Dez festas de passagem de ano em Lisboa

A loucura, a histeria, o êxtase. Uma introdução destas à Artur Albarran só faz sentido para descrever uma noite de ano novo, em que a febre de celebração se alastra por toda a cidade. Escolhemos dez festas de passagem de ano em Lisboa.

Lisboa tem crescido e muito no que à oferta cultural nocturna diz respeito. No dia em que toda a gente se veste a rigor, como nunca fez durante todo o ano, convém que existam boas possibilidades de festas, para entrar em 2018 a ser o rei da pista. Sugerimos dez festas de passagem de ano em Lisboa, que duram até de manhã, até ser hora de rumar aos lençóis, a única forma admitida de passar as primeiras horas de luz do ano. 

Dez festas de passagem de ano em Lisboa

1

LXM Lisbon NYE

Contamos sempre com o máximo da LXM, ousadia e uma programação de qualidade. Mas, confessamos, não estávamos preparados para uma maratona de 30 horas de música nonstop, pelo menos até às 02.00 da manhã de dia 2. É na FIL e conta com nomes que garantem bons momentos: Agents of Time, Alex.Do, Woo York.

Dom 22.00-08.00 / Seg 08.00-02.00. 20€-40€.

Ler mais
Parque das Nações
2
Fuse Fanfarra Electrónica

Fuse Fanfarra Electrónica

Da Fuse só coisas boas: o minimal-tech, a descair para a house, do duo germânico Booka Shade e bar aberto das 22.00 às 01.00 para quem lá estiver por essa hora. Ou seja, é um daqueles casos para deixar o carro à porta e vir bem cedo. 

Armazém 16, Rua Pereira Henriques, 1 (Marvila).
22.00-07.00. 20€-30€ 

Publicidade
3

Bloop The Réveillon

A turma da Bloop, desta vez, prefere não ir em grande. Quer dizer, o The Réveillon vai ser de arromba, certamente, com jantar antes a rigor e tudo, mas o facto de o evento decorrer no Warehouse, que só tem espaço para 400 pessoas, traz a coisa para um plano mais exclusivo e isso pode ser uma maravilha. Techno do bom, certamente. Até ser dia.

Warehouse, Jardim 9 de Abril (Santos). 21.00-06.00. 

4

NYE The Hospital

O ano passado foi na Taberna das Almas, este ano o colectivo da Match Attack muda-se para o antigo Hospital de Arroios – espaço abandonado há 25 anos, onde a Time Out também fez uma festa de arromba no último aniversário, em Setembro. Ali, em três salas distintas, vamos poder desfrutar de Mike El Nite, Shaka Lion, DJ Baywatch, DJ Spielberg, DJs da Thug Unicorn e tantos outros, cruzando electrónica, hip-hop e as sonoridades mais globais. E passas, claro. 

23.00-07.00. 25€-30€. 

Ler mais
Lisboa
Publicidade
5

Lux NYE

Escolha dos críticos

Quando falamos do Lux sabemos que podemos fechar os olhos e ir. É, quase sem excepção, uma casa sem noites más. E esta, da passagem de ano, costuma ter um aperitivo incrível: a entrada, ainda que relativamente alta, costuma ser consumível. Como é normal, o Lux não revela preços. Mas revela o alinhamento, que é sempre composto pela prata da casa. No bar: André Cascais, Leonaldo de Almeida, Dexter, Pinkboy e Switchdance. Na disco: Tiago, Yen Sung, Rui Vargas e Zé Pedro Moura. 

01.00. 

Ler mais
São Vicente 
6

East House

É um dos destaques desta noite de passagem de ano. E a razão é muito simples, é que foi precisamente nesta data que o East House escolheu abrir portas. Criado por Miguel Varela e Sara Batista, criadores das festas ELA (East Lisbon Afters), afters em lugares pouco comuns e pouco comunicados mediaticamente que acontecem sempre na zona Este da cidade até ser hora de almoço e qualquer tasca ser desculpa para parar. O East House vai funcionar onde, de dia, funciona o restaurante Beatus, conhecido por ter um autocarro londrino no interior. Para a noite de abertura dança-se até ao meio-dia, com Phil Weeks, Jorge Caiado e os residentes ELA: Guy from 1990, Will Grant, Cionny, Matizz. 

00.00-12.00. 30€-40€. 

Ler mais
Marvila
Publicidade
7

Boca de Festa

Escolha dos críticos

Ainda agora fez 11 anos. Portanto, o MusicBox continua saudável, com mais uma proposta interessante para a noite de ano novo. E logo com dois nomes bem conhecidos: De Los Miedos,  alter ego de Sebastião Delerue, DJ com gosto especial pela música exótica; e Cachupa Psicadélica, que traz a herança dos bailes africanos para 2018.

15€. 00.30.

Ler mais
Cais do Sodré
8

Ministerium Club

Há festa no Terreiro do Paço. E não é aquela democrática, do povo, é uma festa de techno a sério até às 10.00 da matina. Nomes como Dewalta, que é o grande destaque, Zé Salvador e João Maria, entre outros na cabina. Mas calma, que antes, para quem quiser dar ao dente e evitar o pânico que será o Terreiro do Paço nessa noite, há jantar a partir das 20.00.

23.55-10.00. 15€ (95€ com jantar).

Ler mais
Santa Maria Maior
Publicidade
9

Prapti New Year’s Revolution

Com inclinação indiana, país de origem de alguns dos elementos do colectivo EKA Unity, o Prapti New Year’s Revolution é um banquete de fim de ano. Não só por meter jantar como por ter música das 22.00 (aí, primeiramente com música rock) até ao meio-dia de 1 de Janeiro, que, noite adentro, deve virar electrónica diversa, da étnica à experimental e à progressiva. É sempre um belo sítio para começar qualquer coisa. Nem que seja 2018.

7€ (15€ com jantar). 21.00-12.00. 

Ler mais
Xabregas
10

NYE Mercado

Escolha dos críticos

No Estúdio Time Out também se celebra a passagem de ano, também com curadoria da Match Attack, que parece estar em todas. Só que aqui não há três salas, é só uma, ainda que tenha nomes bastantes interessantes: Xinobi, Mike Stellar, O/B DJs, por aí fora. 

25€-30€. 23.00. 

Reservar agora Ler mais
Cais do Sodré
Publicidade

Entre com o pé direito

Compras: peças essenciais para a festa de passagem de ano

Algumas das tendências mais fortes da estação encaixam que nem uma luva na festa de réveillon. Esta passagem de ano use e abuse do veludo, dos brilhos do tecido lurex ou lantejoulas grandes, dos metalizados e do glitter à grande nos olhos e nas unhas. Vale tudo, para os homens também. Espreite aqui as peças essenciais para a festa de passagem de ano.

Ler mais
Por Inês Garcia

15 menus para o jantar de passagem de ano

É noite de glamour (dizem) e em que vale a pena subir a parada para se despedir do ano velho e abraçar as novidades de 2018. Seja: damos-lhe uns quantos menus de passagem de ano para quem quer deixar uma nota preta na mesa. E se não está para gastar assim tanto, também arranja aqui o que comer na última noite do ano.

Ler mais
Por Catarina Moura
Publicidade

Comentários

0 comments