Os melhores filmes portugueses de 2017

O ano de 2017 assistiu à estreia de vários filmes portugueses com muita qualidade. Estes foram os melhores

©DRFátima de João Canijo

O ano de 2017 assistiu à estreia de vários filmes portugueses com muita qualidade. Na ficção, como Fátima, de João Canijo, São Jorge, de Marco Martins, ou Fábrica de Nada, de Pedro Pinho. E no campo do documentário, onde se destacaram Ama-San, de Cláudia Varejão, e Nos Interstícios da Realidade ou o Cinema de António de Macedo, de João Monteiro.

Os melhores filmes portugueses de 2017

Fátima

5 /5 estrelas

O autor de Sangue do Meu Sangue filma os efeitos físicos, emocionais e psicológicos que a peregrinação a Fátima tem sobre um grupo de mulheres que se conhecem bem e têm as mesmas origens sociais. Com um sentido de encenação do real único no cinema português.

Ler mais

São Jorge

4 /5 estrelas

Evocando os climas visuais e anímicos do policial de boxe americano e do cinema social europeu clássico, São Jorge é um filme sobre a crise que não resvala para o comício.

Ler mais
Publicidade

Ama-San

4 /5 estrelas

A realizadora portuguesa Cláudia Varejão foi ao Japão filmar este magnífico e completo documento sobre um grupo de mulheres que perpetua uma tradição ancestral.

 

Ler mais

A Fábrica de Nada

3 /5 estrelas

Fábrica de Nada tem muito que se lhe diga. É uma ficção chegadinha à realidade da crise, uma reflexão sobre o estado do movimento laboral e o futuro do capitalismo, uma interrogação sobre os tempos de transição que vivemos e até tem um interlúdio musical.

Ler mais
Publicidade

Nos Interstícios da Realidade

4 /5 estrelas

Um dos directores do MOTELX faz justiça ao realizador António de Macedo, ostracizado pelo meio cinematográfico e pelos poderes que distribuem os apoios financeiros por ter optado por fazer cinema de género.

Ler mais

Best of 2017

Os melhores filmes de 2017

Cada final de ano, na altura dos habituais balanços, e no que ao cinema diz respeito, chegamos sempre à mesma conclusão. Começámos pouco optimistas em relação à qualidade dos filmes que íamos ver; e acabámos com a satisfação de que vimos suficientes bons filmes para elaborar uma lista com os dez melhores, e ainda ficam de fora uns quantos que também lá cabiam perfeitamente.

Ler mais
Por Editores da Time Out Lisboa

Os melhores discos portugueses de 2017

A música portuguesa vive dias bons. Com bandas e artistas a falarem a sua língua e a produzirem canções que reflectem o país e o presente. Do indie rock português das Pega Monstro e Putas Bêbadas às batidas afromecânicas de Nídia e DJ Lycox, passando pela folk lisboeta de Éme e Luís Severo, o hip-hop de Slow J e os Orelha Negra ou o fado de Camané. Estes foram os melhores discos do ano.

Ler mais
Por Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

Os melhores discos internacionais de 2017

Mais um ano, mais uma remessa de grandes discos e músicas, para todos os gostos e feitios. Da frescura rock lo-fi de Mac DeMarco ao indie rock de Thurston Moore, passando pela pop vanguardista de Benjamin Clementine ou o hip-hop de Vince Staples, Young Thug ou Kendrick Lamar.

Ler mais
Por Editores da Time Out Lisboa

Comentários

0 comments