Notícias / Vida nocturna

Azimute: a nova noite de DJ Al nas Damas

DJ Al
Diogo Vasconcelos

Esta sexta dança-se a primeira Azimute, nova noite trimestral de DJ Al nas Damas. Eis um resumo da história deste mítico actor da noite lisboeta. 

Tudo começa mais ou menos da mesma maneira. Uma mesa, um espaço de conversa. E algo como “olhem lá, e se a gente experimentasse fazer uma coisa assim...” Esta Azimute, nova noite trimestral com curadoria de DJ Al nas Damas, nasceu nessa lógica de conversa e amizade: “Actuo lá com alguma regularidade e, com o decorrer do tempo e disposição de ambas as partes, fez todo o sentido criar uma noite com identidade própria”, esclarece Alcides Sousa aka DJ Al aka um dos mais respeitados DJs da praça nocturna lisboeta. 

Azimute é uma medida de direcção horizontal, definida em graus, e significa também “caminho” em árabe. Ora é muito essa a energia que aqui se espera transmitir, uma ideia de trajectória sem especial preocupação com definições ou estilos, mas antes com um bem-fazer, de forma independente, livre, dançável: “Um destes dias surgiu-me Azimute. Soou-me  bem e o objectivo desta noite é usar a música como um todo, sem preocupação de tendências ou estilos mas com um discurso e atitude próprios, que justificam a tal rota ou caminho...”, explica DJ Al sem ser demasiado específico. 

E essa é, de resto, uma das características de Alcides, prefere conversar através de discos, de festas, conversar na pista. Ou seja, não é a pessoa mais comunicadora que vamos encontrar, mas a verdade é que esteve em vários momentos essenciais para o desenvolvimento da noite lisboeta, as míticas raves em Xabregas no arranque dos anos 90, foi residente do Johnny Guitar, do Kremlin e do Industria Lx e toca regularmente em espaços como o Lux, o Musicbox, o Lounge, as Damas. 

“A paixão pela actividade de DJ levou-me  no seu percurso à produção com os projectos The Deal, com o britânico DJ D nos anos 90 e Slight Delay actualmente, com o Tiago Miranda. Também fui gerente de loja e responsável por importação específica, e aí divulguei música de todos os géneros que me foi possível adquirir da especialização em música de dança  nas suas várias vertentes”, explica Alcides. E explica bem. Mas melhor do que tentar perceber é tentar dançar. Esta sexta nas Damas.

Damas. Sex 23.00-04.00. Entrada livre. 

+A Oitava Colina tem um novo taproom na Graça

+Restaurantes obrigatórios na Graça

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments