Lux Lisboa Park Hotel: lux(o) e simplicidade

Apesar de ser mais direccionado para viagens de negócios, pernoitar aqui é uma experiência onde o luxo e a simplicidade andam de mãos dadas.

Fotografia: Arlindo Camacho

De linhas severas e cores monocromáticas a puxar ao estilo escandinavo, o Lux Lisboa Park é um hotel de fato e gravata. Passa despercebido no meio da azáfama da zona adjacente ao Parque Eduardo VII, mas ganha pela localização a escassos minutos do centro da cidade.

Lux Lisboa Park Hotel

O Lux Park é feito à medida de clientes mais exigentes, ou se quisermos ir pelo caminho dos anglicismos, é um hotel corporate, equipado com salas de reunião e outras maiores para eventos com todo o material audiovisual necessário.

Subindo aos quartos, completamente insonorizados, salta à vista a simplicidade: funcionais, sem grandes artifícios e arejados – são 95 no total divididos pelos seis pisos. E as camas? São o conforto máximo que se pede ao fim de um dia. É deitar e sentir o colchão moldar-se ao corpo. 

O Lux Lisboa Park, ainda que esteja aberto desde o ano passado, tem serviços a serem concluídos e outros ajustados como é o caso do spa Organic e do ginásio. A cadeia hoteleira está a transformar ambos os serviços apostando numa componente medicinal, ou seja, além de massagens de relaxamento, há tratamentos de osteopatia ou acupuntura, assim como no ginásio há serviços de fisioterapia e tratamento clínico. Tudo à base de práticas naturais.

Os serviços funcionam no piso 6 (enquanto a estrutura de spa não é concluída no -2) junto ao terraço com uma piscina de água aquecida tipo tanque, que futuramente vai levar uma cobertura retráctil para aproveitar mesmo sem sol.

Publicidade

Uma cozinha aberta para a sala

No -1 acontece a magia que lhe afaga o estômago: o Salvo Seja. O restaurante serve o pequenoalmoço aos hóspedes – generoso, por sinal. Toda a cozinha é aberta para a sala de refeições, uma vantagem (diríamos nós) pois podem fazer-se pedidos directamente ao chef. O Salvo Seja está também aberto ao almoço (12.00-15.30) com menu buffet. Aproveite a vista das grandes vidraças que dão para o exterior: uma parede de 40 metros de altura que, na verdade, é um jardim vertical. Num futuro próximo, o Salvo Seja servirá jantares e terá workshops de cozinha: tudo aberto ao público.

Ver preços Ler mais
São Sebastião

Outros hotéis em Lisboa

Iberostar Lisboa: sonhar com vista para o Marquês

O grande sonho dos que gostam de adormecer com as luzes da cidade e acordar com a luz do dia está no oitavo andar. Foi onde ficámos neste novo hotel de Lisboa e sugerimos que faça como nós: é abrir completamente os cortinados para ter uma parede panorâmica que dá a sensação de acordar a pairar sobre o centro da cidade.

Ler mais
Por Catarina Moura

Pousada de Lisboa: a bolsa ou a (rica) vida? As duas

Uma mente intranquila acusa dificuldade em desligar da corrente, mesmo quando deposita o seu corpo nas mãos do mais competente dos massagistas. “Tem dificuldades em descontrair?” Verdade, David. Desde sempre, para sermos mais exactos, muito antes da derrocada da banca.

Ler mais
Por Maria Ramos Silva
Publicidade

WC Beautique Hotel: um quarto de banho na Almirante Reis

“Então onde é que dormiu esta noite? Numa casa de banho. Aliás, numa grande casa de banho. E paguei por isso. E gostei.” A resposta pode parecer bizarra, mas aqui passa por coisa perfeitamente normal. No número 35 da Avenida Almirante Reis abriu o WC Beautique Hotel. Um hotel de charme cujo conceito é oferecer todas as comodidades em ambiente WC. E nós fomos experimentar.

Ler mais
Por Francisca Dias Real

Comentários

0 comments