A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
91st Oscars®, Academy Awards
Aaron Poole

Os melhores momentos dos Óscares 2019

Quais foram os momentos que marcaram a 91ª cerimónia de entrega dos Óscares?

Time_Out_em_associação_com_MEO
Publicidade

A 91ª cerimónia de entrega dos Óscares ainda agora acabou mas nós queremos saber como será recordada. De que é que se vai falar daqui a 12 meses ou 12 anos? Estas são as nossas apostas.

Veja aqui os vencedores dos Óscares 2019

Os melhores momentos dos Óscares 2019

O primeiro Óscar do Netflix (mais ou menos)
Phil McCarten / ©A.M.P.A.S.

O primeiro Óscar do Netflix (mais ou menos)

Melhor Realizador e Melhor Fotografia. Os prémios são para o realizador mexicano Alfonso Cuáron mas a plataforma de streaming sai vencedora, ainda que indirectamente. Foi a Netflix quem produziu o filme Roma, a prova de que o futuro do cinema pode estar neste tipo de distribuição.

O discurso de Olivia Colman
Aaron Poole / ©A.M.P.A.S.

O discurso de Olivia Colman

Há muitos actores que dizem “não estava nada à espera de ganhar” mas poucos mostram surpresa de forma tão genuína como Olivia Colman fez. A actriz principal de A Favorita fez os agradecimentos-tipo – os filhos, o marido, as suas co-protagonistas – mas não esqueceu a concorrência. Glenn Close, que à sétima nomeação não conseguiu nenhum troféu, foi lembrada: “És o meu ídolo há muito tempo”, disse.

Publicidade
O apresentador (ou a falta de um)
Aaron Poole / ©A.M.P.A.S

O apresentador (ou a falta de um)

A cerimónia deste ano foi marcada pela ausência de um apresentador. Depois da desistência de Kevin Hart a academia resolveu não escolher ninguém para capitanear a cerimónia. O resultado? Ninguém deu pela falta de um apresentador e a cerimónia decorreu sobre rodas. Será este o modelo adoptado para os Óscares de agora em diante?

O fato de Spike Lee
Phil McCarten

O fato de Spike Lee

Podemos começar por falar do fato roxo do realizador de Blackkklansman - O Infiltrado. Deu nas vistas, é verdade. Mas o seu discurso causou um impacto semelhante. O vencedor do Óscar para Melhor Argumento Adaptado falou do momento político que se vive na América e incentivou os seus compatriotas a “fazer a coisa certa” em 2020. Mais tarde, Lee referiu com ironia que “sempre que há alguém a conduzir alguém, eu perco” numa alusão a Green Book, o vencedor de melhor filme que acabou com as esperanças de Lee. Recorde-se que no ano em que estreou “Do The Right Thing”, a obra-prima de Spike Lee, o vencedor de Melhor Filme foi “Driving Miss Daisy”.

Publicidade
A interpretação de Shallow
Aaron Poole

A interpretação de Shallow

O momento em que Lady Gaga e Bradley Cooper cantam o refrão de Shallow bochecha-a-bochecha foi um dos mais bonitos e comoventes da cerimónia. A canção parece feita para este tipo de eventos e a química entre os dois actores é inegável. Como se isso não bastasse, Lady Gaga viria a ganhar o Óscar para Melhor Canção Original. Merecidíssimo.

 
Os Óscares de Black Panther
Phil McCarten

Os Óscares de Black Panther

Mesmo antes de ganhar qualquer estatueta, este filme de super-heróis já tinha um impacto cultural gigante. De todos os candidatos, era aquele que tinha a maior pegada mediática e o maior legado, por ser o primeiro filme de um super-herói negro. Os Óscares de Melhor Cinematografia, Melhor Banda Sonora Original e Melhor Guarda-Roupa ajudam a cimentar a lenda.

Publicidade
As vitórias de Green Book
Phil McCarten

As vitórias de Green Book

O vencedor na categoria de Melhor Filme não é consensual. Green Book - O Guia aborda o problema do racismo através da perspectiva de um homem branco e foi acusado de “whitewashing” - de ser um filme condescendente e banal. Para além de vencer na categoria principal, o filme valeu a Mahershala Ali o Óscar de melhor actor secundário. É o segundo Óscar na mesma categoria para o actor que também brilhou em Moonlight, de 2017. 

Apanhe o comboio dos Óscares no MEO Videoclube
©2018 Warner Bros

Apanhe o comboio dos Óscares no MEO Videoclube

Ainda não viu todos os filmes premiados? O MEO VideoClube dá-lhe uma mãozinha. Assim Nasce Uma Estrela teve oito nomeações mas apenas levou para casa o Óscar de Melhor Canção Original. Mas melhor do que ouvir a “Shallow” vezes e vezes sem conta é conhecer a história à volta dela. Outro dos vencedores da noite, Blackkklansman: O Infiltrado, também está no MEO Videoclube. A história de Spike Lee sobre um negro infiltrado no Klu Klux Klan valeu-lhe um Óscar de Melhor Argumento adaptado.

Continue a brincar aos Óscares

Jogue o Bingo dos Óscares 2019 e habilite-se a ganhar um prémio
  • Filmes

Está a planear ver os Óscares com os amigos? Ou sozinho com um balde de pipocas? Independentemente de ser um espectador regular ou ocasional, o Bingo Óscares 2019 é o jogo perfeito para não perder pitada da cerimónia, não adormecer a meio e ainda se habilitar a ganhar um prémio.

Conteúdo patrocinado
Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade