Nestas saunas gay nunca é Inverno

Massagens, quartos escuros, tratamentos spa, festas com DJs e muita animação. Esqueça o frio, saia de casa e relaxe nas saunas gay da cidade.
Olissipo Bath
Fotografia: Francisco Santos
Por Editores da Time Out Lisboa |
Publicidade

O tabu, esse palavrão. A eterna bengala de tudo o que é, à partida, desconhecido ou tido como errado, a reacção facilitista ao diferente. Pois bem, aqui o tema é precisamente o contrário. Nos últimos anos a Lisboa do conservadorismo transformou-se e floresceu para um fantástico novo mundo, uma existência democrática, all serving, que abraça todos os credos. Não é de estranhar, portanto, que os espaços acompanhem a tendência e que a capital tenha hoje uma oferta particularmente atractiva quando o assunto é LGBT.

É certo que os bares são parte obrigatória do roteiro mas relaxe, as saunas também já o são, e este é o guia Time Out para que, independentemente do frio que o termómetro marque, possa tirar o casaco – e tudo o resto – e desfrutar. Aproveite as massagens, os tratamentos spa, as festas e siga noite dentro com as nossas sugestões.

Recomendado: Dez filmes gays essenciais

As melhores saunas gay em Lisboa

Trombeta Bath - Sauna
Fotografia: Ana Luzia
Noite

Trombeta Bath

icon-location-pin Bairro Alto

Do meio-dia de sexta até à madrugada de segunda, a Trombeta Bath, a sauna gay do Bairro Alto, está sempre a funcionar. Só para homens e muito frequentada por turistas, a sauna tem um staff de massagistas disposto a “many kinds of pleasure”, entre as 12.00 e as 00.00, e com massagens a vários preços, a partir de 20€. O centro de rastreio rápido CheckpointLx também tem uma equipa na sauna, para testes gratuitos e anónimos de VIH, sífilis e vírus da hepatite C.

saunapolo56
©DR
Noite

SaunApolo 56

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

É hetero friendly e a única sauna mista LGBT em território nacional. Aqui há sauna, banho turco, cascata de relaxamento, glory holes, gabinete de massagem (com ou sem massagista), cabines privadas com filmes eróticos, sala BDSM com sling, quarto escuro e sexshop. Também é possível alugar a SaunApolo56 para eventos, despedidas de solteiro, sessões fotográficas ou filmagens, num espaço que também é palco de festas sugestivas, como a Festa da Máscara e do Fetiche com Apagão ou a Festa Naturista.

Publicidade
Olissipo Bath
Fotografia: Francisco Santos
Gay

Olissipo Bath

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Uma recepção com bar, sauna, jacuzzi, duches, cabines “de relax” e um serviço de massagens profissionais (entre 30€, para uma massagem de meia hora, a 90€, para uma massagem com ventosas) são algumas das mordomias da sauna gay da Rua do Telhal. 

Gay

Sauna Oásis

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Presença frequente nos roteiros gay da capital, o espaço pode não ser o argumento maior nesta sauna de pequenas dimensões, mas ainda assim a Oásis, próximo da Avenida da Liberdade, tem dentro um pequeno ginásio, serviços de massagem e um dark room que não deixa nada a dever à concorrência. A sauna está aberta a toda a comunidade gay mas é, definitivamente, muito mais popular entre clientes mais velhos, não sendo por isso a opção ideal para quem procura uma atmosfera de carácter mais jovem.

O melhor da noite LGBT em Lisboa

Cher No Billz
©DR
Gay

Sair do armário – o melhor da agenda LGBT em Lisboa

A agenda LGBT em Lisboa é bastante profícua: há sempre uma festa para ir, um copo para partilhar e uma pista de dança para ocupar. Se lhe faltam planos para esta semana, não desespere. Pode sempre contar connosco para lhe dar o que fazer. Junte os amigos e siga estas três sugestões – vão pô-lo a transpirar felicidade. Ou sentadinho numa sala de cinema a ver histórias de amor. Com ou sem fetichismo. O que importa é que não seja a preto-e-branco. Se há altura para investir no arco-íris, é agora. Recomendado: Os 50 melhores bares em Lisboa

Purex
Fotografia: Ana Luzia
Noite

Os melhores bares gay de Lisboa

Os primeiros bares gays em Lisboa começaram a espreitar pela fresta do armário nos anos 60. Hoje, os dedos de duas mãos não chegam para os contar. Este é só um sinal de que a cidade está cada vez mais arejada e pronta para acolher toda a gente. De quartos escuros a bares fetichistas, sem esquecer discotecas onde se dança nu e terminando nos melhores sítios para beber um copo ao fim do dia. Para que as suas noites sejam sempre arco-íris e nunca cinzentas, preparámos-lhe uma lista com os melhores bares gay em Lisboa. Não há desculpas para não sair do armário.  Recomendado: O melhor da agenda LGBT em Lisboa

Publicidade