Sete séries de televisão clássicas com super-heróis

Muito antes de irem para o cinema, vários super-heróis dos comics já tinham as suas séries de televisão, do Super-Homem ao Homem-Aranha, embora quase sempre sem os meios técnicos e os orçamentos de hoje
Columbia Pictures
Publicidade

O Super-Homem apareceu na televisão nos anos 50, e nas décadas seguintes foi imitado por outros super-heróis, que também ganharam as suas séries próprias, tendo algumas delas atingido estatuto de culto. Caso do Batman com Adam West no papel do Homem-Morcego.

Sete séries de televisão clássicas com super-heróis

Camera

'Super-Homem' (1952)

A primeira série de televisão feita com a personagem criada por Jerry Siegel e Joe Shuster tem George Reeves no papel do Homem de Aço, e nasceu de um filme de série B a preto e branco de 1951. Os enredos são ingénuos, os efeitos especiais pobres, as interpretações pouco brilhantes, mas é uma série pioneira e o genérico apanha bem o espírito da personagem e das suas aventuras. 

Camera

'Batman' (1966)

Com Adam West no papel de Batman e Burt Ward no de Robin, esta série baseada no comic criado por Bob Kane transformou-se num fenómeno de culto, a que não é alheio o seu tom deliberadamente humorístico, o estilo camp e a presença de muitos actores famosos interpretando os vilões. Caso de, entre muitos outros, Vincent Price, Eartha Kitt, George Sanders, Julie Newmar, Bugess Meredith ou Eli Wallach.

Publicidade
Camera

'A Super-Mulher' (1975)

Antes de existir esta série com Lynda Carter no duplo papel de Super-Mulher e de Diana Prince, a sua identidade “humana”, foram feitos dois telefilmes, o primeiro deles com Cathy Lee Crosby na protagonista. O seu sucesso levaria à criação da série, onde Lynda Carter, que tinha substituído Crosby no segundo telefilme, continuou a dar corpo à personagem.

Camera

'O Homem-Aranha' (1977)

A personagem de Stan Lee e Steve Ditko já andava pela televisão nos anos 70, em desenhos animados e em imagem real. Na origem desta série está um telefilme que, no entanto, nalguns países (Portugal incluído), foi exibido nos cinemas. O papel do super-herói com poderes de aracnídeo calhou a Nicholas Hammond, que havia interpretado um dos filhos da família Von Trapp em Música no Coração.

Publicidade
Camera

'O Incrível Hulk' (1977)

O aspecto mais curioso desta série é a divisão por dois actores do papel do super-herói verde criado por Stan Lee e Jack Kirby. Assim, enquanto que o cientista David Banner é interpretado por Bill Bixby, o Hulk, a criatura verde e poderosa em que ele se transforma quando se enfurece ou fica num estado de tensão extrema, é personificada pelo campeão de musculação Lou Ferrigno, maquilhado e pintado de verde.

Camera

'Superboy' (1988)

Na sequência dos filmes da série Super-Homem com Christopher Reeve, e de Supergirl, com Helen Slater, os seus produtores, Ilya e Alexander Salkind, decidiram apostar numa série de televisão sobre a juventude do Homem de Aço.  John Haymes Newton durou apenas a primeira temporada no papel de Superboy, tendo sido substiuído por Gerard Christopher nas três restantes. 

Publicidade
Camera

'The Flash' (1990)

O super-herói que tem o poder da hipervelocidade beneficiou de um orçamento e de efeitos especiais que, à altura, estavam normalmente reservados para o cinema. Os produtores de The Flash quiseram, no entanto, fazer tudo em grande escala, precisamente para que a série parecesse uma produção cinematográfica em vez de televisão remediada. O papel do Flash foi para  John Wesley Shipp.  

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com