Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os dez melhores filmes de Natalie Portman

Os dez melhores filmes de Natalie Portman

A poucos dias da estreia de 'Jackie', recordamos os melhores filmes de Natalie Portman: o testemunho de que ela tanto consegue ser a namoradinha dos EUA como uma rainha vinda de outra galáxia

Jackie
Por Alyssa Ammirato |
Publicidade

Ver os melhores filmes de Natalie Portman é como uma viagem no tempo através da vida da actriz nomeada para o Óscar pelo desempenho em Jackie. Começamos na sua estreia, com apenas 12 anos, no papel de uma criança que quer ser uma assassina, e viajamos através dos seus 22 anos de carreira. Desde a adolescente problemática de uma pequena cidade à lenda de filmes de acção. Ah, e algures pelo meio ainda estudou em Harvard. 

Os dez melhores filmes de Natalie Portman

1

Sexo sem Compromisso (2011)

A melhor parte é que é mais fácil de ver e mais credível do que grande parte das comédias românticas, que têm um enredo tão previsível que qualquer um o poderia escrever. O pior é que em comparação com Amigos Coloridos, a versão com Justin Timberlake e Mila Kunis que tem a mesma história e saiu no mesmo ano, acaba por sair ofuscado. De qualquer maneira, é uma forma moderna de contar o que acontece nos dias de hoje quando um rapaz conhece uma rapariga.

2

Cisne Negro (2010)

Não é uma carreira, é uma paixão. O ballet é tudo para Nina e quando Portman aceitou o papel também ela treinou como se fosse essa a sua profissão. Neste drama com nuances de horror, a sua personagem começa a despontar quando a recém-chegada Lily (Mila Kunis) se começa a meter com ela. É uma faceta de Portman que raramente vemos – e uma que nos dá uma satisfação ansiosa.

Publicidade
3

Duas Irmãs, um Rei (2008)

Antes de Downton Abbey nos deixar obcecados com a antiga Inglaterra, Duas Irmãs, um Rei (que se estreou alguns anos antes do êxito da BBC) fez com que todos os homens se rendessem a um par de raparigas de corpete. Portman e Scarlett Johansson fazem o seu melhor para dar vida ao ligeiramente aborrecido filme sobre duas irmãs que competem pelo afecto do rei, uma adaptação do romance de Philippa Gregory.

4

V de Vingança (2005)

Baseado no romance gráfico de Alan Moore, este filme conta com Portman a lutar contra o sistema ao lado de um justiceiro mascarado – acabando, de forma notória, com a cabeça rapada. Enquanto Evey ajudava V a derrubar o corrupto governo britânico, as máscaras de Guy Fawkes começavam a voar das prateleiras das lojas de máscaras.

Publicidade
5

Garden State (2004)

Na estreia de Zach Braff enquanto realizador, Portman familiarizou o mundo com o tipo de personagem Manic Pixie Dream Girl – a perdida, mas sagaz personagem que invejamos e odiamos ao mesmo tempo. Ela, uma mentirosa compulsiva, ajuda o protagonista a enfrentar os seus problemas emocionais com um piscar de olhos e um sorriso de incentivo que só ela sabe dar.

6

Closer (2004)

Alice, a miúda da peruca cor-de-rosa, é a rapariga por quem o escritor Dan se interessa. Leva-a até Londres para depois acabar por se apaixonar por outra mulher… cujo namorado, Larry, acaba na cama com Alice. Conseguiram apanhar? Pode ser preciso ver duas vezes para que a teia seja deslindada e comece a fazer sentido, mas a stripper Portman é uma Portman como nunca a vimos antes.

Publicidade
7

Star Wars: Episode II - Ataque dos Clones (2002)

Nós sabemos que a prequela de A Guerra das Estrelas é a pior. Mas Padmé Amidala foi a predecessora da faceta guerreira que vemos em Rey em O Despertar da Força, especialmente neste segundo episódio, quando não estava a ser importunada com conspirações políticas ou não estava grávida com um certo casal de gémeos.

8

A Voz do Coração (2000)

No meio do nada, a Novalee Nation de Portman dá à luz no meio de um Wal-Mart, tornando-se numa mãe adolescente num mundo sem MTV e passando a fazer parte da amálgama de personagens que cria uma nova família e reconstrói a sua vida a partir de todas as coisas que correram mal. Não é dos melhores filmes, mas Portman é facilmente quem mais sobressai.

Publicidade
9

Eu e a Minha Mãe (1999)

Ann August parece ser uma rapariga doce com uma mãe extravagante, mas quanto mais atenção prestamos a este drama em jeito de comédia, mais camadas vemos desta estranha relação entre mãe e filha, aqui representada por Portman e Susan Sarandon. E, aqui entre nós, nunca vimos uma cara de bitch como a de Portman.

10

Léon: O Profissional (1994)

Na sua estreia enquanto actriz, a novata Portman desempenha o papel de Mathilda, uma menina de 12 anos que fica órfã até que um atirador furtivo rancoroso decide acolhê-la. É sob a sua tutela que aprende coisas sobre a sua profissão e, com isso, planeia pôr em prática os seus planos de vingança.

Listas de filmes para se perder em frente ao ecrã

Meryl Streep nos Globos de Ouro 2017
©Image Group LA/HFPA
Filmes

Os 10 melhores filmes de Meryl Streep

Faça lá as contas: 80 papéis, 19 nomeações aos Óscares, 3 vitórias. Se isto não merece um prémio de carreira, então não sabemos o que merece. A 74ª edição dos Globos de Ouro distinguiu Meryl Streep, de 67 anos, com o prémio Cecil B. DeMille. Enquanto o discurso da actriz norte-americana se tornou viral, nós fomos à procura dos seus 10 melhores filmes.    Recomendado: Os melhores filmes de Carrie Fisher

Filmes

Seis filmes emblemáticos de Marilyn Monroe

De "Niagara", o seu primeiro sucesso, a "Os Inadaptados", o último que completou antes de morrer, passando por "Os Homens Preferem as Loiras", eis uma escolha dos filmes mais marcantes interpretados pela loura mais carismática e sensual de Hollywood.

Publicidade
OS HOMENS DO PRESIDENTE (1976)
©DR
Filmes

Robert Redford em dez filmes

Há mais quatro filmes com Robert Redford para serem estreados. A seguir, o actor não mais aparecerá na tela, já que decidiu continuar no cinema unicamente como realizador, encerrando uma longa, prestigiada e premiada carreira de actor que começou na televisão, há quase 60 anos.

Publicidade