A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Bairro Financeiro
DR

‘Bairro Financeiro’: uma série sobre os bastidores da banca

Os graves escândalos no sistema financeiro suíço são a matéria dramática desta série com Brigitte Fossey e Féodor Atkine. Para ver na RTP Play.

Escrito por
Eurico de Barros
Publicidade

★★★☆☆

Portugal teve o caso do BES, mas daí não saiu nenhuma ficção, nem mesmo televisiva. A Suíça teve o seu sistema financeiro abalado por graves escândalos, como do banco HSBC, e isso serviu de matéria dramática para Bairro Financeiro (RTP Play), em co-produção com a Bélgica. A série leva-nos aos bastidores do private banking, até à sede do Banco Garnier, uma instituição que Elizabeth Garnier, a sua nova directora, quer pôr acima de qualquer suspeita graças a uma nova política interna e a uma imagem renovada, com a colaboração dos irmãos. Só que o banco é subitamente alvo de uma dura inspecção governamental, por ter como cliente um riquíssimo e perigosíssimo ex-ditador da República Centro-Africana, homem ligado ao tráfico dos chamados “diamantes de sangue”. Através de uma intriga policial que anda de braço dado com o drama familiar (os Garnier têm vários esqueletos no armário, e não são nada meigos entre si), Bairro Financeiro revela-nos a natureza, as práticas e as zonas de sombra deste tipo de bancos, deixando uma mensagem pessimista sobre a possibilidade de cultivarem uma transparência de procedimentos que possa ser considerada ideal e modelar. Os veteranos Brigitte Fossey e Féodor Atkine estão entre os intérpretes desta bem carpinteirada série europeia.

Mais críticas de televisão

Publicidade
Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade