Escapadinhas com crianças: atracções a menos de uma hora de Lisboa

Os miúdos odeiam andar de carro. Por saber isso mesmo, fomos à procura de alternativas de passeios fora da cidade que não obriguem a grandes viagens – com programas aliciantes para eles e a uma hora ou menos de Lisboa
Quinta Pedagógica Burros do Magoit
©Quinta Pedagógica Burros do Magoit Quinta Pedagógica Burros do Magoito
Por Helena Viegas |
Publicidade

"Mãe, Pai, falta muito para chegar?" Se a pergunta insistente lhe é familiar, temos cinco ideias para aproveitar os fins-de-semana, tirar as crianças de casa mas não ir para longe da cidade. A menos de uma hora de Lisboa, há atracções para toda a família, que incluem actividades radicais ou campestres. Enfie os miúdos no carro e boa (mini) viagem. 

Escapadinhas com crianças: atracções a menos de uma hora de Lisboa

Mega Campo
©DR
Miúdos, Eventos activos

Megacampo Parque Aventura

icon-location-pin Mafra/Ericeira

São 40 hectares de terreno, a recriar 12 campos de jogos, por isso não há que ter medo de alimentar expectativas erradas: é mesmo um megacampo de aventura o que os miúdos vão encontrar. O que convém explicar-lhes é que é preciso reunir um grupo de 10 pessoas e que alguns acessórios (como as fardas ou as luvas), são cobrados à parte, bem como as actividades extra de rapel, slide ou escalada, para não haver surpresas na hora de pagar. Os pacotes são flexíveis e, entre as inúmeras opções – paintball, lasertag, orientação, tiro ao alvo ou com arco, etc. – é fácil encontrar soluções não só para festas de aniversário diferentes, mas também para encontros de amigos ou com a família alargada. 

quinta da montanha
©DR
Miúdos

Quinta da Montanha

icon-location-pin Mafra/Ericeira

O convite para conhecer esta escola ao ar livre é para as crianças, mas também para os tios, primos, avós, amigos, amigos dos amigos e os filhos deles. E isto porque os programas – que podem ser de uma manhã ou tarde (9€) ou de um (14€) a três dias na quinta (100€) – são para grupos de 15 pessoas e há que reunir “uma turma” para poder reservar. Conhecer os animais da quinta é o nível básico de aprendizagem, mas ainda há a horta, a estufa e o pomar, e os miúdos são convidados a participar em actividades que vão de cozer o pão e a brincar aos veterinários, até à modelagem do barro, fotografia ou aventuras desportivas, como uma prova de orientação. O alojamento é em camarata e os ateliês podem ser escolhidas à la carte, no número previsto em cada pacote. Só as actividades de aventura são pagas à parte.

Publicidade
Kartódromo internacional de palmela
Fotografia: Arlindo Camacho
Coisas para fazer, Eventos desportivos

Kartódromo Internacional de Palmela

icon-location-pin Grande Lisboa

Os aspirantes a piloto de Fórmula 1 vão ficar delirantes, mas é melhor olhar bem para a fita métrica antes de sair de casa: o kartódromo tem uma pista júnior para os mais novos, com karts de vários tamanhos, só que é obrigatório ter 1,20 metros de altura para poder acelerar. Aos fins-de-semana, a pista pode ser reservada para grupos por uma hora, de manhã ou entre as 14.00 e as 15.00, por 160€. Fora desse período, os bilhetes são individuais e custam 11€/15 minutos. Na pista, há um técnico a garantir a segurança e a ensinar as regras básicas de condução – importante para os pais – mas o que eles vão querer mesmo é aprender tudo rapidamente para sentirem a adrenalina de andar numa pista a sério.

Tapada De Mafra
© Arlindo Camacho
Atracções, Zoológicos e aquários

Tapada Nacional de Mafra

icon-location-pin Mafra/Ericeira

São 30 minutos dentro do carro e já está (o pesadelo do “sair de casa” não conta, porque é obrigatório, qualquer que seja o destino). Depois, há mais de mil hectares de verde para explorar, com uma fauna selvagem de gamos e veados, javalis, raposas, 60 espécies de aves e um sem-número de animais. Mas talvez seja boa ideia passar pelo site da Tapada Nacional de Mafra e chegar já com um plano mais ou menos delineado. Na hora, os miúdos vão ficar baralhados com tantas opções: passeios de BTT, visitas guiadas num comboio de lata, passeios nocturnos, baptismos de cavalo, workshops de apicultura, aulas de tiro com arco... Além disso, há horários específicos e vai ter de lhes repetir mil vezes porque é que o geocaching “agora já não dá”. Os bilhetes para o passeio pedestre custam 4€ e a viagem no comboio fica em 12€, mas há packs-família a permitir combinar várias actividades e até cestos de piquenique com o almoço já preparado – basta reservar na véspera (32€).

Publicidade
Reserva Burros da Aldeia do Magoito
©Reserva Burros da Aldeia do Magoito
Miúdos

Quinta Pedagógica Burros do Magoito

icon-location-pin Sintra

Nesta quinta também vivem póneis, coelhos, porcos, cabras e ovelhas, mas o nome não foi escolhido ao acaso: os burros (e as burras ou jumentas) são, de facto, os protagonistas. O projecto investe na preservação desta espécie em vias de extinção, dedica-se à asinoterapia –promovendo actividades com adultos e crianças com necessidades especiais –, e ainda explora as propriedades do leite de burra –que já Cleópatra sabia como ajudava a nutrir a pele – na área da cosmética. Durante a visita, os miúdos contactam com os animais e podem passear de burro (10€) ou dar uma volta pela aldeia do Magoito sentados numa charrete (10€). No picadeiro, podem passear em cima de um pónei (10€) e ainda ajudar a tratar e alimentar os animais.

Guia para entreter os miúdos

Rua das lisboa com movimento
Fotografia: Arlindo Camacho
Miúdos

Os melhores passeios com crianças em Lisboa

Parque infantil, bicicleta à beira-rio e toca a voltar para casa que já está na hora do banho. A Time Out quer acabar com os velhos hábitos, ajudá-lo a quebrar rotinas e levar os miúdos a descobrir Lisboa. Sempre em diferentes meios de transporte. Sim, até de helicóptero! Estes são os melhores passeios com crianças em Lisboa. 

Publicidade
Centro de Arte Moderna, Fundação Calouste Gulbenkian
©Cam/Paulo Castanheira
Miúdos

Museus para crianças em Lisboa? São mais que as mães e bem divertidos

É uma grande injustiça dizer que a palavra museu cheira a mofo. Mas se começou por arrastar os miúdos para uma exposição interminável que só interessou aos pais... é bem possível que o programa enfrente alguma resistência. Não desanime. Fomos à procura dos melhores museus para crianças em Lisboa. Para ir ao passado e ao futuro, sem sair do presente.

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com