Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Passagem de Ano: sítios para comer as doze passas ao ar livre

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

Fireworks
© Lee Haywood

Passagem de Ano: sítios para comer as doze passas ao ar livre

As doze passas são tradição na passagem de ano. Entre com o pé direito em 2020 num destes sítios em Lisboa e arredores

Por Francisca Dias Real
Publicidade

Quer estar na rua para as doze badaladas, mas ainda não tem planos? Não se preocupe: a festa faz-se desde que haja espaço para encher de gente, por isso partilhamos consigo algumas sugestões para entrar no ano novo em grande, com muita ou pouca confusão, com outros corpos, sozinho ou bem acompanhado, mas sempre ao ar livre. A escolha é sua. Mas não se esqueça de comprar o espumante certo para um brinde a 2020 e outro ao 2019 que passou, inesquecível ou não. Ah, e de preferência inclua no grupo quem conduza muito e beba muito pouco.

Recomendado: Festas de passagem de ano em Lisboa

Comece o ano novo em grande

Harry Potter
Fotografia: Manuel Manso

Coisas para fazer dia 1 de Janeiro em Lisboa

Coisas para fazer

A festa acaba e a cidade acorda calma e silenciosa como raras vezes. O que fazer? Onde ir? Normalmente, a resposta é o sofá — e a culpa nem sempre é da má-disposição ou da dor de cabeça. Mas nem todas as portas da cidade estão fechadas no primeiro dia do ano. Para contrariar a ressaca, sair à rua e fazer o que está sempre a lamentar não fazer nos outros dias: eis 10 propostas para fazer valer o dia 1 de Janeiro em Lisboa.

Fogo de artifício
Edgar/Unsplash

Dez sítios para ver o fogo de artifício na noite da passagem de ano

Coisas para fazer Fogo de artifício

Em menos de um mês chega 2020 e, quando dermos por nós, entrámos numa nova década. Foram 20 anos de acontecimentos e mudanças marcantes desde a viragem do século. Os que nasceram em 2000 já são maiores de idade, o 11 de Setembro caminha para a vintena de anos e o Euro 2004 é apenas uma memória distante, abafada pela vitória no europeu de 2016. Lisboa mudou nos últimos anos, o turismo chegou em força, a cidade ganhou novos espaços públicos e o preço das rendas das casas aumentou. 

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade