A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
EMEL
©EMEL

EMEL suspende pagamento de estacionamento na via pública

À semelhança do que aconteceu no primeiro confinamento, a EMEL suspende o pagamento de estacionamento na via pública.

Por Renata Lima Lobo
Publicidade

A ordem é para ficar em casa, mas há quem precise de circular para ir trabalhar ou dar assistência a pessoas vulneráveis, entre outras questões inadiáveis previstas nas excepções do Estado de Emergência. Para os que precisam do seu automóvel para circular no concelho de Lisboa, até 28 de Fevereiro estão suspensos os pagamentos de estacionamento na via pública, a partir desta segunda-feira, 25 de Janeiro.

Além disso, os residentes com dístico podem estacionar gratuitamente em qualquer parque gerido pela EMEL e os dísticos (de residentes e comerciantes) activos até 15 de Janeiro têm validade prolongada até 31 de Março de 2021.

Mesmo assim, os fiscais da EMEL vão continuar na rua para fazer cumprir o código da estrada, nomeadamente no que diz respeito ao estacionamento em passeios ou passadeiras.

Recordamos que em 2020, a EMEL suspendeu os pagamentos do estacionamento na via pública entre 16 de Março e 11 de Maio.

+ Leia a edição desta semana: Assim não custa nada

+ 'D. Maria II em Casa' está de volta para levar o teatro a todos

Últimas notícias

    Publicidade