Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right 'Fuga para o Lago' foi uma das melhores séries que vimos 2020
Televisão, Séries, Drama, Thriller, Fuga para o Lago
©DR Fuga para o Lago

'Fuga para o Lago' foi uma das melhores séries que vimos 2020

Veio da Rússia esta série sobre uma pandemia mortífera em que os monstros não são zombies, mas sim os nossos semelhantes, de rédea solta.

Por Eurico de Barros
Publicidade

★★★★☆

Esqueçam The Walking Dead, Fear the Walking Dead e semelhantes. A série a ver sobre uma pandemia mortífera, sem mortos-vivos nem elementos sobrenaturais, chega da Rússia, foi adaptada de um livro e chama-se Fuga para o Lago (Netflix). Um vírus desconhecido eclode em Moscovo, matando as pessoas em poucos dias e espalhando-se pelo país. A autoridade do Estado esboroa-se e aparecem grupos paramilitares e de bandidos que disputam o poder com o governo e começam a fazer “limpezas” sangrentas por toda a parte.

Um grupo de moscovitas, composto por personagens tipificadas em menor ou maior grau (do ex-militar que enriqueceu no pós-comunismo até um médico abnegado e uma adolescente rebelde), forma uma caravana para fugir para um lago distante onde um deles tem uma casa numa ilha, construída num barco encalhado. Pelo caminho, passam por vários horrores. Os inimigos são o vírus, mas também, e principalmente, os perigos saídos do colapso social. Argumento, realização (de um documentarista, Pavel Kostomarov, o que contribui para o vívido e arrepiante efeito de real conseguido) e interpretações são impecáveis, e a tensão nunca esmorece. Em Fuga para o Lago, os monstros não são zombies, mas sim os nossos semelhantes, de rédea solta. Uma das séries do ano, sem hesitar.

O melhor de 2020

Publicidade
Publicidade
Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade