Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Dez filmes imperdíveis sobre e com comida asiática
Tampopo
DR

Dez filmes imperdíveis sobre e com comida asiática

Por ocasião da estreia de 'Ramen Shop – Negócio de Família', de Eric Khoo, propomos uma dezena de filmes sobre comida asiática

Por Eurico de Barros
Publicidade

Já está nos cinemas 'Ramen Shop – Negócio de Família', de Erik Khoo, um realizador de Singapura que tem vários filmes onde a comida desempenha um papel fundamental nos enredos. Neste, a relação entre a gastronomia de Singapura e a do Japão é essencial para uma reconciliação familiar. Elaborámos uma lista de dez filmes em que a gastronomia da Ásia está no centro das histórias e das vidas das personagens. Inclui títulos como Tampopo, de Juzo Itami (Japão), Comer Beber Homem Mulher, de Ang Lee (Taiwan), ou The God of Cookery, de Stephen Chow e Lee Lik-Chee (Hong Kong).

Recomendado: Comer com os olhos: oito séries para abrir o apetite

Dez filmes imperdíveis sobre e com comida asiática

‘Tampopo’, de Juzo Itami (1985)

Este não é só um magnífico filme japonês sobre comida asiática, é um dos melhores filmes de sempre sobre comida, ponto final. Gorò, um camionista, decide ajudar Tampopo, uma viúva a dar vida nova ao seu restaurante de noodles e trazer-lhe mais clientela. Cozidas na história principal estão várias histórias menores, todas envolvendo comida e com registos que vão da comédia e do drama ao erótico.

‘O Odor da Papaia Verde (1992), de Tran Anh Huang

Embora a comida e a gastronomia não estejam no centro deste filme de produção franco-vietnamita sobre uma jovem empregada doméstica e as casas onde vai servir e a forma como influencia as pessoas que lá vivem, O Odor da Papaia Verde inclui cenas belíssimas com alimentos e refeições, que o realizador enche de simbolismo e de implicações sensuais.
Publicidade

‘Comer Beber Homem Mulher’, de Ang Lee (1994)

A seguir a O Banquete de Casamento, que também tinha comida no enredo, Ang Lee realizou este delicado drama de família sobre um célebre e idoso chef de Taiwan que vive com as suas três filhas, todas solteiras e muito diferentes uma das outras. O ponto alto da semana é o complexo e suculento jantar cozinhado todos os domingos, uma tradição que nada nem ninguém abala.

‘The Chinese Feast’, de Tsui Hark (1995)

O grande Tsui Hark, um dos gigantes do cinema de Hong Kong e da Ásia, fez folga dos filmes históricos, de artes marciais, acção e fantásticos, para assinar esta comédia romântica e gastronómica. Kit é um gangster que se mudou para o Canadá para se regenerar, estar perto da namorada e fazer carreira como chef, vendo-se envolvido num importante concurso de cozinha chinesa.
Publicidade

‘The God of Cookery’, de Stephen Chow e Lee Lik-Chee (1996)

O Deus da Cozinha (Stephen Chow, também co-realizador e co-autor do argumento) é um brilhante e arrogante chef de Hong Kong que cai do seu pedestal quando um invejoso rival denuncia as falcatruas que ele faz na cozinha. Humilhado, o chef vai penitenciar-se e tentar reconquistar o seu título. Uma inspirada comédia com muita comida, fantasia e algum kung fu.

‘Preciosa Iguaria’, de Fruit Chan (2004)

A tia Mei é uma cozinheira de Hong Kong, famosa pelos seus dumplings caseiros, popularíssimos entre as senhoras de meia-idade por terem, alegadamente, poderes rejuvenescedores. A receita tem um ingrediente secreto, e uma das novas clientes da tia Mei, uma actriz que começa a sentir os efeitos da idade, quer saber qual é ele, custe o que custar. Um filme de terror sobre comida.
Publicidade

‘Uma Pastelaria em Tóquio’, de Naomi Kawase (2015)

Neste contido melodrama da japonesa Naomi Kawase, Sentaro, um homem de meia-idade que tem uma lojinha de panquecas de feijão doce (os dorayaki) nos arredores de Tóquio, contrata como ajudante uma septuagenária, Tokue, cuja pasta de feijão se revela melhor do que a que Sentaro usa, fazendo o negócio prosperar. Até este descobrir o dramático segredo de Tokue.

‘Mr. Long’, de Sabu (2017)

O lacónico Long é um assassino profissional de Taiwan que falha um “contrato” no Japão e tem que se esconder num bairro popular de uma pequena cidade, para não ser encontrado pelos capangas do senhor do crime que ia matar. Para se entreter, Long abre uma barraquinha de noodles, que sabe cozinhar muito bem e o tornam popular na zona. Mas o seu passado de violência não o vai deixar sossegado.
Publicidade

‘Lobster Cop’, de Li Xinyun (2018)

Uma comédia chinesa sobre quatro polícias novatos que são incumbidos pela chefia de apanhar um esquivo traficante de droga. Como têm todos jeito para a cozinha e o meliante adora comer, abrem um restaurante para servir de fachada à operação policial. Mas a deliciosa receita secreta de lagosta de um deles faz sensação e o restaurante transforma-se num grande sucesso.

‘Extreme Job’, de Lee Byeong-heon (2019)

Esta lista não podia ficar completa sem um filme da Coreia do Sul, e Extreme Job serve-lhe como uma luva. É uma original e hilariante comédia policial e gastronómica sobre um quinteto de detectives que se infiltram num restaurante manhoso para capturar um grupo de traficantes de estupefacientes, acabando por o transformar num lugar onde se come e chora por mais.

O cinema do sol nascente

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade