Dez filmes com monstros marinhos

"The Meg: Tubarão Gigante" vem de uma longa linhagem de bestas dos oceanos criados para nos pôr o coração a saltar no cinema.
Jaws
Jaws
Por Eurico de Barros |
Publicidade

O megalodonte do filme de Jon Turteltaub, que chega aos cinemas portugueses na quinta-feira, tem como antecessores toda uma colecção de monstruosidades dos oceanos. Tanto podem ser tubarões invulgarmente grandes como polvos e criaturas pré-históricas que sofreram mutações, orcas vingativas ou ainda criaturas desconhecidas dos homens, e que se manifestam sempre de forma nada pacífica e fartam-se de matar, mastigar e até incinerar gente. Estão todos representados nesta selecção de fitas de ficção científica e de terror, em títulos como Behemoth, o Monstro Marinho, O Tubarão, Orca – A Fúria dos Mares, Terror nas Profundidades ou A Plataforma.

Recomendado: Cinquenta dos melhores filmes clássicos de sempre

Dez filmes com monstros marinhos

"Vinte Mil Léguas Submarinas", de Richard Fleischer (1954)

A gigantesca lula que a tripulação do Nautilus combate durante uma tempestade, nesta adaptação do clássico de Júlio Verne, é um dos mais famosos monstros marinhos da história do cinema, apesar de aparecer apenas durante alguns minutos no filme. E é um dos maiores monstros artesanais da história dos efeitos especiais no cinema.

"O Octopus", de Robert Gordon (1955)

É ao mestre Ray Harryhausen que se deve o polvo gigante desta fita, que se transformou num monstro devido à radiação das experiências atómicas, um tema clássico da ficção científica da época. O ponto alto de O Octopus é o combate final entre o polvo e a marinha dos EUA na baía de São Francisco, com o monstro a roubar o protagonismo à Golden Gate.

Publicidade

"Behemoth, o Monstro Marinho", de Douglas Hicockx e Eugène Lourié (1959)

E aqui temos, nesta produção anglo-americana, mais um monstro das profundezas criado por experiências atómicas nos anos 1950. O Behemoth é um animal pré-histórico que sofre uma mutação devido à radioactividade, passando a lançar choques eléctricos e raios atómicos, e ameaçando reduzir Londres a pó.

"O Tubarão", de Steven Spielberg (1975)

Nenhuma lista de filmes de monstros marinhos estaria completa sem o clássico de Steven Spielberg, baseado no livro de Peter Benchley, sobre um enorme tubarão que aterroriza as praias de Amity Island. A fita lançou o subgénero dos filmes sobre tubarões assassinos e deu forma ao ancestral medo humano das criaturas que se podem esconder na imensidão dos oceanos.

Publicidade

"Orca – A Fúria dos Mares’, de Michael Anderson (1977)

Esta fita é uma das muitas sobre criaturas marinhas que se seguiram a O Tubarão, de Steven Spielberg, e também uma das melhores, contendo uma mensagem ecológica pouco habitual na altura. Richard Harris interpreta um marinheiro que se vê implacavelmente perseguido por uma orca, depois de ter caçado o seu macho e a sua cria.

"Tentáculos", de Ovidio G. Assonitis (1977)

Os polvos gigantes voltam a fazer uma aparição nesta fita assinada nos EUA por um realizador italiano. Aqui, a culpa pelo aparecimento de um destes cefalópodes XXL recai sobre uma construtora que está a fazer um túnel submarino ao largo da Califórnia, e poluiu as águas com uma substância que transformou um pequeno e pacato polvo num enorme mutante.

Publicidade

"Terror nas Profundidades", de Sean S. Cunningham (1986)

O realizador do slasher clássico Sexta-Feira 13 assina este monster movie aquático de série B. Uma equipa de cientistas instalada numa base submarina experimental, a DeepStar Six (título original da fita), desperta inadvertidamente uma mostruosa criatura ancestral dos seu sono milenar, e têm de lutar pela sobrevivência.

"O Barco do Inferno", de Stephen Sommers (1998)

Um grupo de piratas modernos toma de assalto um paquete de luxo no Oceano Pacífico para roubar os passageiros. Mas descobrem que não só estes desapareceram misteriosamente como também que o navio foi invadido por umas horrendas criaturas marinhas com tentáculos, para as quais os humanos são uma boa refeição.

Publicidade

"Octopus – O Polvo Assassino", de John Eyres (2000)

Nos anos 1960, durante a Crise dos Mísseis de Cuba, um submarino soviético afunda-se ao largo daquela ilha com uma misteriosa substância armazenada a bordo. Muitas décadas mais tarde, um submarino nuclear americano que transporta um perigoso terrorista para ser julgado nos EUA, é atacado por um polvo monstruoso.

"A Plataforma", de Peter Atencio (2010)

Se não são os testes nucleares, então é a prospecção de petróleo no mar que desperta os monstros dos mares. Em A Plataforma, a tripulação de uma plataforma petrolífera descobre que os seus trabalhos de perfuração perturbaram o ecossistema de uma criatura marinha desconhecida, que sai das águas para os atacar durante uma tempestade tropical.

Ferozes e colossais: outros filmes com animais

Filmes

Os cinco melhores filmes de tubarões de sempre

Desde os anos 70 e o clássico de Steven Spielberg que os filmes de tubarões se tornaram um subgénero importante do cinema americano, sobretudo dentro do cinema de terror. Fomos à procura dos cinco melhores filmes com estas magníficas criaturas no papel principal.

Filmes

Tenha medo (ou não) com estes dez filmes de dinossauros

'Mundo Jurássico: Reino Caído', o novo filme da trilogia que sucedeu à iniciada em 1993 com o clássico 'Parque Jurássico', de Steven Spielberg, chega aos cinemas portugueses nesta quinta-feira. Assinalamos os 25 anos do filme original, e a estreia deste, o quinto da série, apresentando uma selecção de dez títulos onde os dinossauros são as vedetas, que inclui não só um filme mudo, 'O Mundo Perdido', rodado em 1925 com base no livro de aventuras homónimo, escrito por Arthur Conan Doyle, como também três longas-metragens de animação. Sem esquecer 'Carnossáurio', um série B produzida por Roger Corman.

Publicidade