for a escolha que fizer. Encomende sem medo de quilos a mais no final da quarentena – é este o conforto que nós precisamos. Se preferir ir até lá, prove as novidades da carta: há lobster roll (120g de lavagante fresco com manteiga noisette, maionese de aipo com malagueta e raspa de lima e cebolinho, 19,95€), o lobster burger regressou (com o lavagante no topo de um hambúrguer com carne 100% Black Angus, 19,95€ ) e há um novo um cestinho de dirty fries, as batatas fritas habituais carregadinhas de toppings (6,95€).

Publicidade
caprese do come prima
caprese do come prima
©DR

57. Come Prima e Forno D'Oro

Restaurantes Italiano Estrela/Lapa/Santos

O chef Tanka Sapkota, o nepalês mais italiano da cidade, encerrou ao público os quatro restaurantes que tem em Lisboa  Come Prima, Il Mercato, Forno d’Oro e Casa Nepalesa – mas juntou-se à Uber Eats para fazer entregas dos pratos italianos do Come Prima e do Forno D'Oro. Ambos mantêm também o take-away, mas os pagamentos devem ser feitos apenas com transferências ou o dinheiro na quantia exacta. “Esta resposta era o que nos fazia sentido: garantir a segurança dos nossos clientes, mas não deixar de dar resposta a todos os que querem alimentar-se com qualidade ou  até mimarem-se neste momento de maior fragilidade”, explica o chef.

pistola y corazon, desanuio
pistola y corazon, desanuio
©Arlindo Camacho

58. Las Gringas by Pistola y Corazón

Restaurantes Mexicano Cais do Sodré

A taqueria mais badalada do Cais do Sodré fechou temporariamente as portas mas não quis deixar sem sustento mexicano os clientes que habitualmente fazem filas sem fim à porta. Vai daí lançaram o Las Gringas by Pistola y Corazon, em parceria com a nova plataforma Kitch. É um conceito de gringas, um tipo de taco mexicano, e cocktails com entregas através da Uber Eats. As gringas são uma variedade da taco que usa uma quesadilla como base, isto é, a tortilha recheada com queijo, al pastor e fatias de abacaxi. É depois grelhada, da mesma maneira que a quesadilla – mais pormenores sobre a história e a origem das Gringas está no instagram do Pistola. Neste menu especial tem vários tipos de gringas, com chorizo, carnitas, frijol, tinga de pollo ou camarones a la diabla (a partir de 9€). À parte pode pedir ainda totopos com pico de gallo (2,50€) ou guacamole com totopos (7,50€), molhos e cocktails.

Publicidade
Musa da Bica
Musa da Bica
©Manuel Manso

59. Musa da Bica

Bares Cervejaria artesanal Cais do Sodré

Os petiscos de Leonor Godinho, a musa da Bica, estão todos disponíveis na Glovo e Uber Eats, no horário em que o espaço estaria aberto (de terça-feira a domingo a partir das 16.00). Há a já mítica katsu sando (9€), os hambúrgueres thai sliders (7,50€), a sandes Reuben, de pastrami (9€), entre outros, sempre acompanhados por cerveja e batata frita caseira com maionese de chipotle (4€).

Amélia Lisboa
Amélia Lisboa
©Arlindo Camacho

60. Amélia Lisboa

Restaurantes Cafés Campo de Ourique

A namorada do Nicolau Lisboa chama-se Amélia e é uma dama da alta sociedade que decidiu ter o seu próprio negócio, na mesma linha do do namorado, na Baixa, conhecido pelo brunch todos os dias e pelas panquecas. Ambos fecharam as portas mas Amélia entrou na Uber Eats com todos os clássicos da casa: isso significa a granola com iogurte (6€), as panquecas altas e fofas (a partir de 7€) ou os bowls salgados para almoço.

Publicidade

61. Nómada

Restaurantes Fusão Avenidas Novas

O restaurante japonês Nómada lançou um conceito de sushi e pokés na plataforma Uber Eats. Há entradas clássicas do restaurante, como o asian ebi, um rolo com tempura de camarão com sweet chili (quatro peças, 6€), gyosas de frango e legumes (5€), quatro pokés à escolha (a partir de 12€), temakis, gunkans, hosomakis, nigiris e sashimi. 

Brigadeiros da Brigadeirando
Brigadeiros da Brigadeirando
Inês Félix

62. Brigadeirando

Restaurantes Pastelarias Alcântara

Se está mesmo a precisar é de um docinho, entre no site da Brigadeirando para ver e encomendar a colecção “Nostalgia”, inspirada nos bolos das mães e das avós: há de várias formas, sabores de massa (chocolate, banana e canela, baunilha com amoras, canela, red velvet…) e tamanhos (a partir de 40€). Pode escolher entre receber o bolo já decorado com a cobertura de brigadeiro, ou então solicitar o brigadeiro à parte, em saco de pasteleiro, para que possa decorar a seu gosto e entreter, quiçá, os miúdos fechados em casa. As entregas são feitas nas zonas de Lisboa e Cascais e as encomendas devem ser feitas através do site www.brigadeirando.pt

Publicidade

63. Café Mortara

Restaurantes Campo Grande/Entrecampos/Alvalade

O Café Mortara, um espaço com inspiração italo-luso-brasileira em Alvalade, reabriu mas num modelo diferente. De terça a domingo mantém o take-away dos seus pratos de massa, dá para reservar mesa para quatro ao jantar, e abriu uma mercearia com vinhos, cervejas artesanais, queijos, molhos, massas secas e azeite. No capítulo das massas frescas (todas a 6,50€), há raviolis de ricota, cogumelos e molho de tomate, canelones de fiambre, mozzarella e molho de tomate ou de ricota e molho de tomate e lasanha de mozarella, bechamel e cogumelos. Há uma  calzone, cervejas da Musa e da Dois Corvos e, para adoçar, cookies de aveia e chocolate (1,50€). 

64. Casa da Comida

Restaurantes Português Avenida da Liberdade/Príncipe Real

A Casa da Comida tinha, até agora, refeições para take-away na sua loja em soft opening na Guerra Junqueira. Face à conjuntura actual, redefiniu a oferta e lançou um serviço de entrega de refeições congeladas e cabazes familiares. “A opção de lançar uma oferta de entrega de refeições em casa há muito que estava a ser preparada, mas a atual situação, que faz com que milhares de portugueses estejam em isolamento ou que estejam a trabalhar, sem possibilidade ou vontade de sair, acelera a pertinência do seu lançamento”, explica Salomé Alcântara, responsável da Casa da Comida. Há sopas, pães, entradas e snacks, pratos de peixe, de carne e sobremesas. Os cabazes familiares são para três ou sete dias. O menu pode ser consultado online.

Publicidade
Memoria
Memoria
©Inês Félix

65. Grupo Non Basta

Restaurantes Italiano Campo de Ourique

O grupo Non Basta começou um sistema de take away e delivery próprio, para pedidos acima de 20€, sem taxa de entrega. Para além da carta normal dos restaurantes Memoria e Pasta Non Basta, introduziram pratos novos, doses familiares, sopas, massas frescas e kits do it yourself. Pode, por isso, encomendar molho pesto caseiro (8€), molho de tomate (3€), massa fresca que serve quatro doses, seja o pappardelle, fettucini ou tagliolini (10€) ou um kit pizza com massa para a pizza, molho de tomate e mozzarella fior di latte (6€). Há sopa do dia, com legumes frescos da horta, para uma (3€) ou quatro pessoas (10€) e tabuleiros de lasanha de ragu (40€, quatro pessoas) ou verduras (32€, quatro pessoas) ou massa fresca com almôndegas, molho de tomate e manjericão (40€, para quatro). 

Fox Coffee "O Rei da Cachupa" - Cachupa
Fox Coffee "O Rei da Cachupa" - Cachupa
©Duarte Drago

66. Fox Coffee "O Rei da Cachupa"

Restaurantes Grande Lisboa

Reabriu as portas do reinado com doses de caracóis e bifanas, mas Fox continua lá a dar conta das cachupas, para comer lá ou para take-away. As encomendas são através do 92 537 9616. 

Publicidade
In Bocca Al Lupo - Gorgonzola & Pêra
In Bocca Al Lupo - Gorgonzola & Pêra
Fotografia: Manuel Manso

67. In Bocca al Lupo

Restaurantes Chiado/Cais do Sodré

A pizzaria biológica In Bocca Al Lupo tem agora um serviço de entrega de pizzas “personalizado, seguro e gratuito”, de quarta-feira a domingo, das 12.00 às 15.30 e das 19.00 às 23.00. “Recusámo-nos a cruzar os braços e por isso montámos um plano reforçado de entrega personalizada e gratuita, em que um dos membros da nossa equipa se deslocará a vossa casa para vos entregar as nossas deliciosas pizzas. Podemos garantir assim todos os cuidados de higiene necessários, da confecção até à vossa porta”, garantem nas redes sociais, reforçando a necessidade de “boa comida nestes tempos de isolamento” e o apoio que também o sector da restauração vai precisar nos próximos tempos. O menu é o habitual do restaurante e as encomendas são feitas através do 21 390 0582.

Olívia Burgers
Olívia Burgers
©DR

68. Olívia Burgers

O grupo Sea Me estreou-se nos restaurantes exclusivamente virtuais com a Olívia, uma marca de hambúrgueres ao domicílio. Há nove opções, com e valores entre os 7,50€ e os 8,50€. Ao longo da primeira semana de funcionamento, o raio de entrega vai alargando do centro de Lisboa até Algés. O Prego da Peixaria, do mesmo grupo, já reaberto, está também disponível na Uber Eats. 

Publicidade
Restaurante FOME
Restaurante FOME
©Inês Félix

69. Fome

Restaurantes Português Lisboa

O restaurante recém-inaugurado FOME, em frente ao Mercado de Arroios, abriu já em tempos atribulados. Tem regime de take-away e entregas em casa com a Uber Eats. Pode encomendar rissóis de ouriço-do-mar (2€), pastéis de massa tenra (€2), croquetes de atum fresco (€2), escabeche de coelho à caçador (€5), meia desfeita de bacalhau assado (€9), hamburguer de Novilho com queijo da ilha com 24 meses de cura, bacon e molho especial (€8), prego de atum fresco, manga, iceberg, coentros e chips (€8), sanduíche de peixe espada preto, banana e funcho (€8), sandes de frango com molho à Bairrada (€7), arroz de frango no forno com bacon e chouriço (€9), entre outros petiscos e menus do dia preparados com produtos sazonais.

dona beija, restaurante, brasil, brasileiro, picoas
dona beija, restaurante, brasil, brasileiro, picoas
©Inês Félix

70. Dona Beija

Restaurantes Brasileiro Lisboa

O boteco brasileiro criou um menu especial e um sistema de entregas próprias, para além das plataformas. Todos os dias há um prato diferente, anunciado nas redes sociais. À sexta-feira e sábado há feijoada com arroz, farofa e couve (10€ por pessoa ou 25€ para duas com uma garrafa de JP tinto). As encomendas podem ser feitas por telefone (21 357 0135) ou por Instagram (@donabeijalx) até à meia noite para o prato do dia a seguir. O almoço é entregue até às 13.00 e o jantar até às 20.00.

Publicidade
THE CRU
THE CRU
Fotografia: Ana Luzia

71. The Cru

Restaurantes Orgânico Cascais

O The Cru - Organic, Raw & Healthy Food tem todo o seu menu habitual disponível para take-away e através da Uber Eats. Pode encomendar também os congelados e guardar para fazer quando lhe der mais jeito: para guardar no congelador há então hambúrgueres de beterraba e quinoa, grão e cenoura ou feijão e pimento (pack de quatro, 8€), hummus (15€/kg) ou até panquecas de aveia (pack de cinco, 4,50€). No menu normal, já confeccionado, há sopas do dia (a partir de 2,70€), várias entradas, bowls e pratos vegetarianos, uns quantos de carne e até sobremesas. Durante estes tempos, deixam apenas um aviso à navegação que pretende usufruir do take-away: “Não aceitamos recipientes trazidos de casa. Mais que evitar desperdícios, é a saúde. Todos os recipientes serão nossos e descartáveis, sem qualquer custo adicional”.

cookoo
cookoo
©Duarte Drago

72. Garden Gourmet

Restaurantes Grande Lisboa

É o novo restaurante do Cookoo, o kitchen hub que entrega comida ao domicílio. É uma parceria com a Nestlé, com um menu idealizado pelo chef Manel Perestrelo. Há nuggets com creme de abacate e sésamo, panadinhos caprese com esparregado ou quinoa de cogumelos e caju, há dois hambúrgueres e mais umas quantas opções, todas totalmente vegetarianas. As embalagens são feitas à base de cana de açúcar ou de bambu, assim como os talheres. A taxa de entrega é gratuita.

Publicidade
Restaurante Go Juu
Restaurante Go Juu
©Go Juu

73. Go Juu

Restaurantes Japonês Avenidas Novas

Apesar de passar despercebido, tem lugar cativo na lista dos melhores japoneses de Lisboa desde que abriu em 2015. Para o negócio resistir à pandemia, o Go Juu mudou: tem um take-away e opções grab&go com entradas, sashimi, tempuras ou sushi. Criaram também uma versão adaptada do menu sushi que têm habitualmente (o sushi tei), passando agora a chamar-se “menu solidário”. Está disponível ao almoço e ao jantar e tem um preço mais baixo do que o habitual (17,50€). É um pequeno combinado com arroz e sopa miso.



Taberna da Rua das Flores - Sala
Taberna da Rua das Flores - Sala
Fotografia: Arlindo Camacho

74. A Taberna da Rua das Flores

Restaurantes Português Chiado/Cais do Sodré

A Taberna de André Magalhães, já reaberta, continua a sua operação  A Taberna em Casa, vendendo comida para fora, “recorrendo a produtos que nos chegam por cadeia curta”, explica André Magalhães, mantendo os pequenos produtores habituais. A ementa em ardósia que já caracteriza o espaço mantém-se, com opções bem portuguesas e em conta que variam todos os dias – são publicadas diariamente nas redes sociais. As encomendas podem ser feitas através do telefone e depois pode levantá-las no restaurante (e nesse caso ter acesso também ao vinho a preço de prateleira). Se for de mais longe, espreite as opções nas plataformas Uber Eats e Takeaway. Conte com pica-pau de novilho (6€), pastéis de massa tenra (3,60€, duas unidades) ou meia desfeita de bacalhau (9,50€). Há também tachos económicos, embalados em vácuo e refrigerados, que podem ser aquecidos em casa. Para manter a experiência de almoçar ou jantar na Taberna da Rua das Flores sem sair de casa, os responsáveis incentivam que quando receber a comida em casa, “se sentem à mesa em família, ponham uma toalha aos quadrados, usem louça e talheres bonitos, bebam um bom vinho”.

Publicidade
Mercantina Alvalade - Sala
Mercantina Alvalade - Sala
Fotografia: Ana Luzia

75. Mercantina

Restaurantes Alvalade

A Mercantina estreia-se nos serviços de delivery (através da Uber Eats) e de take-away nos seus restaurantes de Alvalade e do Chiado. Terá disponíveis todas as suas pizzas napolitanas, massas frescas e sobremesas. A pensar nas famílias, há packs a partir de 36€, nos quais pode pedir entre três a quatro pratos. A entrega e o take-away vão estar disponíveis todos os dias, ao almoço e ao jantar.




The Green Affair
The Green Affair
©Manuel Manso

76. The Green Affair

Restaurantes Vegano Avenidas Novas

O menu do restaurante vegan está disponível todos os dias de semana, entre as 12.00 e as 22.00, para entregas e também em take-away. Para estes pedidos, o The Green Affair informa que os pagamentos devem ser feitos com cartão. Profissionais de saúde e forças de segurança que apresentem identificação terão 50% de desconto nas compras em take-away.

Publicidade
Rebel Asian
Rebel Asian
©Manuel Manso

77. Rebel Asian

Restaurantes Asiático contemporâneo Cais do Sodré

O pan-asiático rebelde, vizinho do mexicano Pistola y Corazón na Rua da Boavista, simplificou o menu para take-away e delivery: tem agora sete opções de pratos, todas a 10€. Há porco na wok com arroz e salada de kimchi, bibimbap ou noodles salteados com cogumelos portobello ou camarão. Para entregas ao domicílio, nas zonas de Santos, Lapa, Rato, Campo de Ourique, Príncipe Real, Estrela, Janelas Verdes e Chiado, o pedido mínimo é de 20€.

Pizza Chiado da Pizzaria Lisboa
Pizza Chiado da Pizzaria Lisboa
©Paulo Barata

78. Pizzaria Lisboa

Restaurantes Chiado

A Pizzaria de José Avillez mantém o serviço de take-away e entregas através da Uber Eats das suas pizzas feitas em forno de lenha com  farinha 00 especial para pizzas, tomate San Marzano e mozzarella fior di latte. Há umas mais clássicas e outras mais extravagantes, massas, saladas e risotos. Disponível aos almoços e jantares.

Publicidade
Big Fish
Big Fish
©Inês Félix

79. Big Fish Poké

Restaurantes Havaiano Cais do Sodré

As malgas de arroz com peixe fresco cortado em cubinhos perfeitos do restaurante do Cais do Sodré estão disponíveis na Uber Eats. Há nove opções de pokés, que vão da mais simples com atum yellowfin, o Big Fish (18€), ao tako, com polvo (17€). Há opções vegetarianas. Também pode ir buscar em regime de take-away. Ambas as modalidades estão disponíveis todos os dias, entre as 12.00 e as 22.00.

Coyo Taco
Coyo Taco
©Duarte Drago

80. Coyo Taco

Restaurantes Mexicano Chiado/Cais do Sodré

O mexicano importado de Miami tem já duas casas em Lisboa, uma no Príncipe Real, outra no Cais do Sodré. Agora permitem reservas para os restaurantes mas pode continuar a fazer o seu take-away. Há quesadillas bem recheadas com camarão (18,70€), uma entrada que pode bem ser refeição, aos tacos vendidos à unidade (a partir de 4,15€), passando por burritos ou saladas. Há churros de sobremesa para acabar com a neura.

Publicidade

81. DeliDelux Santa Apolónia

Restaurantes São Vicente 

A mercearia fina de Santa Apolónia esteve sempre aberta ao público, seguindo as regras aplicadas aos supermercados. Mas através da Uber Eats, poderá encomendar algumas das refeições prontas, como os tártaros, sopas, saladas frescas com massa ou sandes. 



Honest Greens
Honest Greens
©Inês Félix

82. Honest Greens

Restaurantes Parque das Nações

A Honest Greens reabriu o seu restaurante enorme no Parque das Nações e tem a esplanada pronta para o receber. Mas mantém-se na plataforma Uber Eats com os seus pratos saudáveis e muitas opções vegan. Pode montar o seu próprio prato com mais proteína e extras a partir das bases (market place) ou (garden bowl).




Publicidade
Arroz de bacalhau do Tapisco
Arroz de bacalhau do Tapisco
©Inês Félix

83. Tapisco

Restaurantes Petiscos Chiado/Cais do Sodré

Não deixe de tapear nesta fase negra. O Tapisco de Henrique Sá Pessoa, com Joana Duarte na Cozinha, tem uns huevos rotos que podem funcionar exactamente como a comida de conforto que precisamos nesta altura. Através da Uber Eats, entre as 12.00 e as 22.00, além de tapas que juntam Portugal e Espanha, pode pedir tachinhos também, como o de paella negra, por exemplo.

Restaurante Zero Zero
Restaurante Zero Zero
©Ana Luzia

84. Zero Zero

Restaurantes Italiano Princípe Real

A pizzaria ZeroZero já dava cartas no take-away (única maneira de contornar filas e comer o objecto de desejo).  Agora, além de manter esse serviço nos restaurantes do Parque das Nações e do Príncipe Real, está também na Uber Eats. Peça qualquer uma das pizzas feitas em forno de lenha à confiança. Se preferir a experiência de voltar ao restaurante, já aceitam reservas.

Publicidade
O hambúrger 86
O hambúrger 86
© Manuel Manso

85. A Lanchonete

Restaurantes Brasileiro Belém

Depois de uns dias fechados para perceberem como voltar à carga de petiscos brasileiros, a Lanchonete reabriu para take-aways, com um serviço de entregas próprias num raio de 10km (encomenda mínima de 20€) e com uma parceria com as plataformas de entrega ao domicílio para abranger o máximo de zonas possíveis. Além do menu mais tradicional, com pastéis de feira, hambúrgueres ou crepiocas, têm packs de pães de queijo (20 unidades, 8€), pastéis de feira (10 unidades, 12€), mini coxinhas de galinha (25 unidades, 10€) ou hambúrgueres vegetarianos (seis unidades, 12€). Às sextas e sábados também vão entregar a sua já clássica feijoada à brasileira (9,50€) e aos sábados e domingos disponibilizam o menu de brunch (25€ para duas pessoas).