Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right As melhores músicas para treinar no ginásio (ou ao ar livre)
Ginásio
©DylanNolte/Unsplash

As melhores músicas para treinar no ginásio (ou ao ar livre)

No ginásio ou na rua, música para aumentar a motivação no treino não vai faltar. Estas são as nossas melhores músicas para treinar

Por Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

Está numa missão de se exercitar? Uma corrida matinal parece-lhe melhor plano do que ficar pela cama a procrastinar e a pensar no sentido da vida? Aprovamos e damos uma ajuda. Reunimos alguns dos temas que fazem mexer a redação da Time Out Lisboa e atiramo-los sem pudor à lista que se segue. Se o que lhe faz bem é rock, temos. Se preferir um reggaeton, também temos. Sente-se super fierce e uma Beyoncé é que traz a motivação necessária? Não há remédio que falte na nossa farmácia musical. Lembre-se, o que importa é mexer. Por isso, abrace a elíptica, beije o ombro do spin, gargalhe na cara do remo e tome nota das músicas para treinar no ginásio (ou ao ar livre).

Recomendado: As melhores coisas radicais para fazer em Lisboa

As melhores músicas para treinar no ginásio (ou ao ar livre)

1. "1 Bad B*tch", Ten Ven & Ripley ft. Zebra Katz

Abrir com "1 Bad B*tch" pode parecer forte mas é esse o objectivo. A faixa dos produtores Ten Ven e Ripley foi buscar voz ao rapper americano Zebra Katz e combinou tudo num desconcertante conjunto de loops e batidas, capazes de fazer mexer qualquer glúteo.

2. "Raingurl", Yaeji

"Raingurl" é o tipo de música que facilmente chega à pista de dança. E isso, é logo meio caminho para fazer a transição para a playlist de exercício. O bass trazido aos ouvidos é a fórmula certa para activar o metabolismo.

Publicidade

3. "My Love", Route 94

Corria o ano de 2014 quando Rowan Tyler Jones nos trouxe "My Love", o single que haveria de catapultar o seu segundo alter-ego, Route 94, às pistas de dança do mundo. Perfeito para aquele começo de treino ou para alongar decentemente a musculatura. 

4. "Side To Side", Ariana Grande ft. Nicki Minaj

Como não, se até o vídeo é pensado nesta perspectiva? "Side To Side" é obrigatória a ouvir numa maratona de elíptica que nos faz chorar no final.

Publicidade

5. "Bum Bum Tam Tam", MC Fioti

É provável que já a tenha ouvido numa festa de funk da vida mas também calha bem naquelas alturas em que o glúteo vai a trabalhos. Veja o vídeo e imagine os resultados. 

6. "Partition", Beyoncé

Aproveite os espelhos para uma sessão narcisista de puxar ferro e, enquanto o faz, leve "Partition" aos ouvidos. No final, faça repeat e aproveite a mudança de beat para descobrir que afinal, subitamente, até sabe fazer twerk.
Publicidade

7. "Move To Miami", Enrique Iglesias ft. Pitbull

Esqueça os neónes e a parafernália de coisas a acontecer no vídeo e concentre-se num ritmo que, se o assunto for dar corda aos sapatos, e uns quantos moves de dança, faz verdadeiros milagres.

8. "Liquorice", Azealia Banks

O beat é de Lone, o músico britânico que fez da electrónica casa, o que automaticamente significa velocidade. E quem melhor que Azealia Banks para devorar ritmos rápidos? Uma dupla funcional a trabalhar para o nosso bem-estar físico. E mental.

Publicidade

9. "The Weekend", Michael Gray

Ah, os bons velhos tempos. Os velhos hits, a nostalgia. "The Weekend" atingiu Portugal em 2004 e, ainda que já possa ter ganho pó, merece uns bons moves de treino por cima para desempoeirar.

10. "Bicicleta", Marcos Valle

É injusto, bem sabemos. Mas Marcos Valle já nos deu a papinha toda com um arranque destes. Aliás, a obra do brasileiro nunca andou muito longe da temática que aborda o movimento corporal. Imagine o desgaste que não vai dar à elíptica enquanto isto lhe enche os ouvidos.

Publicidade

11. "Ayo Technology", 50 Cent ft. Justin Timberlake

Quem disse que o electropop não era um estrondo para treinar não estava atento quando em 2007 50 Cent nos deu a conhecer esta "Ayo Technology". Não há nada que não possa ser trabalhado ao som do beat de Timbaland.

12. "Lonely Boy", The Black Keys

Diga o que quiser sobre a autenticidade do blues do Black Keys, mas esta faixa de 2011 é um tremor de quadril, se é que alguma vez existiu. É quase impossível ficar parado enquanto está a rodar, o que o torna uma faixa perfeita para um treino.

Publicidade

13. "BLKKK SKKKN HEAD", Kanye West

Com ou sem PT, "BLKKK SKKKN HEAD" é motivação que chegue quando o corpo parece não querer mexer-se. Cenário: Saco de boxe, luvas postas, murros e pontapés estrategicamente coordenados com o beat. Perfeito, não é? Tente não levar a ideia para o trabalho.

14. "Bodak Yellow", Cardi B

Há umas quantas razões para gostar de Cardi B. Além das idiossincrasias e da atitude, a música fala bastante alto; beats devoradores de gordura e letras de fazer suar são um combo bastante vencedor. 

Publicidade

15. "At All", Kaytranada

É um hino ao puxar ferro, ao remo, ao leg day, à corrida e à marcha. No fundo, "At All" encaixa em tudo o que quisermos fazer com o corpo na temática desportiva. Desde que não seja debaixo de água.

16. "Fire Starts To Burn", Disclosure

Com "A Fire Starts To Burn" a tocar, o melhor é mantermos o olhar atento na quantidade de calorias que estamos a queimar. Isto porque, muito provavelmente vamos subir drasticamente a temperatura corporal. Não se esqueça: mantenha a hidratação em dia.

Publicidade

17. "Inspector Norse", Todd Terje

Levantar, vestir, calçar, escolher o percurso e arrancar para uma corrida logo de manhã. "Inspector Norse" é o tipo de faixa que se quer ao ar livre, cedinho. É certo que o tema do norueguês Todd Terje também deixa a pista de dança em alvoroço, mas concentre-se, isso é só mais logo.

18. Voodoo People Remix", Prodigy & Pendulum

Haverá alguma colaboração mais feliz e apropriada para entrar no ginásio, pontapear a porta e levantar uma máquina inteira – pesos e tudo incluído – do que este remix do tema de Prodigy? Achamos difícil. Bónus: "Voodoo People" já era fixe antes do filme Birdbox o ser.

Publicidade

19. "1999", Cassius

Pode servir como homenagem a Philippe "Zdar", o músico que este ano deixou o panorama musical mais pobre com a sua morte mas, além disso, é uma inegável adição a reter para acelerar o plano de exercícios. 

20. "Signature", DJ Mehdi

Podia encaixar perfeitamente numa training montage daquelas à la Rocky Balboa, com murros sincronizados, corridas e todo um encarte de superação pessoal. E porque não? Dê-lhe bom uso e homenageie mais um talento perdido. 

Siga esta playlist no Spotify

Banda sonora perfeita

Cidade
©ToddDiemer/Unsplash

Música para ouvir quando a noite não corre bem

Música

Não há páginas em branco. Não há perguntas por fazer, frases inacabadas. Tudo o que resta, no regresso a casa depois da tempestade, é a banda sonora e um caminho a percorrer que não precisa de grandes acrescentos. A lista que se segue é a cura necessária ao vazio, uma tradução silenciosa para ouvir de fones ou no carro, em 14 pedaços que explicam muito mais do que tristeza.

Chuva
©DR

As canções essenciais para dias de chuva

Música

Ficar em casa com a chuva lá fora a cair é, pelo menos de vez em quando, uma das melhores coisas que pode fazer. Mas merece sempre uma banda sonora à altura. Por isso fomos à procura das melhores músicas para dias cinzentos.

Publicidade
Bang on a Can live karaoke
©Todd Reynolds

As melhores músicas de karaoke para brilhar

Música

"Ponha o microfone à frente, muito disfarçadamente." A letra é de "Playback", a célebre música de Carlos Paião, que figura nesta lista de sugestões para brilhar numa sala de gente pronta a cantar, ou tentar cantar, no karaoke.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade