A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Feira da Ladra
Fotografia: Ana LuziaFeira da Ladra

Feiras do Relógio, Ladra e Galinheiras canceladas até nova avaliação

Após o anúncio das novas restrições para a região de Lisboa e Vale do Tejo, a capital dá mais um passo atrás nas medidas de desconfinamento e cancela as feiras de Lisboa.

Por Renata Lima Lobo
Publicidade

A Câmara Municipal de Lisboa anunciou hoje que vai cancelar a Feira do Relógio, a Feira da Ladra e a Feira das Galinheiras, que tinham regressado à rua no fim-de-semana de 23 de Maio, após meses de inactividade.

“Em sequência da resolução nº 45-B/2020 do Conselho de Ministros, de 22 de junho, está interdita a realização de feiras na área do Município de Lisboa”, lê-se num comunicado da Câmara Municipal de Lisboa, divulgado esta quinta-feira, 25 de Junho, o que implica o cancelamento das principais feiras da cidade até nova avaliação.

Devido ao aumento do número de casos de Covid-19, desde 23 de Junho que estão em vigor restrições adicionais na região de Lisboa e Vale do Tejo. O limite de ajuntamentos na área metropolitana voltou a ser de dez pessoas, as lojas e cafés têm de fechar às 20.00 e depois dessa hora os restaurantes podem continuar a servir apenas refeições. Está também proibida a venda de bebidas nas áreas de serviço e foi reforçada a proibição de consumo de bebidas na rua, à excepção das esplanadas.

+ Leia grátis a nova Time In Portugal

+ Cascais inaugura autocarro-laboratório para testar residentes

+ Bruno Nogueira volta ao Instagram com live especial de "Como é que o Bicho Mexe"

Últimas notícias

    Publicidade