Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Nove fantasias inspiradas em filmes para o Carnaval
Joker (2019)
©Warner Bros Joker de Todd Philips

Nove fantasias inspiradas em filmes para o Carnaval

É Carnaval, pois, ninguém leva a mal, pelo que é aproveitar para assustar, pregar um cagaço ou simplesmente surpreender com uma destas fantasias inspiradas em filmes.

Por Rui Monteiro e Sebastião Almeida
Publicidade

Bruce Wayne, Clark Kent ou Selina Kyle não servem de disfarce. Batman, Super-Homem ou Catwoman, ainda vá que não vá, mas são, todos eles, sinal de fraca imaginação. Não vale a pena ir por ideias mirabolantes: a Sétima Arte está repleta de boas referências para boas máscaras, que oscilam entre o simples e o sofisticado, o aterrorizador e o fofinho – e que não se repetem em todas as festas. Pode até reutilizar algumas ideias em Outubro, visto que são arrepiantes o suficiente para o Halloween. Destaque-se da multidão com uma destas nove fantasias inspiradas em filmes. 

Recomendado: Coisas para fazer no Carnaval

Nove máscaras de Carnaval catitas saídas de filmes

Jason Voorhees

Este é fácil, mas a quem não reconhece o nome de baptismo, Jason é o herói maléfico da série Sexta-feira 13, embora no primeiro dos, até agora, 12 filmes produzidos, ainda não usasse máscara. É simples e barato. Apesar da dificuldade em encontrar uma máscara de hóquei sobre o gelo, pouco mais é necessário que um facalhão sujo de sangue e meia dúzia de acessórios, estilo roupa rasgada, cotoveleiras ou joalheiras fanadas e, naturalmente, má atitude.

Wednesday Addams

É, discutivelmente, a miúda mais pálida e macabra do grande e do pequeno ecrã. Wednesday, interpretada por Cristina Ricci nos filmes de Barry Sonnenfeld, é a filha do casal-maravilha Morticia e Gomez que consegue ter um humor ainda mais negro do que as roupas que veste. Para encarnar a personagem, é preciso pouco: um vestido preto, uns collants pretos, uns sapatos pretos e uma peruca entrançada – adivinhou? – preta. Como acessórios, aposte numas barbies sem cabeça e (se o tiver) num irmão mais novo para atormentar sempre que possível.

Publicidade

Pale Man

Elevando um pouco o nível de sofisticação eis-nos chegados a uma personagem que, não só no filme de Guillermo del Toro, O Labirinto do Fauno, é levada da breca, como se costuma dizer. Em primeiro lugar este mostrengo com apetite por criancinhas (quem quiser ver a metáfora, faz favor) não tem os olhos no sítio devido. Mas, pronto, é para isso que serve a ciência, e com certeza há-de encontrar-se um tecno-tecido qualquer que permita ver além, ou disfarçar uma go-pro de olho e andar com ele na mão. Depois, não esquecer, é um fatinho completo e repleto de rugas nojentas. O mais relevante, porém, é o costume em qualquer vilão: má atitude. E, por último mas não menos importante, mesmo sendo Carnaval, comer criancinhas (metaforicamente e literalmente falando) não é nada bem visto.

A Bruxa Má do Oeste

Ora aqui está um caso em que má atitude não chega para compor bem o retrato. É preciso pelo menos um par de macacos voadores críveis. Caso contrário a Bruxa Má do Oeste, que tanto atormenta Dorothy e os seus camaradas (todos, já agora, belos disfarces carnavalescos) em O Feiticeiro de Oz, é apenas mais uma bruxa, estilo Madame Min, não Maga Patalogika (que também não são má máscara, não senhor). Saber voar numa vassoura é um requisito muito apreciado (e ainda serve para jogar quidditch), mas difícil de alcançar, pelo que se recomenda investimento em maquilhagem e guarda-roupa. E má atitude, porque apesar de tudo macacos voadores são ainda mais raros que as vacas do primeiro-ministro ou os porcos lisérgicos dos Pink Floyd.

Publicidade
Joker (2019)
Joker (2019)
©Warner Bros

Joker

Se Batman, seja na versão Tim Burton ou Christopher Nolan,  está um pouco visto, já o Joker é uma conversa completamente diferente. É difícil fugir ao mediatismo de Joker, o filme de Todd Phillips, mas vale sempre a pena lembrar também o Joker de Heath Ledger. Um bocado de pintura no rosto, uma cabeleira desgrenhada , um fato mal jeitoso, uma dose certa de sarcasmo e deve ser suficiente para brilhar no dia de Carnaval.

Nanny McPhee

É um pouco trabalhosa a máscara da ama com poderes mágicos criada por Emma Thompson e uma equipa de maquilhadores, mas Nanny McPhee é um disfarce e uma tentação. Afinal, quantas vezes é que uma pessoa pode mostrar o seu mau feitio e a sua severidade educativa e disciplinadora e ainda sair como a salvadora da família? Pronto, pelo menos duas vezes (se a série ficar por aqui). Por outro lado, é preciso uma certa predisposição, quer dizer, lata, para encarnar ama mais feia que noite de trovões sem deixar cair o dente postiço ou a verruga mudar acidentalmente de sítio. 

Publicidade

Jack Sparrow

O pirata mais esperto das Caraíbas, o primeiro e único Jack Sparrow, é um desafio cheio de… Enfim, não é fácil, com aquela melena e aquelas trancinhas, mais os anéis e as fitas e o chapéu e o fato andrajoso. Mas isso ainda é o menos. Difícil são os trejeitos, a afectação, os maneirismos que fazem da personagem interpretada por Johnny Depp um disfarce apenas disponível aos mais aptos dos perseverantes. Tem as suas compensações: não é preciso má atitude, apenas maradice e malandrice. Por outro lado, não assusta ninguém e, em contrapartida, faz rir multidões. Pelo que se a cidadã ou o cidadão estiverem virados para ser gozados e eventualmente sair como rei da festa, já se sabe: não descure os pormenores.

Pulp Fiction, best 90s movies
Pulp Fiction, best 90s movies

Mia Wallace

É uma das personagens mais marcantes da história do cinema e um dos disfarces mais fáceis de elaborar. Calças pretas, camisa branca, cigarro na mão e já está. A atitude é que não é tão fácil de imitar. Julia Roberts esteve para ser escolhida por Tarantino para interpretar a mulher de Marsellus Wallace em Pulp Fiction, mas pediu um caché demasiado alto e o realizador depressa desistiu da ideia. Quando Tarantino conheceu Uma Thurman, contratou-a logo para o papel. A personagem que se tornou icónica valeu-lhe uma nomeação para o Óscar de melhor actriz secundária.

Publicidade
Harley Quinn in Suicide Squad
Harley Quinn in Suicide Squad
Clay Enos

Harley Quinn

Harleen Francis Quinzel, se quisermos ser mais precisos. O primeiro passo é arranjar o bastão, tarefa que não será difícil. Mas já há que dar voltas à imaginação para encontrar a tshirt com a frase “Daddy’s Lil Monster” e, se quiser ser mesmo realista, deixe a peruca de lado e pinte o cabelo de azul e vermelho. Margot Robbie encarnou a personagem, primeiro em Suicide Squad (2016) e agora em Birds of Prey que se estreia em Fevereiro, mesmo a tempo de reavivar a memória da indumentária para o Carnaval.

Carnaval em Lisboa

Carnaval
Fotografia: Ugur Arpaci/ Unsplash

Oito festas de Carnaval no mundo

Viagens

Já no século XIII, nomeadamente no reinado de D. Afonso III, se festejava o Entrudo em Portugal. Do latim introitus, que significa “entrada”, tratava-se de um período de três dias antes da entrada na Quaresma, onde se lançavam pelas ruas baldes de água, ovos, laranjas e até farelos e se cometiam excessos na comida, antes do jejum. 

Colombina Clandestina
Colombina Clandestina

Siga estes desfiles de Carnaval em Lisboa

Coisas para fazer Caminhadas e passeios

É verdade que o nosso Carnaval fica um pouco aquém das históricas e pujantes celebrações de Ovar, da Madeira ou de Torres Vedras (nossos ricos vizinhos) – e nem vamos falar do que acontece todos os anos em Veneza ou no Rio de Janeiro. Mas em Lisboa, embora algumas tradições tenham ficado pelo caminho, ainda há foliões suficientes, e de todas as idades, que vão sair à rua para celebrar o entrudo.

Publicidade

Actividades de Carnaval para crianças em Lisboa

Miúdos

O Carnaval é para todos e as férias até podem ser curtinhas, mas bem sabemos como às vezes é difícil encontrar actividades para os miúdos se entreterem. Para não ter de resolver o problema sozinho, fomos à procura das melhores oficinas e workshops para pequenos foliões. Não acredita? Então espreite estas actividades de Carnaval para crianças e Lisboa.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade