A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Borogodó
Fotografia: Gabriell Vieira

É só Borogodó na LX Factory onde Portugal e Brasil se cruzam à mesa

É café, bar e restaurante. No fundo, é Borogodó – um regionalismo brasileiro, que significa “qualquer coisa de irresistível”. E que, neste caso, triplica as razões para uma visita à LX Factory.

Por
Raquel Dias da Silva
Publicidade

O novo negócio de Carolina Henke – que, de brigadeiro em brigadeiro, continua a tomar de assalto a LX Factory – teve uma primeira (ainda que muito curta) vida na Casa Pau-Brasil, onde funcionava como complemento à Livraria da Travessa. Agora, num espaço só seu, com direito a uma esplanada abençoada pela luz de Lisboa, o Borogodó promete fazer, mais do que jus ao nome, verdadeiro furor. A começar pela ementa, que cruza comida tradicional portuguesa com iguarias do outro lado do Atlântico. Do polvo no forno à tapioca com carne seca, não faltam opções para provar e repetir.

“Este projecto estreou na Casa Pau-Brasil um mês antes do primeiro confinamento. Mas, como sempre achei haver borogodó na LX Factory, comecei a pensar como devolver o brilho ao Café na Fábrica, que já tinha cá há doze anos. E decidi renovar”, conta Carolina, dona de sucessos como a Brigadeirando, que também tem representação na Rua Rodrigues de Faria, em Alcântara. “Não virou exclusivamente brasileiro, mas tinha de ter essa alma alegre, que convida as pessoas a vir e a estar, porque esta esplanada tem super charme e toda esta envolvência. A gente costuma dizer que não adianta ter tudo e não ter borogodó, essa coisa especial. E aqui tem.”

Borogodó
Fotografia: Gabriell VieiraTapioca de carne seca e queijo

Com vontade de dar asas à criatividade e ao que considera ser o seu optimismo inabalável, a empresária foi à procura da chef perfeita para dar vida ao conceito, que promete sabores tropicais, como escondidinhos (8,50€) e tapioca com queijo coalho (6,50€), mas não se esquece da simplicidade do que é português, como o pastel de bacalhau (4€/2un), crocante por fora, suave por dentro. “Adoro comer e viajo muito só para o fazer bem, por isso sabia quão importante era encontrar a pessoa certa. E a Pilar parece que já era minha faz tempos”, confessa. “Eu criei o menu, experimentei na cozinha e depois disse, agora faz o melhor dele. Temos coisas maravilhosas de Portugal e do Brasil, mas também misturamos os dois países, com o chouriço assado (6€), que acompanhamos com farinha de mandioca, ou o pica-pau (12€), um petisco super português que aqui tem maminha, por exemplo.”

Do couvert (2,50€), que se destaca pelo biscoito de polvilho, às saladas no pote (10,90€), o difícil vai ser escolher. Mas pense positivo: há opções para todos os gostos e feitios. Bruschettas para comer sozinho (sem ter de partilhar com ninguém), propostas de tapas para dividir com os amigos, pitéus do outro lado do oceano e até pratos quentinhos, como perna de frango recheada com farinheira (9€), que só de dizer já faz crescer água na boca. Melhor mesmo só o brunch ao fim-de-semana. Por 15€, tem direito a mesa cheia, incluindo pão de queijo, ovos mexidos, iogurte grego com frutos vermelhos e granola, mini-bolo de cacau e até brigadeiro. Para beber, há sumos naturais, de morango e maracujá, e outros refrescos mais atrevidos, como caipirinha, mojito e martini negroni.

Borogodó
Fotografia: Gabriell Vieira

Para o futuro, espera-se abertura “para música, muita gente e eventos, claro”. Quem o diz é Carolina, que já sonha com o Euro e em montar televisões na esplanada. “Acima de tudo sou humana e quero fazer tudo com calma e responsabilidade. Este ano, sei que ainda será duro para a restauração. Mas estou confiante que, em 2022, tudo voltará ao normal. Piorar não vai. Se piorar, vai piorar para melhorar depois. É preciso esperança.” Antes, haverá pratos do dia e a abertura da sala interior, a partir de 19 de Abril. “O que está lá dentro é segredo.” Quem já espreitou, diz que viu recantos confortáveis, pássaros amarelos e pelo menos um neón a dar nas vistas.

Rua Rodrigues de Faria (LX Factory, Alcântara). Seg-Sex 12.00-22.30 e Sáb-Dom e feriados 10.00-13.00.

+ As melhores esplanadas em Lisboa

+ Leia já, grátis, a edição digital da Time Out Portugal desta semana

Últimas notícias

    Publicidade