Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Perdido no UCM? Esta é a ordem certa para ver os filmes da Marvel
Os Vingadores: Guerra do Infinito
©IMDB Os Vingadores: Guerra do Infinito

Perdido no UCM? Esta é a ordem certa para ver os filmes da Marvel

Quando a tarefa é difícil, pode contar com a nossa ajuda. Saiba qual a melhor ordem para acompanhar os filmes do Universo Cinematográfico Marvel.

Por Tiago Neto
Publicidade

A viagem pelo Universo Cinematográfico Marvel (UCM) está com cada vez mais paragens e apiadeiros. São 23 ao todo, se quisermos ser exactos. Saber para que lado fica o Norte pode, por isso, ter-se tornado uma tarefa mais difícil do que é habitual em sagas do grande ecrã.  Para acompanhar todos os filmes que já chegaram aos cinemas, a ordem de estreia também não é grande ajuda, uma vez que os saltos temporais são uma constante na narrativa que vai passando de uns filmes para outros. A lista que se segue é a resposta para quem quer aventurar-se numa maratona visual com princípio, meio e fim, mas não sabe por onde começar. Vamos por partes.

Recomendado: Os piores e os melhores filmes da Marvel

A melhor ordem para ver os filmes da Marvel

1. Capitão América: O Primeiro Vingador (2011)

O filme, realizado por Joe Johnston, decorre durante a Segunda Guerra Mundial, entre 1942 e 1945. No final, depois de ficar congelado por cerca de 70 anos, Steve Rogers, um soldado que havia sido rejeitado pelo exército e que acaba por se transformar no Capitão América depois de tomar uma dose de um super soro, acorda em 2011.

2. Capitão Marvel (2019)

A maior parte de Capitão Marvel acontece em 1995. A história leva-nos até Carol Danvers (Brie Larson), uma piloto da Força Aérea que, depois de um acidente, é descoberta pelos Kree e treinada como membro da elite militar Starforce. Mas as coisas complicam-se e Danvers abandona o planeta em direcção à Terra. Apesar de ser dado a entender que ela foi morta em 1989, veremos que não é bem assim e que continua vivinha da silva em 2018.

Publicidade

3. Homem de Ferro (2008)

Originalmente presumia-se que os eventos de Homem de Ferro se desenrolavam em 2008; no entanto, num livro lançado pela Marvel, a sugestão é que Iron Man tenha, na verdade, ocorrido em 2010. Embora isto faça com que haja uma incongruência na linha temporal: é que há uma frase em Capitão América: Guerra Civil, de 2016, em que Vision lembra a Tony Stark que este revelou a sua identidade de super-herói há oito anos, ou seja, em 2008.

4. Homem de Ferro 2 (2010)

Homem de Ferro 2 acontece seis meses após a revelação de Tony Stark (Robert Downey Jr.) sobre a verdadeira identidade do herói da máscara de ferro. Ou seja, em 2011. A confirmação chega no mesmo livro citado no filme anterior, disponibilizado pela Marvel. Nesta sequela, Stark, com a saúde em perigo e de identidade destapada, tem agora um novo desafio pela frente: Ivan Vanko (Mickey Rourke).

Publicidade

5. O Incrível Hulk (2008)

Apesar de o lançamento ter acontecido no mesmo ano de Homem de Ferro, há um gráfico oficial da Marvel que nos mostra que, apesar de Bruce se tornar o Hulk antes dos acontecimentos do filme protagonizado por Robert Downey Jr., a maior parte dos eventos de O Incrível Hulk são a continuação directa de Homem de Ferro 2. Confuso, bem sabemos, mas tenha em mente que este é o quinto filme pela cronologia dos estúdios. E sim, havia um Hulk antes de Mark Ruffalo – Edward Norton.

6. Thor (2011)

Grande parte da confusão cronológica deste Universo Cinematográfico Marvel deve-se ao facto de os primeiros filmes destes super-heróis terem sido realizados por estúdios como a Paramount e a Universal, o que faz com que não estejam necessariamente alinhados aos franchises mais recentes. Ainda asssim, o primeiro episódio da saga do deus Thor (Chris Hemsworth) está alinhado com os eventos de Homem de Ferro 2 e de O Incrível Hulk. O resto já sabe: Thor é expulso de Asgard e forçado a viver em Midgard (que é a Terra), tornando-se um dos seus mais capazes defensores.

Publicidade

7. Os Vingadores (2012)

Aqui, finalmente, é que a linha começa a ficar bem definida. A história de Os Vingadores, filme de Joss Whedon que pela primeira vez nos trouxe o grupo de super-heróis todo reunido, acontece precisamente no ano de lançamento, 2012. E essa confirmação chega não apenas na série Demolidor, da Netflix, em que percebemos que a batalha de Nova Iorque acontece exactamente nesse ano, mas também pelo comentário de Tony Stark em Vingadores: Guerra do Infinito (2018) sobre o facto de Thanos lhe atormentar os pensamentos há seis anos.

8. Homem de Ferro 3 (2013)

O filme de Shane Black, que marca o começo da segunda fase do Universo Cinematográfico da Marvel, mostra-nos um Tony Stark traumatizado com os acontecimentos de Os Vingadores, ocorridos sete meses antes na linha temporal da saga. Embora estreado em 2013, Homem de Ferro 3 passa-se em Dezembro de 2012. Desta feita, Stark está sob a ameaça de um dos maiores vilões de que há memória, Mandarin. Mas, por entre todo o caos e destruição, o Homem de Ferro prepara-se para dar luta.

Publicidade

9. Thor: O Mundo das Trevas (2013)

Thor (Chris Hemsworth) regressa ao campo de batalha, desta feita com Malekith (Christopher Eccleston), o líder de uma raça primordial que quer destruir os Nove Reinos, nesta aventura que se desenvolve após os acontecimentos de Os Vingadores.

10. Capitão América: O Soldado do Inverno (2014)

É uma lápide falsa no filme que nos ajuda a encaixar este Capitão América: O Soldado do Inverno na cronologia. Mais concretamente a lápide de Nick Fury (Samuel L. Jackson), datada de 2014. Ora, se prestarmos atenção, Steve Rogers (Chris Evans) diz-nos a certa altura que Fury tem 95 anos, e já sabemos de antemão que este nasceu a 4 de Julho de 1918. Portanto, e presumindo que o filme decorre antes do seu aniversário, estão as contas feitas. Sobre o enredo, Rogers, que aqui tem pela frente um assassino conhecido como Soldado de Inverno, o mais temido até então, une-se a uma colega dos Vingadores e agente da SHIELD, a Viúva Negra (Scarlett Johansson), para combater esta nova ameaça.

Publicidade

11. Guardiões da Galáxia (2014)

Depois de roubar uma misteriosa esfera prateada nos confins do espaço, Peter Quill (Chris Pratt) é agora o principal alvo de uma caça ao homem liderada por um vilão conhecido como Ronan, o Acusador (Lee Pace). Para ajudar a combater Ronan e a sua entourage, e salvar a galáxia, Quill cria o seu próprio bando de heróis espaciais conhecidos como "Os Guardiões da Galáxia" – que são, na verdade, um grupo de criminosos. Realizado por James Gunn, Guardiões da Galáxia começa no ano de 1988 mas acaba por avançar 26 anos, até 2014.

12. Guardiões da Galáxia Vol. 2 (2017)

Apesar de ter início num flashback, em 1980, este segundo capítulo de Guardiões da Galáxia não é difícil de interpretar cronologicamente, em particular porque James Gunn confirmou, em 2016, que o filme decorre poucos meses após o primeiro. A premissa mantém-se: o grupo, liderado por Peter Quill e do qual fazem parte Gamora (Zoe Saldana), Drax (Dave Bautista) e Rocket (voz de Bradley Cooper), continua a aventura mas, desta feita enfrentam novos problemas. Especialmente familiares.

Publicidade

13. Vingadores: A Era de Ultron (2015)

A referência para situar este Vingadores: A Era de Ultron é dada por Tony Stark, num comentário em Capitão América: Guerra Civil, sobre o facto de estes acontecimentos terem ocorrido "no Verão passado". Quanto ao enredo, centra-se no próprio Stark e no programa que estre cria, o Ultron Project, pensado para proteger o mundo. Mas aquele que seria o peacemaker perfeito acaba por se tornar hóstil, e o grupo de super-heróis tem agora uma nova ameaça, bastante séria, para enfrentar.

14. Homem-Formiga (2015)

Num extenso artigo do slashfilm.com, ficamos a perceber que este Homem-Formiga, que Paul Rudd interpreta, acontece uns quantos meses após Guardiões da Galáxia: A Era de Ultron. No entanto, continua a ser um atecessor cronológico de Capitão América: Guerra Civil, de forma a que o super-herói pudesse ser apresentado ao público.

Publicidade

15. Capitão América: Guerra Civil (2016)

É num jornal, no começo do filme, que ficamos a perceber que a acção de Capitão América: Guerra Civil tem lugar em 2016. No final, Tony Stark recebe um pacote do Capitão América a 10 de Abril, situando o título algures nos primeiros meses no ano. Neste Guerra Civil, os heróis são confrontados com uma medida que os vai dividir; por via dos danos colaterias que têm causado na defesa da Humanidade, os governos começam a exercer pressão para que o Homem de Ferro, o Capitão América e todos os outros sejam responsabilizados. Mas isso não é tão fácil como parece e começam a definir-se dois lados.

16. Black Panther (2018)

Apesar de ter chegado aos cinemas em 2018, a Marvel situa Black Panther um ano antes, em 2017, após a morte do pai de T'Challa em Guerra Civil. No entanto, a versão do estúdio colide com o próprio filme, já que num segmento de notícias dentro do título, ficamos a saber que T'Chaka morreu há uma semana. Corroborado pela reacção da maior parte das pessoas em Black Panther, que claramente ainda está a tentar lidar com a sua morte. Daí que faça mais sentido assistir a este filme imediatamente após Capitão América: Guerra Civil.

Publicidade

17. Homem-Aranha: Regresso a Casa (2017)

Presume-se que este Homecoming não ocorra muito tempo depois de Guerra Civil. Mas a cronologia do filme é tão confusa que não há forma de o perceber com exactidão. A certa altura, temos a informação de que estes eventos têm lugar oito anos após a Batalha de Nova Iorque, o que adiantaria o filme uns quantos anos. Em 2018, o co-realizador de Vingadores: Guerra do Infinito, Joe Russo, disse que o salto no tempo estava incorreto. De acordo com a linha oficial da Marvel, o filme é de 2016. Portanto, por via das dúvidas siga a nossa sugestão e absorva este regresso – para muitos triunfante – do Homem-Aranha.

18. Doutor Estranho (2016)

É difícil acompanhar, não é? Muita gente, muitos heróis, desvios, flashbacks, referências escondidas, Benedict Cumberbatch, poderes e ameaças e por aí fora. Tenha calma porque este Doutor Estranho é mais simples. Há uma cena, logo ao inicio, quando Strange põe o relógio, que nos diz que o ano é o de 2016. O filme deve acontecer no período de um ano, enquanto Strange treina em Kamar-Taj, portanto está encontrada a solução. A história é a de um neurocirurgião que, depois de um acidente de carro, deve encontrar a cura para as suas mãos. Para isso, vai até ao Nepal, treinar com o Ancient One, que lhe ensina os caminhos da magia e das realidades alternativas.

Publicidade

19. Homem-Formiga e a Vespa (2018)

A história deste Homem-Formiga e a Vespa está cronologicamente alinhada com Vingadores: Guerra Infinita. Na sequela é mencionado que Scott Lang foi colocado em prisão domiciliária após os eventos de Guerra Civil, de 2016, por dois anos, que seriam seguidos por três anos de liberdade condicional. No filme, Lang diz que ainda tem três dias de prisão domiciliária para cumprir. E se prestar atenção ao computador de Lang, durante um curso online, consegue ver a data de 10 de Abril de 2018.

20. Thor: Ragnarok (2017)

Quando Thor encontra Bruce Banner, ficamos a saber na conversa que A Era de Ultron foi há dois anos, o que já nos deixa em posição de saber onde estamos. O final deste Ragnarok é a passadeira perfeita para Guerra do Infinito.

Publicidade

21. Vingadores: Guerra do Infinito (2018)

Era um dos títulos mais aguardados da saga e deixou os fãs a palpitar assim que chegou aos ecrãs. Guerra do Infinito, que tem em Thanos (Josh Brolin) o vilão principal, encaixa seis anos após os eventos da batalha de Nova Ioque, como Tony Stark diz ao Doutor Strange. Desta feita, os heróis vão unir-se novamente para impedir que Thanos consiga as seis inifinity stones e, com elas, consiga governar o universo transformando-o num lugar de caos.

22. Vingadores: Endgame (2019)

Endgame arranca logo após o final de Guerra do Infinito, quando os Vingadores procuram Thanos e (spoiler alert) o matam, ou seja, 2018. O filme avança depois cinco anos no futuro, como ficamos a perceber pelo title card que aparece no ecrã, portanto estamos em 2023.

Publicidade

23. Homem-Aranha: Longe de Casa (2019)

Longe de Casa é o último dos títulos e começa imediatamente após os eventos de Endgame, como o próprio trailer avisa. Portanto, antes de aqui chegar, tenha presente que precisa mesmo de ver o anterior. 

Mais para ver

Filmes, Shawshank
©IMDB

Os melhores filmes na Netflix

Filmes

Há drama, há comédia, há acção, histórias para rir desmedidamente, para roer as unhas, para colar ao ecrã horas a fio sem qualquer noção de vida exterior. Compilámos o que de melhor existe actualmente na plataforma de streaming para que não tenha de o fazer e damos-lhe uma boa dose de sugestões abaixo. Prepare os snacks, as pipocas, se as tiver, hidrate-se e ponha os olhos nos melhores filmes na Netflix.

Karate Kid
©IMDB

Os melhores filmes de luta no cinema

Filmes

Há artes marciais, wrestling, boxe, luta de rua, há histórias que se constroem em torno dos punhos, há veracidade e ficção e ambas. A premissa foi combinar argumento e execução para chegar a uma obra digna, seja ela de produção megalómana Hollywoodesca ou independente, na lista que se segue tem opções para todos os gostos. Fique a conhecer os melhores filmes de luta no cinema.

Publicidade
Mid90s
Tobin Yelland/A24

Sobre rodas: filmes de skate no cinema

Filmes

No final da década de 80, a tábua faria das ruas o habitat natural e a popularização do skate foi exponencial, transformando os skaters num ponto contra-cultural que continuaria a crescer até à actualidade. Hoje, a indústria é uma das mais apetecíveis e rentáveis. Da moda ao cinema, a transversalidade acentuou-se e o que era visto como marginal subiu ao patamar da normalização. Nomes como Spike Jonze ou Jonah Hill haviam de contribuir definitivamente para a simbiose e são por isso alguns dos nomes obrigatórios nesta que é a lista dos filmes de skate no cinema.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade